Banner Portal
Figuras palhacescas: um percurso até os palcos hospitalares
PORTUGUÊS
INGLÊS

Palavras-chave

Figuras cômicas. Palhaçaria. Palcos Hospitalares.

Como Citar

Brum, D. C. S. R., & Porpino, K. de O. (2017). Figuras palhacescas: um percurso até os palcos hospitalares. Conceição/Conception, 6(1), 106–123. https://doi.org/10.20396/conce.v6i1.8648650

Resumo

Este artigo busca investigar as figuras cômicas, em especial as palhacescas. Para isso, realizou-se pesquisa de natureza qualitativa, exploratória e bibliográfica, que tem em obras já publicadas - como livros, artigos e publicações online - suas principais fontes de pesquisa. Chegou-se à conclusão de que se pode traçar um percurso destas figuras aos palcos hospitalares, onde contemporaneamente geram novos saberes no campo da atuação cênica e de suas relações com o cotidiano.

https://doi.org/10.20396/conce.v6i1.8648650
PORTUGUÊS
INGLÊS

Referências

ACHCAR, Ana. Palhaço de hospital: uma proposta metodológica de formação. 2007. 258 f. Tese (Doutorado em Teatro). Centro de Letras e Artes, UNIRIO, Rio de Janeiro, 2007. Disponível em: http://livros01.livrosgratis.com.br/cp061294.pdf Acesso em: 08 mar. 2016.

BERTHOLD, Margot. História do Teatro Mundial. São Paulo: Perspectiva, 2014.

BIG APPLE CIRCUS (Estados Unidos). Clown Care. Disponível em: www.bigapplecircus.org/clown-care. Acesso em: 01 jun. 2015.

BOLOGNESI, Mário Fernando. Palhaços. São Paulo: Editora UNESP, 2006.

BUENOS AIRES. Lei n. 14726, de 03 de junio de 2015. Labor del payaso de hospital. La Plata, 2015. Disponível em: http://www.hcdiputados-ba.gov.ar/refleg/l14726.pdf Acesso em: 15 jan. 2016.

BURNIER, Luis Otávio. A Arte do Ator: da técnica à representação. Campinas: Unicamp, 2001.

DE FREITAS, Nanci. A Commedia dell’arte: máscaras, duplicidade e o riso diabólico de Arlequim. Textos escolhidos de Cultura e Arte populares. Revista de Arte e Cultura, Rio de Janeiro, v. 5, n. 1, pp. 65-74, 2008.

DOUTORES DA ALEGRIA (São Paulo). Balanço 2014. São Paulo, São Paulo. Doutores da Alegria: 2014.

DOUTORES DA ALEGRIA (São Paulo). Site dos Doutores. 2015. Disponível em: www.doutoresdaalegria.org.br. Acesso em: 07 mai. 2016.

DOUTORES DA ALEGRIA (São Paulo). Boca Larga: cadernos dos Doutores da Alegria número 4. São Paulo, Doutores da Alegria: 2008.

FREITAS, José Fernando Marques. De avareza e avarentos: o tema da sovinice em Plauto, Moliére e Suassuna. Moringa - Artes do Espetáculo, João Pessoa, v. 3, n. 2, 2012.

FO, Dário. Manual mínimo do ator. São Paulo: SENAC, 1998.

GALEANO, Eduardo. O livro dos abraços. Porto Alegre: L&PM Pocket, 2015.

KÁSPER, Kátia Maria. Experimentações clownescas: os palhaços e a criação de possibilidades de vida. 2004. 412 f. Tese (Doutorado) - Curso de Educação, Faculdade de Educação, Universidade de Campinas, Campinas, 2004. Disponível em: http://www.bibliotecadigital.unicamp.br/document/?code=vtls000317295. Acesso em: 17 jun. 2015.

MASETTI, Morgana. Boas misturas: possibilidades de modificações da prática do profissional de saúde a partir do contato com os Doutores da Alegria. 2001. Dissertação (Mestrado) – Curso de Psicologia, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2001.

MASETTI, Morgana. Por uma ética do encontro: a influência da atuação de palhaços profissionais na ação dos profissionais de saúde. Indagatio Didactica: Centro de investigação em didáctica e tecnologia na formação de formadores, Portugal, Avero, v. 5, n. 2, p.912-925, jun. 2013. Disponível em:

http://revistas.ua.pt/index.php/ID/article/view/2499/2367>. Acesso em: 17 jun. 2015.

MASETTI, Morgana. 2014. Transcrição da fala da autora durante o “Fórum: Caminhos da Formação em Palhaçaria”. Disponível no link: https://www.youtube.com/watch?time_continue=21&v=39yfN3RiN0I. Acesso em: 17 jan. 2016.

MILLER, Henry. Le sourire au pied de L’échelle. Paris: Corrêa, 1953.

POPOV, Oleg. Ma vie de clown. Paris: Stock, 1968.

REIS, Demian. Caçadores de riso: o maravilhoso mundo da palhaçaria. Salvador: EDUFBA, 2013.

REMY, Tristan. Les Clowns. Paris: Grasset & Fasquelle, 1945.

SANT’ANNA, Denise Bernuzzi de. Guerra e paz: alguns cenários da vida hospitalar. São Paulo, 2011. In: MOTT, Maria Lucia e SANGLARD, Gisele. História da saúde em São Paulo – Instituições e patrimônio arquitetônico (1808-1958). São Paulo: Casa de Oswaldo Cruz – FIOCRUZ, 2011.

SENA, Antônio Geraldo Gonçalves. Doutores da Alegria e profissionais de saúde: o palhaço de hospital na percepção de quem cuida. 2011. 95 f. Dissertação (Mestrado) – Curso de Enfermagem, Escola de Enfermagem. Universidade Federal de Minas Gerais, 2011.

SPITZER, Peter. Cloown doctors. Nova York: Churcill Fellow, 2002. Disponível em:

www.ebility.com/articles/clowndoctors.php. Acesso em: 30 de março de 2016.

CASTRO, Alice Viveiros de. O elogio da bobagem: palhaços no Brasil e no mundo. Rio de Janeiro: Editora Família Bastos, 2005.

WUO, Ana Elvira. O clown visitador no tratamento de crianças hospitalizadas. 1999. 206 f. Dissertação (Mestrado) – Curso de Educação Física. Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 1999.

Licença Creative Commons
A Conceição/Conception utiliza a licença do Creative Commons (CC), preservando assim, a integridade dos artigos em ambiente de acesso aberto. A revista permite que o autor retenha os direitos de publicação sem restrições.

Downloads

Não há dados estatísticos.