Relações entre o estudo e o trabalho em cuba: um modelo permeado por manifestações do marxismo-leninismo e do ideário de Martí

Autores

  • Maria do Carmo Luiz Caldas Leite UNISANTOS

DOI:

https://doi.org/10.20396/rho.v11i41e.8639910

Palavras-chave:

Educação em Cuba. Trabalho e Educação. Formação de Professores

Resumo

O artigo está vinculado à pesquisa realizada em Cuba, no período de 2001 a 2009, que procurou investigar as relações entre trabalho e educação no Sistema Nacional de Ensino cubano. O que se busca é discutir a percepção formativa de unidade entre o caráter laboral e a escola, dentro de uma concepção marxista permeada pelo ideário pedagógico de José Martí, envolvendo os vários subsistemas da Educação, dentre eles a Formação e o Aperfeiçoamento do Pessoal Pedagógico, com base nas experiências acumuladas em Cuba, desde 1959. O recorte prioriza a análise da conjuntura relacionada à aplicabilidade dos princípios de estudo e trabalho, que exercem significativa influência na educação dentro das transformações em curso nos centros escolares da Ilha, a partir do início do novo milênio. Para tal, destacam-se os trabalhos de Castellanos Simons (2001) e Rojas Arce (2005), fundamentais no embasamento desta investigação.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Maria do Carmo Luiz Caldas Leite, UNISANTOS

Professora de Física da UNISANTOS, mestre em Educação.

Referências

ALARCÓN DE QUESADA, Ricardo. La Universalización de la universidad por un mundo mejor. In: ENCUENTRO DE EDUCACIÓN SUPERIOR. Habana, 2006.

CASTELLANOS SIMONS, Doris. Aprender en la escuela: una concepción desarrolladora. Habana: ISP “Enrique Varona”, 2001.

CASTRO RUZ, Fidel. Por el camino correcto. Habana: Política, 1989.

CASTRO RUZ, Fidel. Discurso pronunciado por el Presidente de Cuba Fidel Castro Ruz. In: ACTO DE GRADUACIÓN DE LA ESB EXPERIMENTAL J. MARTÍ, 23 jul.2005. Tabloide Granma, n.6, 2005.

CEREZAL MESQUITA, Julio. El Carácter laboral y politécnico de la enseñanza en la secundaria básica. In: GARCÍA RAMIS, Lisardo Propuesta curricular para la ESB actual. Habana: Pueblo y Educación, 2004. p.75-87.

CUBA (República de). Ministerio de Educación. Informe 2005. Disponível em: http://www.rimed.cu/pedagogicos.asp#. Acesso em: 12 set. 2005

CUBA (República de). Proyecto de escuela secundaria básica. Habana, vers. 7 abril 2003.

FREITAS, Luiz Carlos de. Neotecnicismo e formação do educador. In: ALVES, Nilda (org.) Formação de professores: pensar e fazer. São Paulo: Cortez, 2004.

KOHAN, Nestor. La Vitalidad del pensamiento radical latinoamericano. In: HART DÁVALOS, Armando. Marx, Engels y la condición humana. Habana: Ciencias Sociales, 2005a. p.11-29.

GÓMEZ GUTIÉRREZ, Luis. “Cuba: una revolución en la educación”. In: PEDAGOGÍA 2005. Encuentro por la unidad de los educadores. Habana, 2005.

MACHADO, Lucília R. de Souza. Socialismo, trabalho e educação: o trabalho como princípio educativo em Cuba. B. Horizonte: 1991. Tese (livre-doc.) Universidade Federal de Minas Gerais.

MANACORDA, Mário A. Marx e a pedagogia moderna. São Paulo: Cortez, 1991.

MANACORDA, Mário A. O Princípio educativo em Gramsci. Porto Alegre: Artes Médicas, 1990.

MARTÍ, José. Obras completas. La Habana: Ciencias Sociales, 1975.

PÉREZ LEMUS, Leonardo. Educación laboral y siglo XXI. Revista Educación. Habana: Segunda Época, n.103, p.30-34, mayo-ago. 2001.

ROJAS ARCE, Carlos. La Experiencia cubana en la realización del cambio educativo en la secundaria básica. In: PEDAGOGÍA 2005. Resumen. Habana, 2005.

RUIZ AGUILERA, Ariel. Teoría y práctica curricular. Habana: Pueblo y Educación, 2003.

VALLE LIMA, Alberto et al. La Transformación educativa: consideraciones. Habana: Pueblo y Educación, 2003.

UNESCO. Educación para todos, el imperativo de la calidad: informe da la EPT en el mundo. Paris: Organización de las Naciones Unidas, 2005. Disponível em: http://portal.unesco.org/education/es/ev.php. Acesso em: 20 maio 2010.

Downloads

Como Citar

LEITE, M. do C. L. C. Relações entre o estudo e o trabalho em cuba: um modelo permeado por manifestações do marxismo-leninismo e do ideário de Martí. Revista HISTEDBR On-line, Campinas, SP, v. 11, n. 41e, p. 283–294, 2012. DOI: 10.20396/rho.v11i41e.8639910. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/histedbr/article/view/8639910. Acesso em: 25 jan. 2022.

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)