Banner Portal
A lógica Interna do squash e as aprendizagens do jogo
PDF

Palavras-chave

Esporte com raquete
Aprendizagem
Interação
Praxiologia Motriz

Como Citar

MESQUITA, Erick Lisboa de; CRUZ, Rodrigo Wanderley de Sousa; FRANCHI, Silvester; SOARES, Leys Eduardo dos Santos. A lógica Interna do squash e as aprendizagens do jogo. Conexões, Campinas, SP, v. 18, p. e020019, 2020. DOI: 10.20396/conex.v18i0.8659312. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/conexoes/article/view/8659312. Acesso em: 12 abr. 2024.

Resumo

Introdução: A pesquisa é oriunda de uma parceria entre grupos de pesquisa que investigam o jogo como linguagem subjetiva e que possui uma gramática singular de análise ancorada pela Praxiologia Motriz, criada por Pierre Parlebas. Objetivo: Analisar as possíveis aprendizagens da prática do squash a partir de sua lógica interna. Metodologia: Trata-se de uma análise praxiológica, com ênfase na lógica interna tendo em vista a descrição da essência desse jogo esportivo. A metodologia é de abordagem qualitativa, com caráter descritivo, embasada pela Praxiologia Motriz (PM). Resultados e discussão: De acordo com a PM, o squash pode ser classificado como um jogo sociomotriz com presença de adversário e ausência de companheiro (1x1) ou presença de companheiro e adversário (2x2) e ausência de instabilidade e incerteza quanto ao entorno físico. A partir dos resultados desta pesquisa evidenciamos que a PM oferece subsídios para um rol de possibilidades de aprendizagens na prática do squash. Considerações Finais: As aprendizagens geradas pelas interações entre jogadores, espaços e implementos favoreceram um maior conhecimento das ações motrizes desenvolvidas nas situações do squash, o que contribuiu em informações analíticas para alunos e professores que atuam com o esporte.

https://doi.org/10.20396/conex.v18i0.8659312
PDF

Referências

COSTA, Marina Luisa de Lima Costa; SILVA, Mauro Amâncio da. O ensino da técnica de squash: uma abordagem metodológica. Do corpo: ciências e artes, Caxias do Sul, v. 1, n. 3, 2013. Disponível em: http://www.ucs.br/etc/revistas/index.php/docorpo/article/view/2912

GOMES-DA-SILVA. Pierre Normando; SOUSA-CRUZ, Rodrigo W; ARRUDA, Emerson P. S. Entre o lance a chance: lógica interna numa final do badminton. Motrivivência, v. 31, n. 58, p. 1-19, abril/julho, 2019. Disponível em: https://periodicos.ufsc.br/index.php/motrivivencia/article/view/2175-8042.2019e56349

GONZÁLEZ, Fernando Jaime. Planejamento curricular na educação física escolar: diálogos com a praxiologia motriz. In: RIBAS, J. F. M (Org.). Praxiologia motriz na América Latina: aportes para a didática na educação física. Ijuí: Editora Unijuí, 2017.

GOMES-DA-SILVA. Pierre Normando; OLIVEIRA, Diego Moreira da Costa; FARIAS, George de Paiva; SOUSA-CRUZ, Rodrigo Wanderley; SOARES, Leys Eduardo dos Santos; RIBAS, João Francisco Magno. Estratégia motriz no handebol de areia: uma análise praxiológica. Revista Acción Motriz, n. 19, p. 59-70, 2017. Disponível em: http://docplayer.com.br/74595741-Estrategia-motriz-en-el-balonmano-playa-un-analisis-praxiologico-estrategia-motriz-no-handebol-de-areia-uma-analise-praxiologica.html

LAGARDERA, Francisco; LAVEGA, Pere. Fundamentos da praxiologia motriz. In: RIBAS, João Francisco Magno. (Org.) Jogos e Esportes: fundamentos e reflexões da Praxiologia Motriz. Santa Maria: Editora da UFSM, 2008. p. 45-79.

LAVEGA, Pere. Classificação dos jogos, esportes e as práticas motrizes. In: RIBAS. J. F. M. (Org.) Jogos e Esportes: fundamentos e reflexões da Praxiologia Motriz. Santa Maria: Editora da UFSM, 2008. p. 81-103.

PARLEBAS, Pierre. Juegos, Deporte y Sociedad: Léxico de Praxiologia motriz. Barcelona: Paidotribo, 2001.

REDFERN, Karen; NETO, Nelson; RODRIGUES, Gilvandro. Regras mundiais do squash individual com edição em português. Tradução original por Nelson Neto e Karen Redfern, Adaptação para Regras 2010, Revisão e Formatação por Gilvandro Rodrigues, WFS (World Squash Federation), CBS (Confederação Brasileira de Squash), FSPB (Federação Squash Paraíba), 4 mar. 2018.

RIBAS, João Francisco Magno. Jogos e Esportes: fundamentos e aplicações da Praxiologia Motriz. Santa Maria- RS: Editora UFSM, 2008.

SOARES, Leys Eduardo dos Santos; GOMES-DA-SILVA. Pierre Normando; RIBAS, João Francisco Magno. Comunicação motriz nos jogos populares: uma análise praxiológica. Movimento, Porto Alegre, v. 18, n. 3, p.159-182. jul./set., 2012.

SOUSA-CRUZ, Rodrigo Wanderley, et al. Jogo tradicional e esportivo: para além de suas relações dicotômicas. In: GOMES-DA-SILVA. Pierre Normando CAMINHA, Iraquitan de Oliveira. Movimento humano: incursões na educação e na cultura. Curitiba: Appris, 2017.

SOUSA-CRUZ, Rodrigo Wanderley; GOMES-DA-SILVA. Pierre Normando; RIBAS, João Francisco Magno. Jogo tradicional-popular e aprendizagem: uma análise teórica das comunicações dos jogadores. Rev. bras. Estud. pedagog. (online), Brasília, v. 96, n. 244, p. 683-701, set./dez. 2015. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?pid=S2176-66812015000300683&script=sci_abstract&tlng=pt

SOUSA-CRUZ, Rodrigo Wanderley; FARIAS, George de Paiva; ANTERIO, Djavan; SOARES, Leys Eduardo Santos; OLIVEIRA, Danielle Menezes de; RIBAS, João Francisco Magno; GOMES-DA-SILVA, Pierre Normando. Interação e criação no jogo barra-bandeira: aprendizagem na perspectiva parlebasiana e winicottiana. Revista EFDeporte, Buenos Aires, v. 19, n. 201, febrero, 2015. Disponível em: https://www.efdeportes.com/efd201/interacao-e-criacao-no-jogo-barra-bandeira.htm

O periódico Conexões: Educação Física, Esporte e Saúde utiliza a licença do Creative Commons (CC), preservando assim, a integridade dos artigos em ambiente de acesso aberto.

Downloads

Não há dados estatísticos.