Banner Portal
O Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência (PIBID) na formação de professores/as de Educação Física da Universidade Federal do Pará/Campus Guamá
capa 2023 com foto das primeiras edições da revista impressas
PDF

Palavras-chave

Professores - Formação
Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência
Ginástica para todos

Como Citar

MACIAS, Céres Cemírames de Carvalho; COSTA, Mateus de Brito; MOREIRA, Fátima de Souza; FREITAS JÚNIOR, Maury Marcel Souza de; NENO , Marilia Patricia Brandão Gomes; COSTA, Maria da Conceição dos Santos. O Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência (PIBID) na formação de professores/as de Educação Física da Universidade Federal do Pará/Campus Guamá: a experiência com a Ginástica Para Todos (GPT). Conexões, Campinas, SP, v. 21, n. 00, p. e023020, 2023. DOI: 10.20396/conex.v21i00.8674299. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/conexoes/article/view/8674299. Acesso em: 26 maio. 2024.

Resumo

Introdução: Esta comunicação é derivada de um relato de experiência envolvendo o ensino da GPT materializado no subprojeto PIBID integrado“práxis educativa e cultura corporal: formação humana, trabalho docente e fortalecimento da relação Universidade-Escola Pública”. Objetivo: analisar as contribuições da prática de iniciação à docência, oferecida pelo PIBID, na formação de professores/as de EF da UFPA/Guamá. Metodologia: Para coleta de dados foram utilizados os registros em diário de campo de oito bolsistas e da professora supervisora. Resultados e discussão: A análise foi realizada a partir dos registros, estabelecendo diálogo entre as observações dos bolsistas e o referencial teórico escolhido. Conclusão: Os resultados mostraram que as contribuições da participação no PIBID incidiram principalmente no ensejo de conhecer e interferir no cotidiano escolar, de superar os desafios da docência e na assunção de uma visão mais ampliada sobre o ensino da ginástica na escola por meio da GPT e sua relação com as manifestações culturais/regionais.

https://doi.org/10.20396/conex.v21i00.8674299
PDF

Referências

ALMEIDA, Roseane Soares. A ginástica na escola e na formação de professores. Salvador. 2005. 213 f. Tese (Doutorado em Educação) - Faculdade de Educação, Universidade Federal da Bahia, Salvador, 2005.

AYOUB, Eliana. A ginástica geral e a educação física escolar. Campinas, SP: Editora da UNICAMP, 2007.

AYOUB, Eliana; GRANER, Larissa. Transformando poema em gesto, corda em estrela, conduíte em flor. In: TOLEDO, Eliana; SILVA, Paula Cristina da Costa (Orgs). Democratizando o ensino da ginástica: estudos e exemplos de sua implantação em diferentes contextos sociais. Várzea Paulista, SP: Fontoura, 2013. P. 23-48.

BRACHT, Valter. Educação física e aprendizagem social. Porto Alegre, RS: Magister, 1992.

BRASIL. Ministério da Educação. Coordenação de Aperfeiçoamento de Nível Superior. Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência - PIBID. 2023.

CASCUDO, Luís da Câmara. Dicionário do folclore brasileiro. 12. ed. São Paulo: Global, 2012.

CONCEIÇÃO, Maria; SILVA, Maria; MOTTA, Maria; SILVA, Davson; TEIXEIRA, Thelma. A Integração pluricultural na educação musical brasileira, European Review Of Artistic Studies, vol. 7, n. 3, p. 1-21, 2016. Disponível em: https://eras.mundis.pt/index.php/eras/article/view/84/89. Acesso em: 15 jul. 2023.

COLETIVO DE AUTORES. Metodologia do ensino de educação física. São Paulo: Cortez, 2012.

EAUFPA. Histórico. 2023. Disponível em: https://ea.ufpa.br/historico. Acesso em: 28 jul. 2023.

FREIRE, Paulo. Pedagogia da autonomia: saberes necessários à prática educativa. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2011.

FREIRE, Paulo; SHOR, Ira. Medo e ousadia. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2013.

FRIGOTTO, Galdêncio. Educação omnilateral. In: CALDART, Roseli Salete; PEREIRA, Isabel Brasil. ALENTEJANO, Paulo; FRIGOTTO, Galdêncio (Orgs.). Dicionário da Educação do Campo. Rio de Janeiro, São Paulo: Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio, Expressão Popular, 2012. P. 267-274.

FÁTIMA, Conceição Viana de; UGAYA, Andresa de Souza. Ginástica para todos e pluralidade cultural: movimento para criar novos pensamentos. In: Oliveira, Michelle; Toledo, Eliana. Ginástica para todos: possibilidades de formação e intervenção. Anápolis, GO: UEG, 2016. P.141-154.

GOELLNER, Silvana Vilodre. Ginástica, gênero e raça: a educação do corpo da mulher nos primórdios do século XX. In: GAIO, Roberta; ZUZZI, Renata. (Des)encontro de gêneros na ginástica: corpo, educação profissional e esporte. Curitiba, PR: Editora Bagai, 2021. P. 16-32.

GRANER, Larissa; AYOUB, Eliana. Ginástica para todos na educação física escolar: processos de criação na escola. In: Oliveira, Michelle; Toledo, Eliana. Ginástica para todos: possibilidades de formação e intervenção. Anápolis, GO: UEG, 2016. P. 97-140.

HISSA, Cássio Eduardo Viana. Entrenotas: compreensões de pesquisa. Belo Horizonte, MG: Editora UFMG, 2013.

IMBERNÓN, Francisco. Formação docente e profissional: formar-se para a mudança e a incerteza. São Paulo, Cortez Editora. 2011.

LIBÂNEO, José Carlos; OLIVEIRA, João Ferreira; TOSCHI, Mirza Seabra. Educação Escolar: Políticas, estrutura e organização. 9. ed. São Paulo: Cortez, 2021. [e-book].

LORENZINI, Ana Rita. Conteúdo e método da educação física escolar: contribuições da pedagogia histórico-crítica e da metodologia crítico-superadora no trato com a ginástica. 2013. 266 f. Tese (Doutorado em Educação) - Faculdade de Educação, Universidade Federal da Bahia, Salvador, 2013.

MACIAS, Céres Cemírames de Carvalho. Corpos em cena: o fazer pedagógico na ginástica rítmica. 2011. 210 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Instituto de Ciências da Educação, Universidade Federal do Pará, Belém, 2011.

MACIAS, Céres Cemírames de Carvalho. Entre saltos, equilíbrios e rotações: a trajetória de formação e a produção científica de professoras de ginástica do ensino superior. 2017. 228 f. Tese (Doutorado em Educação) - Instituto de Ciências da Educação, Universidade Federal do Pará, Belém, 2017.

MACHADO, Thiago da Silva; BRACHT, Valter; FARIA, Bruno de Almeida; MORAES, Claudia; ALMEIDA, Ueberson; ALMEIDA, Felipe Quintão. As práticas de desinvestimento pedagógico na educação física escolar. Movimento, [S. l.], v. 16, n. 2, p. 129–147, 2009. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/index.php/Movimento/article/view/10495/8924. Acesso em: 15 jul. 2023.

MATSUMOTO, Marina Hisa; AYOUBI, Eliana. Ginástica geral na escola: Uma proposta para todos. In: MIRANDA, Rita; EHRENBERG, Mônica Caldas; BRATIFISCHE, Sandra Aparecida. Temas emergentes em ginástica para todos. Várzea Paulista, SP: Fontoura, 2016. p. 103-122.

MOURÃO, Andressa Janaína; MOKARZEL Marisa; KLAUTAU FILHO, Mariano. Arraial do Pavulagem, Cultura e Tecnologia. In: SIMPÓSIO NACIONAL ABCiber, 9., 2016. São Paulo. Anais... São Paulo: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, 2016.

MUSSI, Ricardo Franklin de Freitas; FLORES, Fabio Fernandes; ALMEIDA, Cláudio Bispo de. Pressupostos para a elaboração de relato de experiência como conhecimento científico. Práxis Educacional. 2021.

OLIVEIRA, Marly de. Como fazer pesquisa qualitativa. 3. ed. Petrópolis, RJ: Vozes, 2010.

OLIVEIRA, Dalila Andrade; DUARTE, Adriana Maria Cancella; VIEIRA, Lívia Maria Fraga. DICIONÁRIO: trabalho, profissão e condição docente. Belo Horizonte: UFMG/Faculdade de Educação, 2010. CD-ROM.

PARAISO, Cristina Souza. O trato com o conhecimento da ginástica na escola: contribuições para uma proposta pedagógica pautada na abordagem crítico-superadora da educação física. 2015. 125 f. Tese (Doutorado em Educação). Faculdade de Educação, Universidade Federal da Bahia, Salvador, 2015.

PISTRAK, Moisey Mikhaylovich. A Escola-comuna. São Paulo: Expressão Popular, 2009

RINALDI, Ieda Parra Barbosa. A ginástica como área de conhecimento na formação profissional em educação física: encaminhamentos para uma reestruturação curricular. 2005. 220 f. Tese (Doutorado em Educação Física) Faculdade de Educação Física, Universidade Estadual de Campinas. Campinas, 2005.

SEVERINO, Antônio. Prefácio. In: LIBÂNEO, José Carlos; OLIVEIRA, João Ferreira; TOSCHI, Mirza Seabra. Educação escolar: políticas, estrutura e organização. 9ª edição. São Paulo: Cortez, 2021.

SILVA, Mauro Sérgio; BRACHT, Valter. Intervenção profissional durante a formação inicial: contradições e possibilidade das experiências docentes precoces em Educação Física. Motrivivência, v. 17, n. 25, p. 57-76, 2005.

SILVA, Marilda da. Complexidade da formação de professores: saberes teóricos e saberes práticos. São Paulo: Cultura Acadêmica. 2009.

SOARES, Carmen Lúcia. Educação física: raízes europeias e Brasil. Campinas, São Paulo: Autores Associados, 1994.

Imagens da educação no corpo: estudo a partir da ginástica francesa do no século XIX. Campinas, São Paulo: Autores Associados, 1998.

SOUZA, Elizabeth Paoliello Machado de. Ginástica geral: uma área do conhecimento da Educação Física. 1997. 163 f. Tese (Doutorado em Educação Física) - Faculdade de Educação Física, Universidade Estadual de Campinas. Campinas, 1997.

TAFFAREL, Celi Zulke; LACKS, Solange; SANTOS JÚNIOR, Cláudio de Lira. Formação de Professores de Educação Física: estratégia e táticas. Motrivivência. v. 18, n. 26, p. 89-11, junho. 2005.

TAFFAREL; Celi Zulke; ESCOBAR, Michele. A cultura corporal. In: HERMIDA, Fernando. (org). Educação Física: conhecimento e saber escolar. João Pessoa-PB: Editora Universitária da UFPB, 2009.

VELARDI, Marília. Ginástica rítmica: a necessidade de novos modelos pedagógicos. In: NISTA-PÍCCOLO, Vilma Leni (Org). Pedagogia dos esportes. Campinas, SP: Papirus, 1999.

ZYLBERBERG, Tatiane Passos. Possibilidades corporais como expressão da inteligência humana no processo de ensino-aprendizagem. 2007. 289 f. Tese (Doutorado em Educação Física) – Faculdade de Educação Física, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2007.

Creative Commons License

Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License.

Copyright (c) 2023 Conexões

Downloads

Não há dados estatísticos.