Futebol e televisão: fechem os portões liguem as câmeras - o show vai começar!

Autores

  • Thiago de Aragão Escher Universidade Estadual de Campinas
  • Heloisa Helena Baldy dos Reis Universidade Estadual de Campinas

DOI:

https://doi.org/10.20396/conex.v3i1.8637886

Palavras-chave:

Futebol. Televisão. Virtualização.

Resumo

A intenção deste artigo é discutir a tendência da virtualização na assistência das partidas de futebol, pelo exemplo das punições dadas aos torcedores, com partidas com portões fechados porém abertos às câmeras de TV. Como a venda de ingressos não é mais a principal fonte de renda dos clubes, e sim as cotas provenientes das transmissões televisivas, os estádios se mantêm de forma decadente, não observando seus espectadores como possíveis consumidores do espetáculo futebolístico. Enquanto isso, novas formas de telespetacularização são criadas, valorizando as transmissões pela TV que parecem se sobrepor à assistência aos jogos no estádio.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Thiago de Aragão Escher, Universidade Estadual de Campinas

Faculdade de Educação Física/UNICAMP

Heloisa Helena Baldy dos Reis, Universidade Estadual de Campinas

Faculdade de Educação Física/UNICAMP

Downloads

Publicado

2007-11-27

Como Citar

ESCHER, T. de A.; REIS, H. H. B. dos. Futebol e televisão: fechem os portões liguem as câmeras - o show vai começar!. Conexões, Campinas, SP, v. 3, n. 1, p. 26–35, 2007. DOI: 10.20396/conex.v3i1.8637886. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/conexoes/article/view/8637886. Acesso em: 8 maio. 2021.

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)