Perspectivas para o ensino do sistema defensivo 3:3 no handebol diante de desigualdades numéricas

Autores

DOI:

https://doi.org/10.20396/conex.v15i1.8646026

Palavras-chave:

Pedagogia do esporte, Handebol, Sistema defensive, Desigualdades numéricas

Resumo

Em uma partida de handebol pode haver vários momentos de desigualdade numérica. O objetivo deste trabalho foi de apresentar algumas possibilidades para o ensino do sistema defensivo 3:3 em situações de superioridade e inferioridade numérica deste, que considerem a complexidade e dinâmica do handebol. Nesse sentido, a proposta baseia-se basicamente em duas vertentes: jogos conceituais e método situacional. Com as perspectivas apresentadas durante esse ensaio, procuramos chamar a atenção dos treinadores sobre o ensino do sistema defensivo 3:3 e, ainda, apresentar diferentes estratégias para o seu ensino, aplicáveis a diferentes categorias.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rafael Pombo Menezes, Universidade de São Paulo

Professor Doutor da Escola de Educação Física e Esporte de Ribeirão Preto - Universidade de São Paulo (EEFERP-USP). Líder do Grupo de Estudos e Pesquisas em Análise do Jogo (GEPAJ-EEFERP/USP) e vice-líder do Grupo de Estudos e Pesquisas em Handebol (GEHAND-FEF/UNICAMP). Doutor e Mestre pela Faculdade de Educação Física da UNICAMP (2011 e 2007). Licenciado e Bacharel pela Faculdade de Educação Física da UNICAMP (2006 e 2003). Coordenador de Projetos de Extensão na EEFERP-USP: Escolinha Multiesportes e Handebol Feminino: Práticas Pedagógicas. Atua principalmente nas seguintes áreas de ensino: Pedagogia do Esporte, Esportes Coletivos, Análise do Jogo e Coaching.

Vitor Daronco Freire, Universidade Estadual de Campinas

Graduando em Bacharelado no curso de Educação Física na Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP)

Lucas Leonardo, Universidade Estadual de Campinas

Graduado em Bacharelado e Licenciatura em Educação Fisica (FEF/UNICAMP), pós-graduado em handebol (ESEF/Jundiaí) e cursando o mestrado em Educação Física (FEF/UNICAMP). Professor da Rede Municipal de Educação de Campinas/SP. Linha de Pedquisa em Pedagogia do Esporte e Handebol.

Leonardo Cordeiro Boff, Universidade Estadual Paulista

Graduação em Educação Física. Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.

Referências

BAYER, Claude. O ensino dos desportos colectivos. Lisboa: Dinalivros, 1994.

FERREIRA, Nuno. O processo ofensivo em desigualdade numérica no andebol: um estudo com recurso à análise sequencial. 2006. 131 f. Dissertação (Mestrado em Desporto) - Faculdade de Desporto, Universidade do Porto, Porto, 2006.

GRECO, Pablo Juan; BENDA, Rodolfo Novelino. Iniciação esportiva universal: da aprendizagem motora ao treinamento técnico. Belo Horizonte: Ed. UFMG, 1998.

GUTIÉRREZ AGUILAR, Óscar; FERNÁNDEZ ROMERO, Juan José; BORRÁS ROCHER, Fernando. Uso de la eficacia de las situaciones de juego en desigualdad numérica en balonmano como valor predictivo del resultado final del partido. E-balonmano.com: Revista de Ciencias del Deporte, v. 6, n. 2, p. 67-77, 2010.

INTERNATIONAL HANDBALL FEDERATION (IHF). Estatísticas do prêmio Fair Play do Mundial feminino de handebol adulto de 2013. Disponível em: http://www.ihf.info/files/competitiondata/140/pdf/FAIRPLAY.pdf. Acesso em: 10 dez. 2015.

INTERNATIONAL HANDBALL FEDERATION (IHF). Estatísticas do prêmio Fair Play do Mundial masculino de handebol adulto de 2013. Disponível em: http://www.ihf.info/files/competitiondata/127/pdf/FAIRPLAY.pdf. Acesso em: 10 dez. 2015.

LEONARDO, Lucas; SCAGLIA, Alcides José; REVERDITO, Riller Silva. O ensino dos esportes coletivos: metodologia pautada na família dos jogos. Motriz, Rio Claro, v. 15, n. 2, p. 236-246, abr./jun. 2009.

MENEZES, Rafael Pombo. Modelo de análise técnico-tática do jogo de handebol: necessidades perspectivas e implicações de um modelo de interpretação das situações de jogo em tempo real. 2011. 302 f. Tese (Doutorado em Educação Física) - Faculdade de Educação Física, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2011.

MENEZES, Rafael Pombo. Possibilidades de ensino-aprendizagem no handebol: análise do sistema defensivo 3:3. Cadernos de Formação RBCE, v. 4, n. 1, p. 70-82, maio 2013.

MENEZES, Rafael Pombo; FREIRE, Vitor Daronco; BOFF, Leonardo Cordeiro. Sistema defensivo 3:3 no handebol mediante o jogo do pivô: possibilidades pedagógicas. Conexões, Campinas, v. 12, n. 4, p. 69-90, out./dez. 2014.

MENEZES, Rafael Pombo; MARQUES, Renato Francisco Rodrigues; NUNOMURA, Myrian. Especialização esportiva precoce e o ensino dos jogos coletivos de invasão. Movimento, Porto Alegre, v. 20, n. 1, p. 351-373, abr./jun. 2014.

MENEZES, Rafael Pombo; BOFF, Leonardo Cordeiro; FREIRE, Vitor Daronco. Processo de ensino-aprendizagem-treinamento do sistema defensivo 3:3 no handebol diante de cruzamentos e trocas de postos específicos ofensivos. Arquivos em Movimento, Rio de Janeiro, v. 11, n. 1, p. 5-20, jun./jul. 2015.

PRUDENTE, João. Análise da performance táctico-técnica no andebol de alto nível. 2006. 298 f. Tese (Doutorado em Educação Física e Desporto) - Departamento de Educação Física e Desporto, Universidade da Madeira, Madeira, 2006.

PRUDENTE, João; GARGANTA, Júlio; ANGUERA, Maria Teresa. Desenho e validação de um sistema de observação no andebol. Revista Portuguesa de Ciências do Desporto, Porto, v. 4, n. 3, p. 49-65, 2004.

REVERDITO, Riller Silva; SCAGLIA, Alcides José. A gestão do processo organizacional do jogo: uma proposta metodológica para o ensino dos jogos coletivos. Motriz, Rio Claro, v. 13, n. 1, p. 51-63, jan./mar. 2007.

REVERDITO, Riller Silva; SCAGLIA, Alcides José; PAES, Roberto Rodrigues. Pedagogia do esporte: panorama e análise conceitual das principais abordagens. Motriz, Rio Claro, v. 15, n. 3, p. 600-610, 2009.

SCAGLIA, Alcides José et al. O ensino dos jogos esportivos coletivos: as competências essenciais e a lógica do jogo em meio ao processo organizacional sistêmico. Movimento, Porto Alegre, v. 19, n. 4, p. 227-249, out./dez. 2013.

Downloads

Publicado

2017-06-06

Como Citar

MENEZES, R. P.; FREIRE, V. D.; LEONARDO, L.; BOFF, L. C. Perspectivas para o ensino do sistema defensivo 3:3 no handebol diante de desigualdades numéricas. Conexões, Campinas, SP, v. 15, n. 1, p. 13–33, 2017. DOI: 10.20396/conex.v15i1.8646026. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/conexoes/article/view/8646026. Acesso em: 19 out. 2021.

Edição

Seção

Artigo Original