Notas sobre o modelo de qualidade de vida no trabalho de Walton: uma revisão literária

Autores

  • Bruno Pedroso Universidade Tecnológica Federal do Paraná

DOI:

https://doi.org/10.20396/conex.v3i1.8637889

Palavras-chave:

Qualidade de vida no trabalho. Modelo de Walton. Instrumento de avaliação.

Resumo

A crescente preocupação com a avaliação da qualidade de vida no trabalho fomentou a criação de modelos teóricos para a avaliação desta variável, dentre os quais se destaca o modelo de Walton. O objetivo do presente trabalho é realizar uma revisão de literatura do modelo de qualidade de vida no trabalho de Walton, procedendo com uma análise crítica do referido modelo. Conclui-se que o modelo de Walton, ainda que muito utilizado, apresenta fragilidades, e, sobretudo, a popularização do referido modelo estimula o surgimento de diferentes traduções, que, em sua maioria, não apresentam uma validação confiável.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Bruno Pedroso, Universidade Tecnológica Federal do Paraná

Atualmente é professor adjunto do Departamento de Educação Física e docente permanente do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais Aplicadas e do Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde da Universidade Estadual de Ponta Grossa - UEPG.

Downloads

Publicado

2010-04-06

Como Citar

Pedroso, B. (2010). Notas sobre o modelo de qualidade de vida no trabalho de Walton: uma revisão literária. Conexões, 3(1), 72–86. https://doi.org/10.20396/conex.v3i1.8637889

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)