Pistrak e Marx: os fundamentos da educação russa

Autores

  • Carlos Lucena Universidade Federal de Uberlândia
  • Robson Luiz de França Universidade Federal de Uberlândia
  • Fabiane Santana Previtali Universidade Federal de Uberlândia
  • Antônio Bosco de Lima Universidade Federal de Uberlândia
  • Adriana Omena Universidade Federal de Uberlândia

DOI:

https://doi.org/10.20396/rho.v11i41e.8639909

Palavras-chave:

M. M. Pistrak. Educação Russa. Karl Marx. Socialismo. Trabalho

Resumo

Este artigo analisa o pensamento educacional de M. M. Pistrak (1888-1937) no início do século XX na Rússia. Demonstra o contexto da instauração da revolução bolchevique, os elevados índices de analfabetismo e miséria, debatendo a necessidade de reconstrução russa a partir de bases econômicas, políticas e sociais antagônicas ao capitalismo em sua fase monopolista. A apropriação dos resultados do trabalho concreto e abstrato pelo conjunto da sociedade é entendida como primordial para a construção de uma sociedade superior. É nesse sentido que demonstramos a influência de pressupostos epistemológicos marxianos na obra de Pistrak, apontando a revolução enquanto um processo educativo e emancipatório da humanidade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Carlos Lucena, Universidade Federal de Uberlândia

Professor do Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal de Uberlândia. Integrante da Linha de Pesquisa Trabalho, Sociedade e Educação. Bolsista de Produtividade do CNPQ.

Robson Luiz de França, Universidade Federal de Uberlândia

Professor do Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal de Uberlândia. Integrante da Linha de Pesquisa Trabalho, Sociedade e Educação. Pesquisador do CNPQ.

Fabiane Santana Previtali, Universidade Federal de Uberlândia

Professora do Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal de Uberlândia. Integrante da Linha de Pesquisa Trabalho, Sociedade e Educação.Pesquisador da Fapemig.

Antônio Bosco de Lima, Universidade Federal de Uberlândia

Professor do Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal de Uberlândia. Integrante da Linha de Pesquisa Trabalho, Sociedade e Educação.

Adriana Omena, Universidade Federal de Uberlândia

Professora do Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal de Uberlândia. Integrante da Linha de Pesquisa Trabalho, Sociedade e Educação.

Referências

BRAVERMAM, H. Trabalho e Capitalismo Monopolista. Rio de Janeiro: Zahar, 1980. 379p.

DANGEVILLE, ROGER. Introdução e notas. In MARX, K; ENGELS, F. Crítica da educação e do ensino. Lisboa: Moraes, 1978.

ENGELS, F. Anti-During, 2001. http://www.pstu.org.br/biblioteca/engels_antiduhring.pdf acesso dia 10/05/2007 às 18:00 horas.

ENGELS, F. A dialética da natureza. São Paulo: Paz e Terra, 1991.

FREITAS, L. C. A luta por uma pedagogia do meio: revisando o conceito. In Pistrak. M. M. A escola comuna.SP: Expressão Popular, 2009.

JESUS, Antônio Tavares de. O Pensamento e a Prática Escolar de Gramsci. Campinas, São Paulo: Autores Associados, 1998. 129p.

LUCENA, Carlos. Marxismo, crise do capitalismo monopolista e qualificação dos trabalhadores. In Lombardi, J. C.; Saviani Dermeval (orgs). Marxismo e Educação: debates contemporâneos. Campinas, SP: Autores Associados, 2005.

MANACORDA, M. A. Marx y la pedagogía moderna. Barcelona, Espanha : Oikos-tau Ediciones, 1979.

MARX, K. Grundisse. In MARX K. Obras Completas: conseqüências sociais do avanço tecnológico. SP: Edições Populares, 1980.

MARX, K. O Capital – crítica de la economia política. México: Fondo de Cultura Econômica, 1966.

MARX, K. O Capital: crítica da economia política. Livro 1o, Volume I, tradução Regis Barbosa e Flávio R. Kothe. - 2. ed - São Paulo: Ed. Nova Cultural, 1985.

MARX, K. O Capital: crítica da economia política. Livro 1o, Volume II, tradução Regis Barbosa e Flávio R. Kothe. - 3. ed. - São Paulo: Ed. Nova Cultural, 1988.

MARX, K. O Capital: crítica da economia política. Livro 2o, Volume III, tradução Reginaldo Sant’ Anna - 3. ed. - São Paulo: Ed. Nova Cultural, 1984.

MARX, K. O Capital: crítica da economia política. Livro 3o , Volume VI, tradução Reginaldo Sant’ Anna - 3. ed. - São Paulo: Ed. Nova Cultural. 1984.

MARX, K. (s/d) Capítulo VI inédito de O Capital. SP: Moraes.

MARX, K. Elementos fundamentais para la crítica de la economia política. Grundisse. Argentina: Siglo XXI Argentina Editores, 1973.

MARX, K. Miséria de la filosofia: respuesta a la filosofia de la miséria de P. – J. Proudhon. México: Siglo Veintiuno Editores, 1987.

MARX, K. (2006) Sobre o suicidio. SP: Boitempo Editorial.

MARX, K, ENGELS, F. A ideologia alemã. SP: Editora Moraes, 1977.

MARX, K, ENGELS, F. . Crítica da educação e do ensino. Moraes Editores, 1978.

MARX, K, ENGELS, F. . Manifesto Comunista. SP: Boitempo Editorial, 1998.

PISTRAK, M. Fundamentos da escola do trabalho. SP: Expressão Popular, 2000.

SANTOS, Francisca dos. Educação, Trabalho, Cidadania e Qualidade Social. Revista Trabalho e Educação. Belo Horizonte : no 1, 1997. p. 48-55.

SOUZA JÚNIOR, Hormindo P. Educação, Trabalho, Cidadania e Qualidade Social. Revista Trabalho e Educação. Belo Horizonte : no 1, 1997

Downloads

Como Citar

LUCENA, C.; FRANÇA, R. L. de; PREVITALI, F. S.; LIMA, A. B. de; OMENA, A. Pistrak e Marx: os fundamentos da educação russa. Revista HISTEDBR On-line, Campinas, SP, v. 11, n. 41e, p. 271–282, 2012. DOI: 10.20396/rho.v11i41e.8639909. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/histedbr/article/view/8639909. Acesso em: 30 nov. 2021.

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 > >>