Motivos que levam praticantes e não praticantes de exercício físico do Distrito Federal a não se exercitarem em academias

Autores

DOI:

https://doi.org/10.20396/conex.v19i1.8660345

Palavras-chave:

Exercício físico, Motivação, Academias de ginástica

Resumo

Objetivo: Identificar os motivos que levam praticantes e não praticantes de exercícios físicos do Distrito Federal (DF) a não procurarem uma academia para se exercitarem. Metodologia: Participaram 223 moradores do DF, de ambos os sexos, com idades entre 18 e 66 anos, que não frequentam academias. Os voluntários foram divididos em quatro grupos de acordo com o sexo e prática de atividades físicas. Foi utilizado um questionário estruturado, elaborado pelos próprios pesquisadores, que contém 16 perguntas. Resultados e discussão: De forma geral, os homens que não praticam exercícios físicos em academias não o fazem por falta de tempo (40,7%) e por indisposição (36,4%), seguido por questões financeiras, não gostar do ambiente de academia e outros motivos. Já as mulheres, os principais motivos foram não gostarem do ambiente da academia (45,7%) e indisposição (41,9%), seguido por falta de tempo, questões financeiras e outros motivos. Conclusão: Conclui-se que, para homens praticantes de exercício, os principais motivos para não procurarem uma academia para se exercitar são as questões financeiras e a falta de tempo. Já para as mulheres praticantes de exercício, os principais motivos são não gostar do ambiente de academia e a indisposição.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Henrique de Oliveira Castro, Universidade Federal de Mato Grosso

Doutor em Ciências do Esporte pela EEFFTO/UFMG, com um período de visita técnica à Facultad de Ciencias del Deporte da Universidad de Extremadura (FCD/UEx) - Cáceres/Espanha; Professor Adjunto-A do Departamento de Educação Física da Faculdade de Educação Física da Universidade Federal de Mato Grosso.

Dirce Rodrigues Caixeta, Centro Universitário Instituto de Educação Superior de Brasília

Graduanda em Educação Física pelo Centro Universitário Instituto de Educação Superior de Brasília.

 

Luan Martins de Mesquita Gonçalves, Centro Universitário Instituto de Educação Superior de Brasília

Graduando em Educação Física pelo Centro Universitário Instituto de Educação Superior de Brasília.

Luiz Eduardo Alves Rodrigues, Centro Universitário Instituto de Educação Superior de Brasília

Graduando em Educação Física pelo Centro Universitário Instituto de Educação Superior de Brasília.

Sérgio Avelino da Silva, Centro Universitário Instituto de Educação Superior de Brasília

Mestrado em Gerontologia pela Universidade Católica de Brasília e Especialização em Gestão de Projetos pelo Instituto de Educação Superior de Brasília. Coordenador do curso de Educação Física do Centro Universitário Instituto de Educação Superior de Brasília.

Vivian de Oliveira, Centro Universitário Instituto de Educação Superior de Brasília

Doutoranda pela Universidade Estadual Paulista. Docente do curso de Educação Física do Centro Universitário Instituto de Educação Superior de Brasília.

Referências

ALVES, Carlos Fernando de Amorim; SILVA, Rita de Cássia Ribeiro; ASSIS, Ana Marlúcia Oliveira; SOUZA, Carine de Oliveira; PINTO, Elizabete de Jesus; FRAINER, Deivis Elton Schlickmann. Fatores associados à inatividade física em adolescentes de 10-14 anos de idade, matriculados na rede pública de ensino do município de Salvador, BA. Revista Brasileira de Epidemiologia, v. 15, n. 4, p. 858-870, 2012. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/rbepid/v15n4/en_16.pdf. Acesso em: 12 fev. 2020.

BALBINOTTI, Marcos Alencar Abaide; CAPOZZOLI, Carla Josefa. Motivação à prática regular de atividade física: um estudo exploratório com praticantes em academias de ginástica. Revista Brasileira de Educação Física e Esporte, v. 22, n. 1, p. 63-80, 2008. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/epsic/v16n1/a13v16n1. Acesso em: 12 fev. 2020.

BARTHOLOMEU NETO, João; PINTO, Juliane Sousa; SILVA, Junior Vagner Pereira; SALES, Marcelo Magalhães; CÓRDOVA, Cláudio; PEREIRA, Lilian Alves; ASANO, Ricardo YukiO. Motivos do abandono de academias de ginástica por universitários com sobrepeso ou obesidade. Revista Brasileira de Ciência e Movimento, v. 21, n. 3, p. 96-104, 2013. Disponível em: https://portalrevistas.ucb.br/index.php/RBCM/article/view/3714/2756. Acesso em: 12 fev. 2020.

BARUFALDI, Laura Augusta; ABREU, Gabriela de Azevedo; COUTINHO, Evandro Silva Freire; BLOCH, Katia Vergetti. Meta-analysis of the prevalence of physical inactivity among brazilian adolescents. Caderno de Saúde Pública, v. 28, n. 6, p. 1019-1032, 2012. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/csp/v28n6/02.pdf. Acesso em: 12 fev. 2020.

BASTOS, Juliano Peixoto; ARAUJO, Cora Luiza Pavin; HALLAL, Pedro Curi. Prevalence of insufficient physical activity and associated factors in Brazilian adolescents. Journal of Physical Activity and Health, v. 5, n. 6, p. 777-794, 2008. Disponível em: https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/19164815/. Acesso em: 12 fev. 2020.

BERNARD, Paquito; NINOT, Grégory; BERNARD, Pierre-Louis; PICOT, Marie-Christine; JAUSSENT, Audrey; TAULO, Guillaume; BLAIN, Hubert. Effects of a six-month walking intervention on depression in inactive post-menopausal women: a randomized controlled trial. Aging & Mental Health, v. 19, n. 6, p. 485-492, 2015. Disponível em: https://www.tandfonline.com/doi/abs/10.1080/13607863.2014.948806. Acesso em: 12 fev. 2020.

BUENO, Denise Rodrigues; MARUCCI, Maria de Fátima Nunes; CODOGNO, Jamile Sanches; ROEDIGER, Manuela de Almeida. Os custos da inatividade física no mundo: estudo de revisão. Ciência & Saúde Coletiva, v. 21, n. 4, p. 1001-1010, 2016. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/csc/v21n4/1413-8123-csc-21-04-1001.pdf. Acesso em: 12 fev. 2020.

BURNS, Sir Harry.; MURRAY, Andrew Duncan. Creating health through physical activity. British Journal of Sports Medicine, v. 48, n. 3, p. 167-169, 2014. Disponível em: https://bjsm.bmj.com/content/48/3/167. Acesso em: 12 fev. 2020.

DASKAPAN, Arzu; TUZUN, Emine Handan; EKER, Levent. Perceived barriers to physical activity in university students. Journal of Sports Science and Medicine, v. 5, p. 615-620, 2006. Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC3861763/. Acesso em: 12 fev. 2020.

DUNTON, Genevieve F.; SCHNEIDER, Margaret. Perceived barriers to walking for physical activity. Preventing Chronic Disease, v. 3, n. 4, p. 1-11, 2006. Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC1779280/. Acesso em: 12 fev. 2020.

EMM-COLLISON, Ligia G.; SEBIRE, Simon J.; SALWAY, Ruth; THOMPSON, Janice L; JAGO, Russel. Multidimensional motivation for exercise: A latent profile and transition analysis. Psychology of Sport & Exercise, v. 47, e101619, 2020. Disponível em: https://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S1469029219303851. Acesso em: 12 fev. 2020.

FERRARO, Naiara Santiago; CÂNDIDO, Aldrina da Silva Confessor. Percepção dos Idosos Acerca da Atividade Física na Terceira Idade. Revista Multidisciplinar e de Psicologia, v. 11, n. 38, 2017. Disponível em: https://idonline.emnuvens.com.br/id/article/view/973. Acesso em: 12 fev. 2020.

FONTANA, Patrícia Silveira; BARBOSA, Marcus Levi Lopes; BALBINOTTI, Marcos Alencar Abaide; BALBINOTTI, Carlos Adelar Abaide. Estudo das motivações à prática da ginástica rítmica: contribuições da pesquisa para o rendimento desportivo. Pensar a Prática, Goiânia, v. 16, n. 2, p. 387-400, 2013. Disponível em: https://www.revistas.ufg.br/fef/article/view/16873. Acesso em: 12 fev. 2020.

HALLAL, Pedro C.; ANDERSEN, Lars Bo.; BULL, Fiona C.; GUTHOLD, Regina; HASKELL, William; EKELUND, Ulf. Global physical activity levels: surveillance progress, pitfalls, and prospects. The Lancet, v. 380, n. 9838, p. 247-257, 2012. Disponível em: https://www.thelancet.com/journals/lancet/article/PIIS0140-6736(12)60646-1/fulltext. Acesso em: 12 fev. 2020.

HAWKES, Anna L. PAKENHAM, Kenneth I.; CHAMBERS, Suzanne K.; PATRAO, Tania A.; COURNEYA, Kerry S. Effects of a multiple health behavior change intervention for colorectal cancer survivors on psychosocial outcomes and quality of life: a randomized controlled trial. Annals of Behaviour Medicine, v. 48, n. 3, p. 359-370, 2014. Disponível em: https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/24722960/. Acesso em: 12 fev. 2020.

IBGE - INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA. Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD). Rio de Janeiro, 2015.

KAPTEYN, Arie; BANKS, James; HAMER, Mark; SMITH, James P. ; STEPTOE, Andrew; VAN SOEST, Arthur; KOSTER, Annemarie; WAH, Saw Htay. What they say and what they do: Comparing physical activity across the USA, England and The Netherlands. Journal of Epidemiology & Community Health, v. 72, n. 6, p. 471–476, 2018. Disponível em: https://jech.bmj.com/content/jech/early/2018/04/09/jech-2017-209703.full.pdf. Acesso em: 12 fev. 2020.

KYU, Hmwe H.; BACHMAN, Victoria F.; ALEXANDER, Lily T.; MUMFORD, John Everett; AFSHIN, Ashkan; ESTEP, Kara; VERRMAN, John Lennert; DELWICHE, Kristen; LANNARONE, Marissa L.; MOYER, Madeleine L.; CERCY, Kelly; VOS, Theo; MURRAY, Christopher J. L.; FOROUZANFAR, Mohammad H. Physical activity and risk of breast cancer, colon cancer, diabetes, ischemic heart disease, and ischemic stroke events: Systematic review and dose-response meta-analysis for the global burden of disease study 2013. BMJ, v. 354, n. 3857, 2016. Disponível em: https://www.bmj.com/content/354/bmj.i3857. Acesso em: 12 fev. 2020.

LAURENZANO, Michele Juliana; LOCH, Mathias Roberto. Motivos referidos para o abandono de programas de exercício físico ofertados por academias privadas de Presidente Prudente, São Paulo. Arquivos de Ciências do Esporte, Cuiabá, v. 1, n. 1, p. 7-13, 2012. Disponível em: http://seer.uftm.edu.br/revistaeletronica/index.php/aces/article/viewFile/244/359. Acesso em: 12 fev. 2020.

LEE, Yunhwan; KIM, Jinhee; HAN, Eun Sook; CHAE, Songi; RYU, Mikyung; AHN, Kwang Ho; PARK, Eun Ju. Changes in physical activity and cognitive decline in older adults living in the community. Age, v. 37, n. 2, p. 20, 2015. Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC4338105/. Acesso em: 12 fev. 2020.

LEITÃO, Marcelo Bichels; LAZZOLI, José Kawazoe; OLIVEIRA, Marcos Aurélio Brazão de; NÓBREGA, Antonio Claudio Lucas da; SILVEIRA, Geraldo Gomes da; CARVALHO, Tales de; FERNANDE, Eney Oliveira; LEITE, Neiva; AYUB, Alice Volpe; MICHELS, Glaycon; DRUMMOND, Félix Albuquerque; MAGNI, João Ricardo Turra; MACEDO, Clayton; DE ROSE, Eduardo Henrique. Posicionamento Oficial da Sociedade Brasileira de Medicina do Esporte: Atividade Física e Saúde na Mulher. Revista Brasileira de Medicina do Esporte, v. 6, n. 6, p. 215-220, 2000. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/rbme/v6n6/v6n6a01.pdf. Acesso em: 12 fev. 2020.

LIZ, Carla Maria de; ANDRADE, Alexandro. Análise qualitativa dos motivos de adesão e desistência da musculação em academias. Revista Brasileira de Ciências do Esporte, v. 38, n. 3, p. 267-274, 2016. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/rbce/v38n3/0101-3289-rbce-38-03-0267.pdf. Acesso em: 12 fev. 2020.

LOPES, Marize Amorim; KRUG, Rodrigo de Rosso; BONETTI, Albertina; MAZO, Giovana Zarpello. Barreiras que influenciaram a não adoção de atividade física por longevas. Revista Brasileira de Ciências do Esporte, v. 38, n. 1, p. 76-83, 2016. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/rbce/v38n1/0101-3289-rbce-38-01-0076.pdf. Acesso em: 12 fev. 2020.

MARTIN, Corby K; CHURCH, Timothy S.; Thompson, Angela M.; EARNEST, Conrad, P. ; BLAIR, Steven N. Exercise dose and quality of life: a randomized controlled trial. Archives of International Medicine, v. 169, n. 3, p. 269-278, 2009. Disponível em: https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/19204218/ . Acesso em: 12 fev. 2020.

ORGANIZAÇÃO MUNDIAL DE SAÚDE (OMS). Atividade física. N. 385. 2014

ORNELAS, José René Blanco; VALENZUELA, Concepción Soto; HERNÁNDEZ, Zuliana Paola Benitez; FERNÁNDEZ, Fernando Mondaca; GARCÍA, Perla Jannet Jurado. Barreras para la práctica de ejercicio físico en universitarios mexicanos comparaciones por género. Retos, n. 36, p. 80-82, 2019. Disponível em: https://recyt.fecyt.es/index.php/retos/article/view/67820. Acesso em: 12 fev. 2020.

REBAR, Amanda L; STANTON, Robert; GEARD, David; SHORT, Camille; DUNCAN, Mitch J.; VANDELANOTTE, Corneel. A meta-meta-analysis of the effect of physical activity on depression and anxiety in nonclinical adult populations. Health Psychology Review, v. 9, n. 3, p. 366-378, 2015. Disponível em: https://www.tandfonline.com/doi/abs/10.1080/17437199.2015.1022901. Acesso em: 12 fev. 2020.

REICHERT, Felipe F.; BARROS, Aluísio J. D.; DOMINGUES, Marlos R.; HALLAL, Pedro C. The role of perceived personal barriers to engagement in leisure time physical activity. American Journal of Public Health, v. 97, p. 515-519, 2007. Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC1805028/. Acesso em: 12 fev. 2020.

SANTOS, Susan Cotrim; KNIJNIK, Jorge Dorfman. Motivos de adesão à prática de atividade física na vida adulta intermediária. Revista Mackenzie de Educação Física e Esporte, São Paulo, v. 5, n. 1, p. 23-34, 2006. Disponível em: http://editorarevistas.mackenzie.br/index.php/remef/article/view/1299. Acesso em: 12 fev. 2020.

TAVARES JUNIOR, Antonio Carlos; PLANCHE, Taynara Citelli. Motivos de adesão de mulheres à prática de exercícios físicos em academias. Revista Equilíbrio Corporal Saúde, v. 8, n. 1, p. 28-32, 2016. Disponível em: https://revista.pgsskroton. com/index.php/reces/article/view/4514 . Acesso em: 12 fev. 2020.

THOMAS, Jerry R.; NELSON, Jack K.; SILVERMAN, Stephen J. Métodos de pesquisa em atividade física. 6. ed. Porto Alegre: Artmed, 2012.

WALSH, Annemarie; SIMPSON, Ellen Elizabeth Anne. Health cognitions mediate physical (in)activity and walking in midlife women. Maturitas, v. 131, p. 14-20, 2020. Disponível em: https://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0378512219302051. Acesso em: 12 fev. 2020.

WEINBERG, Robert S.; GOULD, Daniel. Fundamentos da Psicologia do Esporte e do Exercício. 6. ed. Porto Alegre: Editora Artmed, 2017.

WORLD HEALTH ORGANIZATION (WHO). WHO guidelines on physical activity and sedentary behaviour: at a glance. World Health Organization, 2020.

ZANCHETTA, Luane Margarete; BARROS, Marilisa Berti de Azevedo; CÉSAR, Chester Luiz Galvão; CARANDINA, Luana; GOLDBAUM, Moisés; ALVES, Maria Cecília Goi Porto. Inatividade física e fatores associados em adultos, São Paulo, Brasil. Revista Brasileira de Epidemiologia, v. 13, n. 3, p. 387-399, 2010. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/rbepid/v13n3/en_03.pdf. Acesso em: 12 fev. 2020.

Downloads

Publicado

2021-06-10

Como Citar

CASTRO, H. de O.; CAIXETA, D. R. .; GONÇALVES, L. M. de M.; RODRIGUES, L. E. A.; SILVA, S. A. da; OLIVEIRA, V. de. Motivos que levam praticantes e não praticantes de exercício físico do Distrito Federal a não se exercitarem em academias. Conexões, Campinas, SP, v. 19, n. 1, p. e021013, 2021. DOI: 10.20396/conex.v19i1.8660345. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/conexoes/article/view/8660345. Acesso em: 17 out. 2021.

Edição

Seção

Artigo Original

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)