História de vida

representações da aprendizagem profissional de professores de esportes para jovens

  • Thais Emanuelli da Silva de Barros Universidade do Estado de Santa Catarina
  • Vinicius Zeilmann Brasil Universidade do Estado de Santa Catarina
  • Valmor Ramos Universidade do Estado de Santa Catarina
  • Ciro Goda Faculdade Avantis
Palavras-chave: Formação de professores, Educação Física, Esporte

Resumo

RESUMO:O objetivo do presente estudo foi descrever e interpretar, de acordo com a literatura específica, a percepção de professores de esportes para jovens sobre a forma como obtiveram seus conhecimentos para ensinar. Realizou-se uma pesquisa qualitativa de caráter descritivo interpretativo, com estudo de casos múltiplos, envolvendo 4 professores de reconhecida competência na formação de jovens esportistas. Os dados foram coletados através de entrevista estruturada, semi-estruturada e analisados utilizando-se a técnica de análise do conteúdo. Os resultados evidenciaram que os docentes valorizam diversas fontes de conhecimento, sobre tudo as situações reais decorrentes da experiência prática como atleta; observação de seu professor; socialização dos conhecimentos através de compartilhamentos de informações e reflexão sobre seu desempenho como professor. Concluiu-se que os profissionais aprenderam através de um fazer compartilhado, com predomínio prático e realizado com foco no domínio de conhecimentos sobre o esporte o qual ensinam. ABSTRACT:The aim of this study was to describe and interpret, according to the specific literature, the perception of youth sports teachers on how to teach acquired their knowledge. We conducted a qualitative research interpretive, descriptive, with multiple case study involving 4 teachers of recognized competence in the training of young athletes. Data were collected through structured interview, semi-structured and analyzed using the technique of content analysis. The results showed that teachers value different sources of knowledge about all the situations arising from real practical experience as an athlete, watching your teacher; socialization of knowledge through shares information and reflection on his performance as a teacher. It was concluded that professionals have learned to do through a shared, practical and performed predominantly focused in the field of knowledge about the sport which they teach. RESUMEN:El objetivo del estudio fue describir e interpretar, de acuerdo con la literatura específica, la percepción de profesores de jóvenes deportistas sobre cómo adquirido sus conocimientos para enseñar. Se realizó una investigación cualitativa interpretativa, descriptiva, con estudio de casos múltiple con 4 profesores de reconocida competencia en la formación de jóvenes deportistas. Los datos fueron colectados a través de entrevistas estructuradas, semi-estructuradas y analizados mediante la técnica de análisis de contenido. Los resultados mostraron que los profesores valoran las diferentes fuentes de conocimiento, especialmente las situaciones derivadas de la experiencia práctica y real como atleta, observando a su profesor, la socialización del conocimiento a través de acciones de información y reflexión sobre su desempeño como docente. Se concluyó que los profesionales han aprendido a través del hacer compartido, práctico y realizado predominantemente centrado en el campo de los conocimientos sobre el deporte que enseñan.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Thais Emanuelli da Silva de Barros, Universidade do Estado de Santa Catarina
Licenciada em Educação Física, Universidade do Estado de Santa Catarina-UDESC, Centro de Ciências da Saúde e do Esporte-CEFID, Laboratório de Pedagogia do Esporte e Educação Física-LAPEF.
Vinicius Zeilmann Brasil, Universidade do Estado de Santa Catarina
Licenciado em Educação Física, Universidade do Estado de Santa Catarina-UDESC, Centro de Ciências da Saúde e do Esporte-CEFID, Laboratório de Pedagogia do Esporte e Educação Física-LAPEF.
Valmor Ramos, Universidade do Estado de Santa Catarina
Doutor, Universidade do Estado de Santa Catarina-UDESC, Centro de Ciências da Saúde e do Esporte-CEFID, Laboratório de Pedagogia do Esporte e Educação Física-LAPEF
Ciro Goda, Faculdade Avantis
Mestre em Ciências do Movimento Humano, Universidade do Estado de Santa Catarina-UDESC, Centro de Ciências da Saúde e do Esporte-CEFID, Laboratório de Pedagogia do Esporte e Educação Física-LAPEF, Docente da Faculdade Avantis.

Referências

NÓVOA, A. Os professores e suas histórias de vida. In: NÓVOA, A. (Org). Vidas de professores. Porto: Porto Editora, 1992. (Coleção Ciências da Educação).

BURNIER, S. et al. Histórias de vida de professores: o caso da educação profissional. Revista Brasileira de Educação, v. 12, n. 35, p. 343-358, 2007.

BUENO, B. O. O método autobiográfico e os estudos com histórias de vida de professores: a questão da subjetividade. Educação e Pesquisa, São Paulo, v. 28, n. 1, p. 11-30, 2002.

SILVA, R. de C. da. O professor, seus saberes e suas crenças. In: GUARNIERI, M. R. (Org.). Aprendendo a ensinar: o caminho nada suave da docência. Campinas: Editora autores associados, 2000. p. 25-44. (Coleção polêmicas do nosso tempo).

SANCHES, M. F. C.; JACINTO, M. Investigação sobre o pensamento dos professores: multidimensionalidade, contributos e implicações. Revista da Sociedade Portuguesa de Ciências da Educação, v. 3, p. 131-233, 2004.

TRUDEL, P.; GILBERT, W. Coaching and Coach Education. In: KIRK, D.; MACDONALD, D.; O’SULLIVAN, M. (Eds.). The Handbook of Physical Education. London: SAGE, 2006. p. 516-539.

MESQUITA, I. et al. Nova abordagem na formação de treinadores: o que mudou e porquê? In: NASCIMENTO, J. V. do; FARIAS, G. O. (Org.). Construção da identidade profissional em educação física: da formação à intervenção. Florianópolis: Ed. da UDESC, 2012. p. 41-60.

GARCIA, R. P.; PORTUGAL, P. O desporto e histórias de vida: proposta de um novo itinerário a partir de uma visão personalista. Revista Portuguesa de Ciências do Desporto, v. 1, n. 9, p. 90-102, 2009.

ERICKSON, K. et al. Gaining insight into actual and preferred sources of coaching knowledge. International Journal of Sports Science and Coaching, v. 3, n. 4, p. 528-538, 2008.

RAMOS, V. et al. A aprendizagem profissional – As representações de treinadores desportivos de jovens: quatro estudos de caso. Motriz, Rio Claro, v. 17 n. 2, p. 280-291, 2011.

STHEPHENSON, B.; JOWETT, S. Factors that influence the development of English youth soccer coaches. International Journal of Coaching Science, v. 3, n. 1. p. 3-16, 2009.

GILBERT, W. D.; TRUDEL, P. Learning to coach through experience: conditions that influence reflection. The Physical Educator, v. 62, n. 1, p. 32-43, 2005.

RAMOS, V. O conhecimento do professor: a prática pedagógica como referência. In: NASCIMENTO, J. V. do; FARIAS, G. O. (Org.). Construção da identidade profissional em educação física: da formação à intervenção. Florianópolis: Ed. da UDESC, 2012. p. 447-464.

DENZIN, N. K.; LINCOLN, Y. S. (Eds.) Handbook of qualitative research. London: Sage, 1994.

THOMAS, J. R.; NELSON, J. K. Research methods in physical activity. 2. ed. Champaign: Human Kinetics, 1990.

RAMOS, V. A seleção de jovens basquetebolistas no Brasil: um estudo a partir do entendimento dos treinadores. 1998. Dissertação (Mestrado em Ciências do Desporto) – Faculdade de Ciências do Desporto e Educação Física, Universidade do Porto, Porto, 1998.

RAMOS, V. O treino de basquetebol na formação desportiva de jovens. 2008. 239 f. Tese (Doutorado em Ciências do Desporto) – Faculdade de Ciências do Desporto e de Educação Física, Universidade do Porto, Porto, 2008.

GHIGLIONE, R.; MATALON, B. O Inquérito: um manual introdutório. Oeiras: Celta, 1997.

NELSON, L. J.; CUSHION, C. J.; POTRAC, P. Formal, non formal and informal coach learning: a holistic conceptualization. International Journal of Sports Science and Coaching, v. 1, p. 247-259, 2006.

WRIGHT, T.; TRUDEL, P.; CULVER, D. Learning How to coach: the different learning situations reported by youth ice hockey coaches. Physical Education and Sport Pedagogy, v. 12, n. 3, p. 127-144, 2007.

BARDIN, L. Análise de Conteúdo. Lisboa: Edições 70, 1979.

ALVES-MAZZOTTI, A. J.; GEWANDSZNAJDER, F. O método nas ciências naturais e sociais: pesquisa quantitativa e qualitativa. São Paulo: Pioneira-Thompson Learning, 2004.

MALLETT, C. J. et al. Formal vs. Informal Coach Education. International Journal of Sports Science and Coaching, v. 4, n. 3, p. 326-334, 2009.

GILBERT, W. D.; CÓTE, J.; MALLETT, C. Developmental paths and activities of successful sport coaches. International Journal of Sports Sciences and Coaching, Brentwood, v. 1, n. 1, p. 69-76, 2006.

SCHÖN, D. Educando o profissional reflexivo: um novo design para o ensino e a aprendizagem. Porto Alegre: Artmed, 2000.

BANDURA, A.; AZZI, R. G.; POLYDORO, S. (Org.). Teoria social cognitiva: conceitos básicos. Porto Alegre: Artmed, 2008.

RAMOS, V.; BRASIL, V. Z.; GODA, C. A aprendizagem profissional na percepção de treinadores de jovens surfistas. Revista da Educação Física/UEM, v. 23, n. 3, 2012.

JIMÉNEZ, S.; LORENZO, A. El mentoring en el proceso formativo del entrenador. In: IV CONGRESSO IBÉRICO DE BALONCESTO, Cáceres, Espanha, 2007.

LEMOS, I. N. O treinador, conhecimento, concepção e prática: estudo de caso em cinco treinadores de formação em basquetebol. 2005. 219 f. Dissertação (Mestrado em Ciências do Desporto) – Faculdade de Desporto, Universidade do Porto, Porto, 2005.

MARCELO, C. La investigación sobre el conocimiento de los profesores y el proceso de aprender a enseñar: una revisión personal. In: PERAFÁN, G. A.; ADÚRIZ-BRAVO, A. Pensamiento y Conocimietno de los profesores: debate y perspectivas internacionales. Bogotá-Colômbia: Universidad Pedagógica Nacional, 2002, p.47-60.

GILBERT, W. D.; TRUDEL, P. Learning to coach through experience: Reflection in model youth sport coaches. Journal of Teaching in Physical Education, v. 21, p. 16-34, 2001.

LEMYRE, F.; TRUDEL, P.; DURAND-BUSH, N. How youth-sport coaches learn to coach. The Sport Psychologist, v. 21, p. 191-209, 2007.

ALLE, V. Knowledge networks and communities of practice. Editora, 2000.

CUSHION, C. Mentoring: Harnessing the power of expertise. In: JONES, R. L. (Ed.). The sports coach as educator: re-conceptualizing sports coaching. London: Routledge, 2006. p. 129-144.

Publicado
2013-06-17
Como Citar
Barros, T. E. da S. de, Brasil, V. Z., Ramos, V., & Goda, C. (2013). História de vida. Conexões, 11(2), 168-192. https://doi.org/10.20396/conex.v11i2.8637622
Seção
Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo (s) autor (es)