Banner Portal
Teoria da Autodeterminação e Paixão para o esporte
capa 2023 com foto das primeiras edições da revista impressas
PDF

Palavras-chave

Psicologia do Esporte
Psicologia Positiva
Motivação
Exercício físico

Como Citar

MARIUZZO, Maria Clara; GODOI, Rosane Camila; FERNANDES, Paula Teixeira. Teoria da Autodeterminação e Paixão para o esporte: revisão narrativa. Conexões, Campinas, SP, v. 21, n. 00, p. e023042, 2024. DOI: 10.20396/conex.v21i00.8675195. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/conexoes/article/view/8675195. Acesso em: 21 abr. 2024.

Dados de financiamento

Resumo

Objetivo: Definir conceitos, analisar e relacionar artigos sobre a Paixão e a Teoria da Autodeterminação (TAD) - como componentes da Psicologia Positiva - no esporte. Método: Foram coletados artigos utilizando a base de dados “Periódicos Capes”, além de materiais de posse das próprias autoras, como textos e livros, que incluíam uma ou mais das seguintes temáticas: Teoria da Autodeterminação e/ou Motivação, Paixão, Esporte e Atividade Física. Resultados e discussão: Foram incluídos 2 livros, 2 capítulos de livros, 19 artigos e uma dissertação de Mestrado, que atendiam o critério das autoras de contribuir na conceituação de terminologias e na integração das áreas pesquisadas. Com a leitura dos textos, foi possível discutir, analisar e relacionar a teoria da autodeterminação, a motivação e a paixão no contexto esportivo. Apesar de ter sido possível a construção de vínculos entre a Psicologia Positiva e a Psicologia do Esporte, evidenciam-se limitações nesta área de estudos devido à escassa bibliografia existente. Conclusão: A paixão para o esporte, como variável psicológica, foi definida pela Teoria da Autodeterminação como elemento de caráter motivacional intrínseco. Sendo a inclinação que um indivíduo tem por determinada atividade esportiva, na qual despende tempo de dedicação, a paixão tem função identitária e, por isso, é capaz de diferenciar praticantes esportivos em gênero, experiência e nível competitivo. O caráter da paixão, harmoniosa ou obsessiva, refere-se a como uma atividade esportiva é internalizada, de forma que, mesmo sendo um elemento de interesse dos indivíduos, pode contribuir tanto de forma positiva, como negativa. Após uma conceituação detalhada e a consideração dos artigos que interligam as temáticas da Psicologia com os esportes, concluímos que os conceitos da Psicologia Positiva se constituem como bases para a compreensão dos aspectos psicológicos de praticantes de atividades físicas, visto que estes são ambientes de estimulação mental e emocional.

https://doi.org/10.20396/conex.v21i00.8675195
PDF

Referências

DECI, Edward L.; RYAN, Richard M. Intrinsic Motivation and selfdetermination in human behavior. New York: Plenum, 1985.

DECI, Edward L.; RYAN, Richard M. The “what” and “why” of goal pursuits: Human needs and the self-determination of behavior. Psychological Inquiry, 11, 227-268, 2000. Disponível em: https://doi.org/10.1207/S15327965PLI1104_01. Acesso em: 30 nov. 2023. 30 nov. 2023.

DO CARMO, Vinicius Pinheiro Lima; SILVA, Tiago Nascimento; FARIA, Jaqueline Gazque; LIMA, Aline Mendes de; RIBAS, Marcelen Lopes; XAVIER, Caroline Carneiro; FIORESE, Lenamar; CONTREIRA, Andressa Ribeiro. Paixão e dependência do exercício em atletas de fisiculturismo. Caderno de Educação Física e Esporte, v. 19, n. 2, p. 41-48, 2021. Disponível em: https://doi.org/10.36453/cefe.2021.n2.25811. Acesso em: 30 nov. 2023. 30 nov. 2023.

FIGUEREDO, Walisson Felipe Rodrigues; XAVIER, Caroline Carneiro; RIBAS, Marcelen Lopes; LIMA, Aline Mendes de; FIORESE, Lenamar; CONTREIRA, Andressa Ribeiro Contreira. Avaliação da autoestima e da paixão por musculação em universitários frequentadores de academia. Caderno de Educação Física e Esporte, v. 19, n. 2, p. 77-83, 2021. Disponível em: https://doi.org/10.36453/cefe.2021.n2.25807. Acesso em: 30 nov. 2023. 30 nov. 2023.

GALATTI, Larissa Rafaela; PAES, Roberto Rodrigues; COLLET, Carine; SEOANE, Antonio Montero. Esporte contemporâneo: perspectivas para compreensão do fenômeno. Corpoconsciência, v. 22, n. 03, p. 115-127, set./ dez., 2018. Disponível em: https://periodicoscientificos.ufmt.br/ojs/index.php/corpoconsciencia/article/view/6444. Acesso em: 30 nov. 2023.

GOMES, Simone Salvador; MIRANDA, Renato; BARA-FILHO, Maurício Gattás; BRANDÃO, Maria Regina Ferreira. O fluxo no voleibol: relação com a motivação, autoeficácia, habilidade percebida e orientação às metas. Revista da Educação física/UEM, v. 23, p. 379-387, 2012.

GUERRERO, Kaio Borges; AMARO, Alexandre Slowetzky; FERNANDES, Paula Teixeira. Motivação pelas lentes de uma perspectiva multifatorial. Revista Brasileira de Psicologia do Esporte, v. 12, n. 1, 2022. Disponível em: https://doi.org/10.31501/rbpe.v12i1.13478. Acesso em: 30 nov. 2023.

HEFFERON, Kate; MUTRIE, Nanette. Physical activity as a “stellar” positive psychology intervention. In: ACEVEDO, Edward O. (Ed). Oxford handbook of exercise psychology. Oxford Library of Psychology, Oxford Academic, 2012. p. 117-128.

MORAIS, Carlos Henrique Prado Coelho; CONTREIRA, Andressa Ribeiro; MUCIO, Isabela Martins; AIZAVA, Paulo Vitor Suto; FIORESE, Lenamar; AMORIM, Adolpho Cardoso. Ansiedade pré-competitiva e paixão em atletas de futsal paranaense. Revista Brasileira de Psicologia do Esporte, v. 10, n. 3, 2020. Disponível em: https://portalrevistas.ucb.br/index.php/RBPE/article/view/11939/7220. Acesso em: 30 nov. 2023.

OLIVEIRA, Igor Fabricio dos Santos; MOREIRA, Caio Rosas; CARUZZO, Nayara Malheiros; FREIRE, Gabriel Lucas Morais; NASCIMENTO-JUNIOR, José Roberto Andrade do; FIORESE, Lenamar. Necessidades Psicológicas Básicas e paixão em atletas brasileiros universitários de vôlei de praia. Psicologia e Saúde em debate, v. 7, n. 2, p. 12-27, 2021. Disponível em: https://doi.org/10.22289/2446-922X.V7N2A2. Acesso em: 30 nov. 2023.

PALMA, Bartira Pereira; PEIXOTO, Evandro Morais. Paixão pelo esporte e exercício físico: aplicações teóricas e empíricas do modelo dualístico da paixão. In: DE CÁSSIA NAKANO, Tatiana; PEIXOTO, Evandro Morais. Psicologia positiva aplicada ao esporte e ao exercício físico. São Paulo: Vetor Editora, 2020.

PEIXOTO, Evandro Morais; VIANA-MEIRELES, Livia Gomes; CAMPOS, Carolina Rosa; OLIVEIRA, Leonardo Pestillo; PALMA, Bartira Pereira. Indicadores de motivação e paixão para prática esportiva em atletas brasileiros: um estudo sob a ótica da autodeterminação. Psicologia Revista, v. 27, p. 563–589, 2019. Disponível em: https://doi.org/10.23925/2594-3871.2018v27i3p563-589. Acesso em: 30 nov. 2023.

PEIXOTO, Evandro Morais. Exercício Físico: compreendendo as razões para prática e seus desfechos psicológicos positivos. Avaliaçao Psicologica: Interamerican Journal of Psychological Assessment, v. 20, n. 1, p. 52-60, 2021. Disponível em: http://dx.doi.org/10.15689/ap.2021.2001.18940.06. Acesso em: 30 nov. 2023.

PEIXOTO, Evandro Morais; SANTOS, Simone; ROMANO, Amanda; PALMA, Bartira. Traços de personalidade, paixão e autoeficácia: um estudo correlacional com universitários brasileiros. Psicologia, Saúde & Doenças, v. 22, n. 1, p. 128-141, 2021. Disponível em: http://dx.doi.org/10.15309/21psd220112. Acesso em: 30 nov. 2023.

PEIXOTO, Evandro Morais; PALMA, Bartira Pereira; CAMPOS, Carolina Rosa; OLIVEIRA, Karina da Silva; OLIVEIRA, Leonardo Pestillo, BALBINOTTI, Marcos Alencar Abaide. Motivação, paixão e mindfulness: um estudo correlacional sobre engajamento no esporte. Pensar a Prática, v. 25, 2022. Disponível em: https://doi.org/10.5216/rpp.v25.70574. Acesso em: 30 nov. 2023.

SANCHES, Simone Meyer. Um olhar positivo sobre a psicologia do esporte: contribuições da psicologia positiva. Revista brasileira de psicologia do esporte, v. 2, n. 2, 2008.

SEIPPEL, Ørnulf. The meanings of sport: Fun, health, beauty or community?. Sport in Society, v. 9, n. 1, p. 51-70, 2006.

SELIGMAN, Martin E. P. Authentic happiness: Using the new positive psychology to realize your potential for lasting fulfillment. Simon and Schuster, 2002.

SENA-JUNIOR, Antônio Walter; COIMBRA, Danilo Reis; OLIVEIRA, Helder Zimmermann de; MIRANDA, Renato. A motivação autodeterminada em corredores recreacionais: uma abordagem quanti-qualitativa. Caderno de Educação Física e Esporte, v. 17, n. 2, p. 29-36, 2019. Disponível em: https://doi.org/10.36453/2318-5104.2019.v17.n2.p29. Acesso em: 30 nov. 2023.

SILVA, Sebastião Ribeiro; CHIMINAZZO, João Guilherme Cren; FERNANDES, Paula Teixeira. Motivação na educação física escolar: Teoria da Autoderminação. Caderno de Educação Física e Esporte, Marechal Cândido Rondon, v. 19, n. 1, p. 11–17, 2021. Disponível em: https://doi.org/10.36453/cefe.2021191.a25985. Acesso em: 30 nov. 2023.

VALLERAND, Robert J.; MAGEAU, Geneviève A.; RATELLE; Catherine; BLANCHARD, Céline; KOESTNER, Richard; GAGNÉ, Marylène. Les passions de l'ame: on obsessive and harmonious passion. Journal of Personality and Social Psychology, v. 85, n. 4, p. 756-767, 2003. Disponível em: https://doi.org/10.1037/0022-3514.85.4.756. Acesso em: 30 nov. 2023.

VALLERAND, Robert J.; ROUSSEAU, François L.; GROUZET, Frédérick M. E.; DUMAIS, Alexandre; GRENIER, Simon; BLANCHARD, Celine M. Passion in sport: A look at determinants and affective experiences. Journal of Sport and Exercise Psychology, v. 28, n. 4, p. 454-478, 2006. Disponível em: https://psycnet.apa.org/doi/10.1123/jsep.28.4.454. Acesso em: 30 nov. 2023.

VALLERAND, Robert J. The role of passion in sustainable psychological well-being. Psychology of well-Being: Theory, research and practice, v. 2, n. 1, p. 1-21, 2012. Disponível em: https://psywb.springeropen.com/articles/10.1186/2211-1522-2-1. Acesso em: 30 nov. 2023.

WEINBERG, Robert S.; GOULD, Daniel. Fundamentos da psicologia do esporte e do exercício. Porto Alegre: Artmed editora, 2016.

Creative Commons License

Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License.

Copyright (c) 2023 Conexões

Downloads

Não há dados estatísticos.