Banner Portal
Por uma educação ambiental crítica na educação física escolar
PDF

Palavras-chave

Ensino
Educação física escolar
Educação ambiental

Como Citar

LEÃO JUNIOR, Cleber Mena; DEMIZU, Fabiana Silva Botta; ROYER, Marcia Regina. Por uma educação ambiental crítica na educação física escolar. Conexões, Campinas, SP, v. 14, n. 1, p. 1–19, 2016. DOI: 10.20396/conex.v14i1.8644763. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/conexoes/article/view/8644763. Acesso em: 24 jul. 2024.

Resumo

O estudo teve como objetivo verificar o nível de conhecimento de acadêmicos de Educação Física sobre o conceito de Educação Ambiental e sua relação com a disciplina de Educação Física escolar. O estudo trata-se de uma pesquisa aplicada de caráter qualitativa, descritiva e interpretativa. A amostra contou com 18 acadêmicos. Dentre as respostas dos pesquisados, o conceito relatado sobre Educação Física é focado na “Atividade Física para Promoção de Saúde”. Já o que diz respeito sobre o conceito de Meio Ambiente, está relacionado com o conceito Ecológico, fato esse que comprova o grande desconhecimento dos participantes da pesquisa sobre a abrangência do conceito. Porém, ao relacionar como trabalhar a Educação Ambiental nas aulas de Educação Física escolar, as respostas se restringem ao ambiente enquanto local, espaço físico, ou seja, ao ar livre. Concluímos que a Educação Ambiental Crítica não deve se restringir ao contexto escolar e tampouco somente se limitar às questões ecológicas.

https://doi.org/10.20396/conex.v14i1.8644763
PDF

Referências

CARVALHO, L. M. A temática ambiental e a escola de primeiro grau. 1989. 286f. Tese (Doutorado) – Universidade de São Paulo, São Paulo, 1989.

REIGOTA, M. O estado da arte da pesquisa em educação ambiental o Brasil. Pesquisa em Educação Ambiental, Ribeirão Preto, v. 2, n. 1, p. 33-66, 2007. Disponível em: http://www.revistas.usp.br/pea/article/viewFile/30017/31904. Acesso em: 1 nov. 2014.

BOMFIM, A. M.; PICCOLO, F. D. Educação ambiental crítica: a questão ambiental entre os conceitos de cultura e trabalho. REMEA: revista eletrônica do mestrado em educação ambiental, Rio Grande Sul, v. 27, p. 184-195, jul./dez. 2011. Disponível: http://www.seer.furg.br/remea/article/view/3236/1923. Acesso em: 1 nov. 2014.

BRASIL. Ministério da Educação. Conselho Nacional da Educação. Resolução nº 2, de 15 de junho de 2012, estabelece as diretrizes curriculares nacionais para a educação ambiental. Disponível em: http://www.lex.com.br/legis_23451844_RESOLUCAO_N_2_DE_15_DE_JUNHO_DE_2012.aspx. Acesso em: 10 mar. 2014.

BAGLIANO, R. V; ALCÂNTARA, N. R.; BACCARO, C. A. D. Conceituação histórica e fundamentação da educação ambiental no mundo e no Brasil. Caderno Meio Ambiente e Sustentabilidade, Curitiba, ano 1, n. 1, jul./dez. 2012. Disponível em: http://www.grupouninter.com.br/revistameioambiente/index.php/cadernomeioambiente/article/view/106. Acesso em: 10 mar. 2014.

BRASIL. Congresso Nacional. Lei nº 9795, de 27 de abril de 1999, dispõe sobre a educação ambiental, institui a política nacional de educação ambiental e dá outras providências. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l9795.htm. Acesso em: 4 mar. 2014.

BARBOSA, L. C. A.; PIRES, D. X. O uso da fotografia como recurso didático para a educação ambiental: uma experiência em busca da educação problematizadora. Experiências em Ensino de Ciências, Cuiabá, v. 6, n. 1, p. 69-84, 2011. Disponível em: http://if.ufmt.br/eenci/artigos/Artigo_ID133/v6_n1_a2011.pdf. Acesso em: 15 ago. 2014.

SATO, M. Educação ambiental. São Carlos: RIMA, 2004.

LOUREIRO, C. F. L. Educação ambiental transformadora. In: LAYRARGUES, P. P. (Org.). Identidades da educação ambiental brasileira. Brasília: Ministério do Meio Ambiente. 2004. p. 65-84.

GUIMARÃES, M. Educação ambiental crítica. In: LAYRAGUES, P. P. (Org.). Identidades da educação ambiental brasileira. Brasília: Ministério do Meio Ambiente, 2004. p. 25-34.

BAUER, M. W.; GASKELL, G. Pesquisa qualitativa com texto, imagem e som: um manual prático. 7. ed. Petrópolis: Vozes, 2008.

PICCOLI, J. C. J. Normalização para trabalhos de conclusão do curso de educação física. Canoas: Ed. da ULBRA, 2003.

POSSEBON, M. O. Estudo de caso na investigação em educação física na perspectiva qualitativa. In: CAUDURO, M. T. C. (Org.). Investigação em educação física e esportes: um novo olhar pela pesquisa qualitativa. Novo Hamburgo: FEEVALE, 2004.

BARROS, A. J. P.; LEHFELD, N. A. S. Projeto de pesquisa: propostas metodológicas. 16. ed. Petrópolis: Vozes, 2005.

SURVIO. Crie sua pesquisa grátis. Disponível em: http://www.survio.com/br/. Acesso em: 10 abr. 2014.

PESQUISA EM EDUCAÇÃO FÍSICA. SURVIO 2014. Disponível em: http://www.survio.com/survey/d/Y4T2A2V2G2H3T6M3I. Acesso em: 10 jul. 2014.

BARDIN, L. Análise de conteúdo. Lisboa: Edições 70, 1999.

CAUDURO, M. T. Investigação em educação física e esportes: um novo olhar pela pesquisa qualitativa. Novo Hamburgo: Feevale, 2004.

MARCONI, M. A.; LAKATOS, E. M. Técnicas de pesquisa. 5. ed. São Paulo: Atlas, 2002.

XAVIER NETO, L. P.; ASSUNÇÃO, J. R. Educação física (saiba mais). Rio de Janeiro: Âmbito Cultural, 2005.

SHIGUNOV, V.; SHIGUNOV NETO, A. A formação profissional e a prática pedagógica: ênfase nos professores de educação física. Londrina: Midiograf, 2001.

RIBEIRO NETO, J. Educação física, a cultura corporal do movimento. Portal Educação: conhecimento para mudar sua vida. Disponível em: http://www.portaleducacao.com.br/educacao-fisica/artigos/30167/educacao-fisica-a-cultura-corporal-do-movimento#ixzz3DZL94xiw. Acesso em: 10 ago. 2014.

INÁCIO, H. L. D.; MORAES, T. M.; SILVEIRA, A. B. Educação física e educação ambiental: refletindo sobre a formação e atuação docente. Conexões, Campinas, v. 11, n. 4, p. 1-23, out./dez. 2013. Disponível em: http://conexoes.fef.unicamp.br/ojs/index.php/fef/article/view/1048. Acesso em: 11 nov. 2014.

LIMA, G. F. C.; PORTILHO, F. Sociologia ambiental no contexto acadêmico norte- americano: formação, dilemas e perspectivas. Revista Teoria & Sociedade, Belo Horizonte, n. 7, p. 241-276, jun. 2001.

OLIVEIRA, L. P. S. Globalização e soberania: o Brasil e a biodiversidade na Amazônia. Brasília: Fundação Milton Campos, 2002.

ABÍLIO, F. J. P. et al. Meio ambiente e educação ambiental: uma análise crítica dos livros didáticos de ciências de ensino fundamental. In: SIMPÓSIO INTERNACIONAL PROCESSO CIVILIZADOR; HISTÓRIA E EDUCAÇÃO, 8., 2004, Paraíba. Anais... Paraíba: Centro de Educação, Paraíba,8., 2004. Disponível em: http://www.uel.br/grupo-estudo/processoscivilizadores/portugues/sitesanais/anas8/artigos/FranciscoJosePegadoAbilio.pdf. Acesso em: 10 jun. 2014.

GUIMARÃES, M. Sustentabilidade e educação ambiental. In: CUNHA, S. B.; GUERRA, A. J. T. A questão ambiental: diferentes abordagens. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2003.

FRACALANZA, H. et al. A educação ambiental no Brasil: panorama inicial da produção acadêmica. In: ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISA EM EDUCAÇÃO EM CIÊNCIAS, 5., 2005, Bauru. Atas... Bauru: Ed. da Unesp, 2005. Disponível em: http://www.nutes.ufrj.br/abrapec/venpec/conteudo/artigos/3/pdf/p272.pdf. Acesso em: 12 nov. 2014.

SORRENTINO, M. "Vinte anos de Tbilisi, cinco da Rio 92: a educação Ambiental no Brasil". Debates Socioambientais, São Paulo, ano 2, n. 7, 3-5, jun./set. 1997.

BRASIL. Ministério da Educação e do Desporto. Secretaria de Educação Fundamental. Parâmetros curriculares nacionais: Educação Física. Brasília, 1997. v.7. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/seb/arquivos/pdf/livro07.pdf. Acesso em: 26 jul. 2014.

RODRIGUES, L. H.; DARIDO, S. C. Educação física escolar e meio ambiente: reflexões e aplicações pedagógicas. Lecturas: educación física y deportes, Buenos Aires, ano 11, n. 100, set. 2006. Disponível em: http://www.efdeportes.com/efd100/ma.htm. Acesso em: 26 jul. 2014.

MOREIRA, E. C.; PEREIRA, R. S.; LOPES, T. C. Considerações, reflexões e proposições para a Educação Física na educação infantil e séries iniciais do ensino fundamental. In: MOREIRA, E. C.; NISTA­PICCOLO, V. L. (Org.). O quê e como ensinar educação física na escola. Jundiaí: Fontoura, 2009a. p. 109­149.

MOREIRA, E. C.; PEREIRA, R. S.; LOPES, T. C. Consolidando caminhos e caminhadas da Educação Física nas séries finais do ensino fundamental. In: MOREIRA, E. C.; NISTA­PICCOLO, V. L. (Org.). O quê e como ensinar educação física na escola. Jundiaí: Fontoura, 2009b. p. 151­175.

PIMENTEL, G. G. A.; MOREIRA, E. C.; PEREIRA, R. S. Lazer, meio ambiente e Educação Física escolar: relações possíveis? Pensar a Prática, Goiânia, v. 16, n. 1, p. 1­319, jan./mar. 2013. Disponível em: http://www.revistas.ufg.br/index.php/fef/article/viewFile/15971/13773. Acesso em: 10 nov. 2014.

MOREIRA E. C.; PEREIRA, R. S.; LOPES, T. C. Desafios e propostas para a educação física no ensino médio. In: MOREIRA, E. C.; NISTA-PICCOLO, V. L. (Org.). O quê e como ensinar educação física na escola. Jundiaí: Fontoura, 2009c. p. 177-197.

BETRÁN, J. O. Rumo a um novo conceito de ócio ativo e turismo na Espanha: as atividades físicas de aventura na natureza. In: BRUHNS, H. T.; MARINHO, A. (Org.). Turismo, lazer e natureza. São Paulo: Manole, 2003. p. 157-202.

INÁCIO, H. L. D. et al. Travessuras e artes na natureza: movimentos de uma sinfonia. In: SILVA, A. M.; DAMIANI, I. R. (Org.). Práticas corporais. Florianópolis: Nauemblu, 2005. p. 81-105.

UVINHA, R. R. Juventude, lazer e esportes radicais. Barueri: Manole, 2001.

DIAS, C. A. G. Notas e definições sobre esporte, lazer e natureza. Licere, Belo Horizonte, v. 10, n. 3, p. 1-36, 2007. Disponível em: https://seer.ufmg.br/index.php/licere/article/view/658. Acesso em: 10 nov. 2014.

BRANDÃO, L. Esportes de ação: notas para uma pesquisa acadêmica. Revista Brasileira de Ciências do Esporte, Porto Alegre, v. 32, n. 1, p. 59-73, set. 2010. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/rbce/v32n1/v32n1a05.pdf. Acesso em: 10 nov. 2014.

PIMENTEL, G. G. A. Esportes na natureza e atividade de aventura: uma terminologia aporética. Revista Brasileira de Ciências do Esporte, Porto Alegre, v. 35, n. 3, p. 687-700, jul./set. 2013. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0101-32892013000300012&script=sci_arttext. Acesso em: 10 nov. 2014.

MARINHO, A.; SCHWARTZ, G. M. Atividades de Aventura como conteúdo da Educação Física: reflexões sobre seu valor educativo. Lecturas: educación física y deportes, Buenos Aires, a. 10, n. 88, set. 2005. Disponível em: http://www.efdeportes.com/efd88/avent.htm. Acesso em: 3 fev. 2014.

PEREIRA, D. W.; ARMBRUST, I. Pedagogia da aventura: os esportes radicais, de aventura e de ação na escola. São Paulo: Fontoura, 2010.

SANTOS, J. P. et al. Esportes e atividades de aventura como conteúdo das aulas de Educação Física. Lecturas: educación física y deportes, Buenos Aires, ano 18, n. 190, mar. 2014. Disponível em: http://www.efdeportes.com/efd190/atividades-de-aventura-como-conteudo-das-aulas.htm. Acesso em: 11 nov. 2014.

JACOBI, P. Educação e meio ambiente: transformando as práticas. Revista Brasileira de Educação Ambiental, Diadema, n. 0, nov. 2004. Disponível em: http://www.sbecotur.org.br/revbea/index.php/revbea/article/viewFile/4080/2434.

O periódico Conexões: Educação Física, Esporte e Saúde utiliza a licença do Creative Commons (CC), preservando assim, a integridade dos artigos em ambiente de acesso aberto.

Downloads

Não há dados estatísticos.