Há associação entre o desempenho motor e estado nutricional de escolares?

Autores

DOI:

https://doi.org/10.20396/conex.v13i2.8640659

Palavras-chave:

Destreza motora, Estado nutricional, Criança

Resumo

A prevalência de atrasos motores e a menor participação em atividades físicas tem sido associada ao excesso de peso em crianças. O objetivo deste estudo foi verificar as associações entre o desempenho motor em habilidades de locomoção e controle de objetos e o estado nutricional de crianças. Participaram do estudo 95 crianças com idade entre 6 e 7 anos. O índice de massa corporal (IMC) e as curvas do Center of Disease Control foram utilizadas para avaliar o estado nutricional. Para a avaliação motora foi utilizado o Test of Gross Motor Development-2 (TGMD-2) (ULRICH, 2000). Correlação de Spearman foi utilizada para analisar as associações entre o desempenho motor e o estado nutricional. Associações significativas, moderadas e negativas foram encontradas entre os escores do IMC e TGMD-2 (r= -0,44; p=0,03) e entre os escores do IMC e das habilidades de locomoção do TGMD-2 (r= -0,43; p=0,04) somente para crianças obesas. Os resultados demonstram que a obesidade esta associada as dificuldades motoras, principalmente em habilidades de locomoção, demonstrada pelas crianças. A inclusão de crianças em atividades motoras é um importante meio para reduzir atrasos motores e as comorbidades da obesidade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Larissa Wagner Zanella, Universidade Federal do Rio Grande do Sul - Escola de Educação Física

Grupo de Avaliações e Intervenção Motora - Área de Comportamento Motor e Desenvolvimento Infantil

Paulo Felipe Ribeiro Bandeira, Universidade Federal do Rio Grande do Sul - Escola de Educação Física

Grupo de Avaliações e Intervenção Motora - Área de Comportamento Motor e Desenvolvimento Infantil

Mariele Santayana de Souza, Universidade Federal do Rio Grande do Sul - Escola de Educação Física

Grupo de Avaliações e Intervenção Motora - Área de Comportamento Motor e Desenvolvimento Infantil

Nadia Cristina Valentini, Universidade Federal do Rio Grande do Sul - Escola de Educação Física

Grupo de Avaliações e Intervenção Motora - Área de Comportamento Motor e Desenvolvimento Infantil

Referências

STODDEN, D. F. et al. A developmental perspective on the role of motor skill competence in physical activity: An emergent relationship. Quest, London, v. 60, n. 2, p. 290-306, Feb. 2008.

BARNETT, L. et al. Child, family and environmental correlates of children's motor skill proficiency. Journal of Science and Medicine in Sport, Belconnen, v. 16, n. 4, p. 332-336, Sep. 2013.

HALLAL, P. C. et al. Global physical activity levels: surveillance progress, pitfalls, and prospects. The Lancet, London, v. 380, n. 9838, p. 247-257, Jul. 2012.

FREY, G. C.; CHOW, B. Relationship between BMI, physical fitness, and motor skills in youth mild intelectual disabilities. International Journal of Obesity, London, v. 30, n. 1, p. 861-867, May. 2006.

D'HONT, E. et al. Gross motor coordination in relation to weight status and age in 5‐to 12‐year‐old boys and girls: A cross‐sectional study. International Journal of Pediatric Obesity, New York, v. 6, n. 2, pt. 2, p. e 556-564, jun. 2011.

SPESSATO, B. C.; GABBARD, C.; VALENTINI, N. C. The role of motor competence and body mass index in children’s activity levels in physical education classes. Journal of Teaching in Physical Education, v. 32, p. 118-130, Jan. 2013.

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA (IBGE). Antropometria e estado nutricional de crianças, adolescentes e adultos no Brasil. 2010. Disponível em: www.ibge.gov.br/home/estatistica/.../pof/.../pof_20082009_encaa.pdf. Acesso em: 10 jul. 2014.

VALENTINI, N. C. Influência e uma intervenção motora e desempenho motor e na percepção de competência de crianças com atrasos motores. Revista Paulista de Educação Física, São Paulo, v. 16, n. 1, p. 61-75. jan./jun. 2002.

SPESSATO, B. C. et al. Gender differences in brazilian children's fundamental movement skill performance. Early Child Development and Care, v. 183, n. 7, p. 916-923, jun. 2013.

HALLAL, P. C.; MARTINS, R. C.; RAMIREZ, A. The Lancet physical activity observatory: promoting physical activity worldwide. The Lancet (British edition), London, v. 384, p. 471-472, aug. 2014.

LOGAN, S. W. et al. The relationship between motor skill proficiency and body mass index in preschool children. Research Quarterly for Exercise and Sport, Reston, v. 82, n. 3, p. 442-448, set. 2011.

CENTER FOR DISEASE CONTROL AND PREVENTION. BMI percentile calculator for child and teen, English version, 2008. Disponível em: http://aps.nccd.cdc.gov/dnpabmi/. Acesso em: 15 out. 2013.

PETROSKI, E. L. Antropometria: técnicas e padronizações. Blumenau: Nova Letra, 2007.

ULRICH, D. A. The test of gross motor development. 2. ed. Austin: Pro-Ed, 2000.

VALENTINI, N. C. Validity and reliability of the TGMD-2 for brazilian children. Journal of Motor Behavior, Washington, v. 44, p. 275-280, aug. 2012.

GRAF, C. et al. Correlation between BMI, leisure habits and motor abilities in childhood (CHILT-project). International Journal of Obesity, London, v. 28, n. 1, p. 22-26, dec. 2004.

BERLEZE, A.; HAEFFNER, L. S. B.; VALENTINI, N. C. Desempenho motor de crianças obesas: uma investigação do processo e do produto de habilidades motoras fundamentais. Revista Brasileira de Cineantropometria e Desempenho Humano, Florianópolis, v. 9, n. 2, p. 14-144, mar. 2007.

CASTETBON, K.; ANDREYEVA, T. Obesity and motor skills among 4 to 6-year-old children in the united states: nationally-representative surveys. BMC Pediatrics, London, v. 12, n. 1, p. 28, mar. 2012.

DEFORCHE, B. I. et al. Balance and postural skills in normal‐weight and overweight prepubertal boys. International Journal of Pediatric Obesity, New York, v. 4, n. 3, p. 175-182, apr. 2009.

PARSONS, T. J. et al. Childhood predictors of adult obesity: a systematic review. International Journal of Obesity, London, v. 23, aug. 1999.

D’HONT, E.; DEFORCHE, B.; BOURDEAUDHUIJ, L. M. Relationship between motor skill and body mass index in 5- to 10-year-old children. Adapted Physical Activity Quartely, Champaign, v. 26, p. 21-37, jan. 2009.

GALLAHUE, D. L.; OZMUN, J. C.; GOODWAY, J. Compreendendo o desenvolvimento motor: bebês, crianças, adolescentes e adultos. Porto Alegre: Artmed. 2013.

Downloads

Publicado

2015-06-30

Como Citar

Zanella, L. W., Bandeira, P. F. R., Souza, M. S. de, & Valentini, N. C. (2015). Há associação entre o desempenho motor e estado nutricional de escolares?. Conexões, 13(2), 136–148. https://doi.org/10.20396/conex.v13i2.8640659

Edição

Seção

Artigo Original

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)