Banner Portal
Prevalência de incontinência urinária em mulheres praticantes de Crossfit®
Capa 2024 com foto das primeiras edições da revista
PDF

Palavras-chave

Incontinência urinária por estresse
Treinamento físico
Mulheres

Como Citar

SIQUEIRA, Vinicius da Silva; RODRIGUES, Isabella Martins; SARRO, Karine Jacon. Prevalência de incontinência urinária em mulheres praticantes de Crossfit®: revisão sistemática. Conexões, Campinas, SP, v. 22, n. 00, p. e024005, 2024. DOI: 10.20396/conex.v22i00.8674678. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/conexoes/article/view/8674678. Acesso em: 13 jul. 2024.

Resumo

Introdução: A prática de atividades físicas de alto impacto e alta intensidade é um dos fatores relacionados à incontinência urinária (IU) em mulheres. Objetivo: Esta revisão sistemática teve como objetivo verificar a prevalência de IU em mulheres praticantes de Crossfit®. Metodologia: Foram incluídos estudos observacionais publicados nas bases de dados Scielo, PubMed, Embase e Scopus, utilizando os termos de busca "distúrbios do assoalho pélvico", "incontinência urinária", "CrossFit®" e "assoalho pélvico", nas línguas portuguesa e inglesa. Resultados: Após triagem seguindo o protocolo PRISMA, foram incluídos 7 artigos. Os resultados encontrados indicaram uma média na prevalência de 36%, sendo considerada significativa em mulheres praticantes de CrossFit®, e a prevalência de incontinência urinária de esforço (IUE) sendo maior em comparação com outros grupos. Além disso, foi observado que as mulheres com maior volume de treinamento são as mais afetadas por essa condição. Conclusão: Com base nos achados desta revisão, pode-se concluir que o CrossFit® é um fator agravante para a ocorrência de IU e IUE, com uma prevalência consideravelmente alta na população feminina praticante. Portanto, os profissionais de Educação Física devem estar preparados para lidar com esta situação, desde a prescrição de exercícios preventivos até a orientação correta e encaminhamento da praticante para os profissionais adequados quando necessário.

https://doi.org/10.20396/conex.v22i00.8674678
PDF

Referências

ABRAMS, Paul; CARDOSO, Linda; FALL, Magnus; GRIFFITHS, Derek; ROSIER, Peter; ULMSTEN, Ulf; VAN KERREBROECK, Philip; VICTOR, Arne; WEIN, Alan. The standardisation of terminology in lower urinary tract function: report from the standardisation sub-committee of the International Continence Society. Urology, v. 61, n. 1, p. 37–49, 2003. Disponível em: https://doi.org/10.1016/S0090-4295(02)02243-4. Acesso em: 26 ago. 2023.

ALMEIDA, Priscila Pereira; MACHADO, Livia Raquel Gomes. A prevalência de incontinência urinária em mulheres praticantes de jump. Fisioterapia em Movimento, v. 25, n. 1, p. 55–65, 2012. Disponível em: https://doi.org/10.1590/S0103-51502012000100006. Acesso em: 26 ago. 2023.

ALVES, Jessica Oliveira; LUZ, Soraia Tonon da; BRANDÃO, Sofia; LUZ, Clarissa Medeiros da; JORGE, Renato Natal; ROZA, Thuane da. Urinary Incontinence in Physically Active Young Women: Prevalence and Related Factors. International Journal of Sports Medicine, v. 38, n. 12, p. 937–941, 2017. Disponível em: https://doi.org/10.1055/s-0043-115736. Acesso em: 26 ago. 2023.

ARAÚJO, Maíta Poli de; OLIVEIRA, Emerson de; ZUCCHI, Eliana V. Monteiro; TREVISANI, Virginia Fernandes Moça; GIRÃO; Manoel João Batista Castello; SARTORI, Marair Gracio Ferreira. Relação entre incontinência urinária em mulheres atletas corredoras de longa distância e distúrbio alimentar. Revista da Associação Médica Brasileira, v. 54, n. 2, p. 146–149, 2008. Disponível em: https://doi.org/10.1590/S0104-42302008000200018. Acesso em: 26 ago. 2023.

ARAUJO, Maíta Poli de; PARMIGIANO, Tathiana; NEGRA, Laura Grechi Della; TORELLI, Luiza; CARVALHO, Camila Garcia de; WO, liris; MANITO, Aline Cristina Arrifano; GIRÃO; Manoel João Batista Castello; SARTORI, Marair Gracio Ferreira. Avaliação do assoalho pélvico de atletas: existe relação com a incontinência urinária? Revista Brasileira de Medicina do Esporte, v. 21, n. 6, p. 442–446, 2015. Disponível em: https://doi.org/10.1590/1517-869220152106140065. Acesso em: 26 ago. 2023.

BØ, Kari; MØRKVED, Siv; FRAWLEY, Helena; SHERBURN, Margaret. Evidence for benefit of transversus abdominis training alone or incombination with pelvic floor muscle training to treat female urinary incontinence: Asystematic review. Neurourology and Urodynamics, v. 28, n. 5, p. 368–373, 2009. Disponível em: https://onlinelibrary.wiley.com/doi/10.1002/nau.20700. Acesso em: 26 ago. 2023.

BØ, Kari; SUNDGOT-BORGEN. Are former female elite athletes more likely to experience urinary incontinence later in life than non-athletes? Scandinavian Journal of Medicine & Science in Sports, v. 20, n. 1, p. 100–104, 2010. Disponível em: https://onlinelibrary.wiley.com/doi/10.1111/j.1600-0838.2008.00871.x. Acesso em: 26 ago. 2023.

CAETANO, Aletha Silva; TAVARES, Maria da Consolação Gomes Cunha Fernandes; LOPES, Maria Helena Baena de Moraes. Incontinência urinária e a prática de atividades físicas. Revista Brasileira de Medicina do Esporte, v.13, n. 4, p. 270–274, 2007. Disponível em: https://www.scielo.br/j/rbme/a/99869n8hHmzgdB4sK59RWFd#. Acesso em: 26 ago. 2023.

CHEN, Jiawei; PENG, Liao; XIANG, Liyuan; LI, Boya; SHEN, Hong; LUO, Deyi. Association between body mass index, trunk and total body fat percentage with urinary incontinence in adult US population. International Urogynecology Journal, v. 34, p. 1075-1082, 2022. Disponível em: https://link.springer.com/article/10.1007/s00192-022-05317-z. Acesso em: 26 ago. 2023.

ELKS, Withney; JARAMILLO-HUFF, Ashley; BARNES, K. Lauren; PETERSEN, Timothy R; KOMESU, Yuko M. The Stress Urinary Incontinence in CrossFit (SUCCeSS) Study. Female Pelvic Medicine & Reconstructive Surgery, v. 26, n. 2, p. 101–106, 2020. Disponível em: https://doi.org/10.1097/spv.0000000000000815. Acesso em: 26 ago. 2023.

GARCIA-PERDOMO, Herney Andres; BAYONA, Antonio José Uribe; SEGURA, Bryan David Zamora. High-Impact Exercises Associated with an Increased Risk of Stress Urinary Incontinence: Systematic Review and Meta-Analysis. Sports Medicine Rehabilitation, v. 10, p. 206-2015, 2022. Disponível em: https://link.springer.com/article/10.1007/s40141-022-00360-9. Acesso em: 26 ago. 2023.

HERZOG, Raúl; ÁLVAREZ-PASQUIN, Maria José; DÍAZ, Camino; DEL BARRIO, José Luis; ESTRADA, José Manoel; GIL, Ángel. Are healthcare workers’ intentions to vaccinate related to their knowledge, beliefs and attitudes? a systematic review. BMC Public Health, v. 13, n. 154, 2013. Disponível em: http://www.biomedcentral.com/1471-2458/13/154. Acesso em: 26 ago. 2023.

HIGH, Rachel; THAI, Kim; VIRANI, Hina; KUEHL, Thomas; DAFORD, Jill. Prevalence of Pelvic Floor Disorders in Female CrossFit Athletes. Female Pelvic Medicine & Reconstructive Surgery, v. 26, n. 8, p. 498–502, 2019. Disponível em: https://doi.org/10.1097/spv.0000000000000776. Acesso em: 26 ago. 2023.

LOPES, Erion; APOLINÁRIO, Amanda; BARBOSA, Leila; MORETTI, Eduarda. Frequência de incontinência urinária em mulheres praticantes de crossfit: um estudo transversal. Fisioterapia e Pesquisa, v. 27, n. 3, p. 287–292, 2020. Disponível em: https://doi.org/10.1590/1809-2950/19028227032020. Acesso em: 26 ago. 2023.

MACHADO, Lisandra da Silva; CERENTINI, Taís Marques; LAGANÀ, Antonio Simone; ROSA, Patrícia Viana da; FICHERA, Michele; ROSA, Luís Henrique Telles da. Pelvic floor evaluation in CrossFit® athletes and urinary incontinence: a cross-sectional observational study. Women & Health, v. 61, n. 5, p. 490–499, 2021. Disponível em: https://doi.org/10.1080/03630242.2021.1927288. Acesso em: 26 ago. 2023.

NYGAARD, Ingrid E.; THOMPSON, Faye L.; SVENGALIS, Sarah L.; ALBRIGHT, John P. Urinary incontinence in elite nulliparous athletes. Obstetrics and gynecology, v. 84, n. 2, 1994. Disponível em: https://journals.lww.com/greenjournal/abstract/1994/08000/urinary_incontinence_in_elite_nulliparous_athletes.5.aspx. Acesso em: 26 ago. 2023.

OLIVEIRA, Layla Guimarães Paixão; OLIVEIRA, Anderson Guimarães de; SOUZA, Gilberto de; RESENDE, Marcio Antonio. Incontinência urinária: a atuação do profissional de enfermagem. Revista Eletrônica Acervo Saúde, n. 18, p. e118, 2018. Disponível em: https://doi.org/10.25248/reas.e118.2019. Acesso em: 26 ago. 2023.

PEREIRA, Elizabete de Souza; FERREIRA, Ana Paula de Lima; ALMEIDA, Milene de Oliveira; BARBOSA, Cinthia Silva; MONTEIRO, Gleyce de Melo Falcão; BARBOSA, Leila; LEMOS, Andrea. Prevalence and factors associated with urinary incontinence in female crossfitters: A cross‐sectional study. LUTS: Lower Urinary Tract Symptoms, v. 14, n. 4, p. 281–288, 2022. Disponível em: https://doi.org/10.1111/luts.12437. Acesso em: 26 ago. 2023.

PISANI, Giulia Keppe; SATO, Tatiana de Oliveira; CARVALHO, Cristiano. Pelvic floor dysfunctions and associated factors in female CrossFit practitioners: a cross-sectional study. International Urogynecology Journal, v. 32, n. 11, p. 2975–2984, 2020. Disponível em: https://doi.org/10.1007/s00192-020-04581-1. Acesso em: 26 ago. 2023.

POŚWIATA, Anna; SOCHA, Teresa; OPARA, Józef. Prevalence of Stress Urinary Incontinence in Elite Female Endurance Athletes. Journal of Human Kinetics, v. 44, n. 1, p. 91–96, 2014. Disponível em: https://doi.org/10.2478%2Fhukin-2014-0114. Acesso em: 26 ago. 2023.

SUBAK, Leslee L; WING, Rena; WEST, Delia Smith; FRANKLIN, Frank; VITTINGHOFF, Eric; CRESMAN, Jeniffer M; RICHTER, Holly E; MYERS, Deborah; BURGIO, Kathryn; GORIN, Amy A; MACER, Judith; KUSEK, John W; GRADU, Deborah. Weight Loss to Treat Urinary Incontinence in Overweight and Obese Women. New England Journal of Medicine, v. 360, n. 5, p. 481–490, 2009. Disponível em: https://doi.org/10.1056/nejmoa0806375. Acesso em: 26 ago. 2023.

WIKANDER, Lolita; KIRSHBAUM, Marilynne N; GAHREMAN, Daniel E.Urinary Incontinence and Women CrossFit Competitor. International Journal of Women’s Health, v. 12, p. 1189–1195, 2020. Disponível em: https://doi.org/10.2147%2FIJWH.S278222. Acesso em: 26 ago. 2023.

Creative Commons License

Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License.

Copyright (c) 2024 Conexões

Downloads

Não há dados estatísticos.