O esporte contemporâneo e o modelo de concepção das formas de manifestação do esporte

Autores

  • Renato Francisco Rodrigues Marques Universidade de São Paulo
  • Gustavo Luis Gutierrez Universidade Estadual de Campinas
  • Marco Antonio Bettine de Almeida Universidade Estadual de Campinas

DOI:

https://doi.org/10.20396/conex.v6i2.8637803

Palavras-chave:

Esporte. Valores morais. Sociedade. Educação.

Resumo

O esporte contemporâneo se configura pela busca por lucros e por suas inúmeras formas de manifestação. Essa característica se deve às diversas incorporações do esporte em formas distintas de cultura, além de objetivos, expectativas, possibilidades e limitações, da parte dos praticantes, que delimitam as formas de prática. O Modelo de concepção das formas de manifestação do esporte é uma proposta de sistematização das possíveis vertentes desse fenômeno na sociedade do século XXI. Configura-se pela análise de três categorias que compõem as formas de manifestação desse objeto: o ambiente da prática, a modalidade esportiva em questão e o sentido que se dá à essa atividade. De acordo com a combinação desses fatores, toma-se uma forma de manifestação, que transmitirá valores morais específicos aos sujeitos envolvidos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Renato Francisco Rodrigues Marques, Universidade de São Paulo

Professor Doutor da Escola de Educação Física e Esporte de Ribeirão Preto - Universidade de São Paulo - EEFERP-USP (desde 2011).

Gustavo Luis Gutierrez, Universidade Estadual de Campinas

Professor titular do departamento de Atividade Física Adaptada da Faculdade de Educação Física da UNICAMP.

Marco Antonio Bettine de Almeida, Universidade Estadual de Campinas

Atualmente é Professor Associado (2013) da Universidade de São Paulo, Escola de Artes, Ciências e Humanidades (EACH-USP). 

Referências

BOURDIEU, P. Questões de sociologia. Rio de Janeiro: Marco Zero, 1983.

BOURDIEU, P. Programa para uma sociologia do esporte. In: BOURDIEU, P. Coisas ditas. São Paulo: Brasiliense, 1990, p. 207-220.

BRASIL. Ministério dos Esportes. Decreto-lei no 9.615, de 24 de março de 1998. Lei Pelé. Diário Oficial Federal. Brasília. Disponível em: http://www81.dataprev.gov.br/sislex/paginas/42/1998/9615.htm. Acesso em: 22 jun. 2007.

DIECKERT, J. Peculiaridade e autonomia do esporte de lazer. In: DIECKERT, Jurgen. (Org.). Esporte de lazer: tarefa e chance para todos. Rio de Janeiro: Ao Livro Técnico, 1984. p.1-12.

GOMES, A. C. Curso de pós-graduação em treinamento desportivo. São Paulo: UNIFESP, 2007.

MARQUES, R. F. R.; GUTIERREZ, G. L.; ALMEIDA, M. A. B. de. Esporte na empresa: a complexidade da integração interpessoal. Revista Brasileira de Educação Física e Esporte, São Paulo, v. 20, n. 1, p. 27-36, jan/mar, 2006.

MARQUES, R. F. R.; ALMEIDA, M. A. B. de; GUTIERREZ, G. L. Esporte: um fenômeno heterogêneo:estudo sobre o esporte e suas manifestações na sociedade contemporânea. Movimento, Porto Alegre, v. 13, n. 3, p. 225-244, set./dez. 2007.

MARQUES, R. F. R. Esporte e qualidade de vida: reflexão sociológica. 2007. Dissertação (Mestrado em Educação Física) - Faculdade de Educação Física, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2007.

PAES, R. R. Educação Física escolar: o esporte como conteúdo pedagógico do ensino fundamental. Canoas: Ed. da Ulbra, 2001.

PAES, R. R. A pedagogia do esporte e os jogos coletivos. In: DE ROSE JR., D. Esporte e atividade física na infância e na adolescência: uma abordagem multidisciplinar. Porto Alegre: Artmed, 2002. p. 89-98.

PRONI, M. W. Esporte-espetáculo e futebol-empresa. 1998. Tese (Doutorado em Educação Física) - Faculdade de Educação Física, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 1998.

SÃO PAULO (Estado). Secretaria de Educação. Coordenadoria de Estudos e Normas Pedagógicas. Atividades curriculares desportivas: 2002. Disponível em: http://cenp.edunet.sp.gov.br/index.htm. Acesso em: 26 jun. 2007.

STIGGER, M. P. Esporte, lazer e estilos de vida: um estudo etnográfico. Campinas: Autores Associados, 2002.

STIGGER, M. P.; SILVA, R. da. A. A prática da “bocha” na SOERAL: entre o jogo e o esporte. Movimento, Porto Alegre, v.10, n. 2, p. 37-53, maio/ago. 2004.

Downloads

Como Citar

Marques, R. F. R., Gutierrez, G. L., & Almeida, M. A. B. de. (2008). O esporte contemporâneo e o modelo de concepção das formas de manifestação do esporte. Conexões, 6(2), 42–61. https://doi.org/10.20396/conex.v6i2.8637803

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 3 > >>