Banner Portal
Armanda Álvaro Alberto: escola nova e repressão política nos anos 1930
PDF

Palavras-chave

Escola Nova. Armanda Álvaro Alberto. Repressão Política

Como Citar

MORAES, José Damiro de. Armanda Álvaro Alberto: escola nova e repressão política nos anos 1930. Revista HISTEDBR On-line, Campinas, SP, v. 13, n. 53, p. 183–195, 2014. DOI: 10.20396/rho.v13i53.8640200. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/histedbr/article/view/8640200. Acesso em: 16 abr. 2024.

Resumo

A trajetória da signatária do Manifesto dos Pioneiros de 1932, Armanda Álvaro Alberto revela sua atuação no campo educacional e político dos anos 1930. Poucos estudos têm relacionado o escolanovismo com os conturbados anos 1930 e a repressão política. Ao criar a Escola Regional em Meriti, Armanda Álvaro Alberto iniciou um projeto inovador no campo educacional no Brasil. Entretanto, ao ampliar sua participação no meio político em defesa dos direitos das mulheres entrou em choque com o governo Vargas resultando em sua prisão. O estudo e análise dos documentos seguiram uma perspectiva dialética considerando questões sócio-políticas do período. O artigo procura mostrar a relação de Armanda Álberto Alberto como os embates ideológicos do período e sua coerência em acreditar em uma nova sociedade com uma educação que atendesse as camadas populares.

https://doi.org/10.20396/rho.v13i53.8640200
PDF

Referências

ALBERTO, Armanda Álvaro. A cultura popular na Escola Regional de Meriti. Mimeo. 1932B.

ALBERTO, Armanda Álvaro. A escola regional de Meriti. Rio de Janeiro: INEP-MEC, 1968.

ALBERTO, Armanda Álvaro. Como iniciei a Escola Regional na Ponta da cidade em Angra dos Reis – continuada em Merity. Mimeo. 1932A.

ALIANÇA NACIONAL LIBERTADORA. Estatuto. 1935. Rio de Janeiro, 21 de março de 1935.

ALMEIDA, Julia Lopes. Um maço de cartas. In: ALBERTO, Armanda Álvaro. A escola regional de Meriti. Rio de Janeiro: INEP-MEC, 1968.

AZEVEDO, Fernando de. A cultura Brasileira. 6a ed. Rio de Janeiro: Editora UFRJ: Editora UnB, 1996.

BRASIL. Decreto no 229. 11 de julho de 1935.

BRASIL. Decreto no 246. 19 de julho de 1935.

BRASIL. Lei no 38, Lei de Segurança Nacional. 4 de abril de 1935.

DOSSIÊ 5 – UFB. Setor Comunismo. Delegacia Especial de Segurança Política e Social (DESPS). S/D.

JEAN, Yvonne. Inovações admiráveis. In: ALBERTO, Armanda Álvaro. A escola regional de Meriti. Rio de Janeiro: INEP-MEC, 1968.

KELLER, Vilma. Vicente Rao. Verbete In: ABREU, A. A., BELOCH, I.; LATTMAN-WELTMAN, F.; LAMARÃO, S. T. N. (Coord.). Dicionário Histórico Biográfico Brasileiro pós 1930. Rio de Janeiro: Editora FGV, 2001. 5 vol.

LOURENÇO FILHO, Manuel Bergström. Introdução ao estudo da escola nova. 12a ed. São Paulo: Melhoramentos; Rio de Janeiro: Fundação nacional de material escolar, 1978.

MENDONÇA, Edgar Süssekind de. A Escola Regional de Meriti (realizações e projetos). In: ALBERTO, Armanda Álvaro. A escola regional de Meriti. Rio de Janeiro: INEP-MEC, 1968.

MIGNOT, A. C. V. Baú de memórias, bastidores de histórias: o legado de Armanda Álvaro Alberto. Bragança Paulista, SP: EDUSF, 2002.

OSÓRIO, Beatriz. Escola Regional de Merity. Monografia. Mimeo. Rio e Janeiro, 1944.

RELATÓRIO Sobre Atividades Comunistas n° 1 [muito reservado]. Setor Comunismo. Delegacia Especial de Segurança Política e Social (DESPS). 5 de julho de 1944.

UNIÃO FEMININA DO BRASIL. Manifesto Programa. 1935.

VENÂNCIO FILHO, Alberto (org). Francisco Venâncio Filho: um educador brasileiro. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1994.

VENÂNCIO FILHO, Alberto. Francisco Venâncio Filho e o movimento euclidiano. Rio de Janeiro, 1989.

VIANNA, Marly (org). Pão, terra e liberdade: memória do movimento comunista de 1935. Rio de Janeiro: Arquivo Nacional; São Carlos: UFSCar, 1995.

Revista HISTEDBR On-line utiliza a licença do Creative Commons (CC), preservando assim, a integridade dos artigos em ambiente de acesso aberto.

Downloads

Não há dados estatísticos.