Arbitragem da bocha paralímpica

competências profissionais de árbitros internacionais

Autores

DOI:

https://doi.org/10.20396/conex.v19i1.8660091

Palavras-chave:

Árbitros, Bocha (jogo) – Esportes paraolímpicos, Competências profissionais

Resumo

Objetivo: analisar as competências profissionais dos árbitros internacionais de Bocha Paralímpica que atuaram nos Jogos Paralímpicos Rio 2016. Metodologia: Participaram do estudo onze árbitros, em que forneceram informações por meio de questionário online. Resultados e discussão: Os resultados apontam que as competências profissionais se caracterizaram pelo domínio das regras, estudo da modalidade, troca de informações entre os pares, participação no comitê de árbitros, domínio da regra no idioma oficial da modalidade, participação em competições internacionais. Conclusão: Com estes dados, foi possível aplicá-los no modelo de competências profissionais de Cheetham e Chivers (1996), em que descreve a competência cognitiva, funcional, pessoal e social e valores e ética, e, as metacompetências caracterizada pela competência que podem auxiliar na obtenção ou análise de outras competências, sendo estas atribuídas pela comunicação, autodesenvolvimento, criatividade, análise, solução de problemas, reflexão e agilidade mental.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Elizabeth Albano, Universidade Federal de Santa Catarina

Mestra em Educação Física pela Universidade Federal de Santa Catarina. Membro do Laboratório de Pedagogia do Esporte da Universidade Federal de Santa Catarina (LAPE/NUPPE). Tutora Externa no Curso de Licenciatura e Bacharelado em Educação Física na UNIASSELVI no Pólo do município de Itajaí/SC e no Pólo do município de Camboriú/SC.

Giovana Rastelli, Prefeitura Municipal de Florianópolis

Mestra em Educação Física pela Universidade Federal de Santa Catarina. Professora de Educação Física na Prefeitura Municipal de Florianópolis, SC.

Marcos Paulo Vaz de Campos Pereira, Universidade do Estado de Santa Catarina

Doutorando em Ciências do Movimento Humano da Universidade do Estado de Santa Catarina. Membro do Laboratório de Pesquisa em Práticas Pedagógicas da Educação Física (LAPRAPEF). Professor de Educação Física Prefeitura Municipal de Limeira - SP. Professor do curso de Educação Física da Universidade do Estado de Minas Gerais.

Bruna Barboza Seron, Universidade Federal de Santa Catarina

Doutora em Educação Física pela Universidade Estadual de Londrina. Professora Adjunta da Universidade Federal de Santa Catarina.

 

Sonia Maria Ribeiro, Universidade da Região de Joinville

Doutora em Educação pela Universidade Metodista de Piracicaba. Professora da Universidade da Região de Joinville (UNIVILLE). 

Gelcemar Oliveira Farias, Universidade do Estado de Santa Catarina

Doutora em Educação Física pela Universidade Federal de Santa Catarina. Professora Adjunta do Centro de Ciências da Saúde e do Esporte da Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC).

Referências

ABREU, Nelsio Rodrigues de; BALDANZA, Renata Francisco; GONDIM, Sônia M. Guedes. Os grupos focais on-line: das reflexões conceituais à aplicação em ambiente virtual. Revista de Gestão da Tecnologia e Sistemas de Informação, São Paulo, v.6, n.1, p.5–24, 2009. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1807-17752009000100002.

AHMED, Hawkar; DAVISON, Glen; DIXON, David. Analysis of activity patterns, physiological demands and decision-making performance of elite Futsal referees during matches. International Journal of Performance Analysis in Sport, London, v. 17, n. 5, p. 737-751, 2017. Disponível em: https://www.tandfonline.com/doi/abs/10.1080/24748668.2017.1399321

ALVES, Juliano Nunes; BECKER, Josiane Fagundes; QUATRIN, Denise Rossato. Competências individuais: existe simetria entre as apresentadas por colaboradores e as requeridas pelos gestores. Revista de Carreiras e Pessoas (ReCaPe), São Paulo, v.4, n.1, p. 2014. Disponível em: https://revistas.pucsp.br/index.php/ReCaPe/article/view/19409

ARROXELLAS, Raquel Daffre de. D. D. Análise cinemática do arremesso da bocha adaptada e sua relação com a realidade virtual. 2015. 100 f. Dissertação (Mestrado em Distúrbios do Desenvolvimento) – Universidade Presbiteriana Mackenzie, São Paulo, 2015.

ARROXELLAS, Raquel Daffre de; ROMANO, Rosangela Guimarães; CYMROT, Raquel; BLASCOVI-ASSIS, Silvana. Bocha adaptada: análise cinemática do arremesso e sua relação com a realidade virtual. Revista Brasileira de Ciências do Esporte, Brasília, n.39, p.160-167, 2017. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0101-32892017000200160&script=sci_abstract&tlng=pt.

BATISTA, Paula Maria Fazendeiro. Discurso sobre a competência: contributo para a (re)construção de um conceito de competência aplicável ao profissional do desporto. 2008. 591 f. Tese (Doutorado em Ciências do Desporto) – Faculdade de Desporto, Universidade do Porto, Porto, 2008.

BAYÓN, P., VAQUERA, A., GARCÍA-TORMO, J. V.; DEHESA, R. Efectos del entrenamiento en la habilidad para repetir sprints (RSA) en arbitros de baloncesto. Cuadernos de Psicología del Deporte, Madri, n. 15, p. 163-168, 2015.

BESTER, Carol; COETZEE, Derik; SCHALL, Robert; BLAIR, Matthew. Physical demands on elite lead rugby union referees. International Journal of Performance Analysis in Sport, London, v. 19, n. 2, p. 258-273, 2019. Disponível em: https://www.tandfonline.com/doi/abs/10.1080/24748668.2019.1593097.

CASSEPP-BORGES, Vicente; BALBINOTTI, Marcos A. A.; TEODORO, Maycoln Leoni Martins. Tradução e validação de conteúdo: Uma proposta para a adaptação de instrumentos. In L. Pasquali, Instrumentação psicológica: Fundamentos e práticas. Porto Alegre: Artmed, 2010.

CHEETHAM, Graham; CHIVERS, Geoff. Towards a holistic model of professional competence. Journal of European Industrial Training, Wagon Lane, v. 20, n. 5, p. 20-30., 1996.

CHEETHAM, Graham; CHIVERS, Geoff. The reflective (and competent) practitioner: a model of professional competence which seeks to harmonize the reflective practitioner and competence-based approaches. Journal of European Industrial Training, Wagon Lane, v. 22, n.7, p. 267-276, 1998.

DEBIEN, Paula Barreiros; NOCE, Franco; DEBIEN, Jurema Barreiros Prado; COSTA, Varley Teoldo da. O estresse na arbitragem de ginástica rítmica: uma revisão sistemática. Revista da Educação Física/UEM, Maringá, v. 25, n. 3, p. 489-500, 2014. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1983-30832014000300489.

DIOTAIUTI, Pierluigi; FALESE, Lavinia; MANCONE, Stefania; PURROMUTO, Francesco. A structural model of self-efficacy in handball referees. Frontiers in Psichology, Lausanne, v. 8, p. 01-10, 2017. Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC5435812/.

DOSSEVILLE, Fabrice; LABORDE, Sylvain; BERNIER, Marjorie. Athletes' expectations with regard to officiating competence. European Journal of Sport Science, Novi Sad, v. 14, p. 448-455, 2014.

FERREIRA, Rodrigo D'Alonso; BRANDAO, Maria Regina. Árbitro brasileiro de futebol profissional: percepção do significado do arbitrar. Journal of Physical Education, Maringá, v. 23, n. 2, p. 229-238, 2012. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?pid=S1983-30832012000200007&script=sci_abstract&tlng=pt#:~:text=O%20objetivo%20do%20presente%20estudo,os%20%C3%A1rbitros%20brasileiros%20de%20futebol.&text=Um%20aspecto%20interessante%20observado%20diz,para%20a%20carreira%20de%20%C3%A1rbitro.

FLEURY, Maria Tereza Leme; FLEURY, Afonso. Construindo o conceito de competência. Revista de administração contemporânea, Rio de Janeiro, v. 5, n. SPE, p. 183-196, 2001. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1415-65552001000500010#:~:text=CONSTRUINDO%20O%20CONCEITO%20DE%20COMPET%C3%8ANCIA%20DO%20INDIV%C3%8DDUO&text=Segundo%20Zarifian%20(1999)%20a%20compet%C3%AAncia,aumenta%20a%20complexidade%20das%20situa%C3%A7%C3%B5es.

FRIESEN, Andrew P.; DEVONPORT, Tracey J.; LANE, Andrew M. Beyond the technical: The role of emotion regulation in lacrosse officiating. Journal of Sports Sciences, London, v. 35, n. 6, p. 01-08, 2017.

GUILLÉN, Félix; FELTZ, Deborah L. A conceptual model of referee efficacy. Frontiers in Psichology, Lausanne, v. 2, p. 01-05, 2011. Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC3111226/.

HANCOCK, David J.; STE-MARIE, Diane M. Describing strategies used by elite, intermediate, and novice ice hockey referees. Research Quarterly for Exercise and Sport, London, v. 85, n. 3, p. 351-364, 2014.

MONTEIRO, Alessandra Carla Peixoto; FROESELER, Mariana Verdolin Guilherme; MANSUR-ALVES, Marcela. Estresse e coping de árbitros de futebol no teste físico FIFA. Psicologia: Ciência e Profissão, Brasília, v. 38, n. 1, p.102-115, 2018. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1414-98932018000100102#:~:text=Os%20resultados%20encontrados%20apontam%20que,p%20%3D0%2C09).

MYERS, Tony; BALMER, Nigel. The impact of crowd noise on officiating in MuayThai: achieving external validity in an experimental setting. Frontiers in Psichology, Lausanne, v. 3, p. 01-07, 2012.

NUNES, Renildo; SHIGUNOV, Viktor. Auto-estima do árbitro de futebol profissional do estado de Santa Catarina. Journal of Physical Education, Maringá, v. 13, n. 2, p. 71-79, 2002.

ODELIUS, Catarina ABBAD, Gardênia da Silva; RESENDE JUNIOR, Pedro Carlos; SENA, André de Castro; VIANA, Caroline Rodrigues; FREITAS, Tatiana Leão; SANTOS, Tamisia Cristofane Novaes dos. Processos de aprendizagem, competências aprendidas, funcionamento, compartilhamento e armazenagem de conhecimentos em grupos de pesquisa. Cadernos EBAPE. BR, Rio de Janeiro, n. 9, p. 199-220, 2011. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/cebape/v9n1/v9n1a12.pdf

PAIVA, Kely Cesar Martins de. Gestão de competências e a profissão docente: um estudo em universidades no Estado de Minas Gerais. 2007.278 f. Tese (Doutorado em Administração) Faculdade de Ciências Econômicas, Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, Minas Gerais,2007.

PEARCE, Leesa; WOODS, Carl; SINCLAIR, Wade LEICHT, Anthony. Officiating role influences the physical match activity profiles of rugby league touch judges and referees. Journal of Human Kinetics, Katowice, v. 58, p. 225-231, 2017. Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC5548170/.

QUINTAS, Sandra; TOMÁS FERREIRA, Rosa; OLIVEIRA, Hélia. O conhecimento didático do professor no ensino da variação estatística. Revista de didáctica de la Estadística, Granada, n. 2, p. 439-446, 2013. Disponível em: https://dialnet.unirioja.es/descarga/articulo/5487242.pdf.

RIBEIRO, Henrique Neu; FERNANDES, Aline Renata Rentz; VIANA, Maick da Silveira; BRANDT, Ricardo; ANDRADE, Alexandro. Estados de humor de árbitros de futebol não-profissional. Revista da Educação Física/UEM, Maringá, v. 23, n. 4, p. 575-583, 2012. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/refuem/v23n4/07.pdf.

RIQUE JUNIOR, Jose Flavio; BORGES, Fabio Morais; MARINHO, Joalysson de Souza; LUCAS, Ruan Eduardo Carneiro. Projeto de produto customizado para atleta paraibano de Bocha Paralímpica. XXXVI Encontro Nacional de engenharia de Produção. Outubro, 2016. Disponível em: http://www.abepro.org.br/biblioteca/TN_WIC_230_344_30617.pdf.

RITCHIE, Jason; BASEVITCH, Itay; RODENBERG, Ryan; TENEBAUM, Gershon. Situation criticality and basketball officials’ stress levels. Journal of Sports Sciences, Hindawi‎, v. 35, n. 21, p. 01-09, 2017.

STULP, Gert; BUUNK, Abraham P.; VERHULST, Simon; POLLET, Thomas V. High and mighty: height increases authority in professional refereeing. Evolutionary Psychology, New York, v. 10, n. 3, p. 588-601, 2012. Disponível em: https://journals.sagepub.com/doi/full/10.1177/147470491201000314.

VAZ, Jamille Machado; AMARAL JUNIOR, Aureo José; CORREIA, Priscila Mari dos Santos; MANFROI, Miraíra Noal; FIGUEIREDO, Juliana de Paula; MARINHO, Alcyane. Percepção de competências profissionais de instrutores de atividades de aventura na natureza atuantes em Florianópolis/SC. Movimento, Porto Alegre, n.23, p. 295-310, 2017. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/Movimento/article/view/66064.

VIEIRA, Caio Max Augusto; COSTA, Eduardo Caldas; AOKI, Marcelo Saldanha. O nível de aptidão física afeta o desempenho do árbitro de futebol? Revista Brasileira de Educação Física e Esporte, São Paulo, v. 24, n. 4, p. 445-452, 2010. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/rbefe/v24n4/a02v24n4.pdf.

Downloads

Publicado

2021-06-10

Como Citar

ALBANO, E. .; RASTELLI, G. .; PEREIRA, M. P. V. de C.; SERON, B. B. .; RIBEIRO, S. M.; FARIAS, G. O. . Arbitragem da bocha paralímpica: competências profissionais de árbitros internacionais. Conexões, Campinas, SP, v. 19, n. 1, p. e021006, 2021. DOI: 10.20396/conex.v19i1.8660091. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/conexoes/article/view/8660091. Acesso em: 20 set. 2021.

Edição

Seção

Artigo Original

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)