A trajetória intelectual de Roque Spencer Maciel de Barros

Autores

  • Paulino José Orso UNIOESTE

DOI:

https://doi.org/10.20396/rho.v13i53.8640207

Palavras-chave:

Educação. Liberalismo. Reforma universitária

Resumo

Neste artigo, apresentamos a trajetória de Roque Spencer Maciel de Barros, um intelectual convictamente liberal, que dedicou praticamente toda sua vida, quer seja como docente da USP ou como editorialista do Jornal O Estadão, à defesa incondicional do liberalismo, entendendo-o como expressão da “boa sociedade”. Com a mesma intensidade com que defendia o liberalismo, também combatia aquilo que denominava de totalitarismo. Enquanto docente, participou ativamente da Campanha em defesa da escola pública, ajudou a criar a faculdade de educação e não deixou apenas sua marca como professor e Chefe de Departamento da Universidade de São Paulo. Também ocupou diversos cargos e participou da Reestruturação desta instituição. Além disso, foi nomeado pessoalmente pelo Presidente Costa e Silva para integrar o grupo da Reforma Universitária, no qual atuou procurando “recolocar a universidade nos trilhos”, em sintonia com os ideais liberais preconizados pelos seus idealizadores. Em síntese, apresentamos um autor que defende a teoria liberal, posiciona-se em defesa da escola pública no final dos anos 1950 e início dos anos 1960, mas alia-se ao governo militar na Reforma Universitária e na reestruturação da USP, bem presta apoio à ditadura de Pinochet.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Paulino José Orso, UNIOESTE

Doutor em História e Filosofia da Educação pela Unicamp, docente do Curso de Pedagogia e do Mestrado em Educação da Unioeste, Campus de Cascavel e líder do Grupo de Pesquisa em História, Sociedade e Educação no Brasil – GT da Região Oeste do Paraná – HISTEDOPR.

Referências

AZANHA, José Mário Pires. Roque Spencer Maciel de Barros: defensor da escola pública. In: Revista da Faculdade de Educação da USP. Educação e Pesquisa. São Paulo: Vol. 25, no 1, jan./Jun. 1999.

BARROS, Benedicto Ferri de. Meu amigo Roque. Centro de Documentação e Informação-CDI-O ESP - O Estado de S. Paulo. Registro de Falecimento. 10/05/1999.

BARROS, Roque S. M. de. A ‘Ilustração’ brasileira revisitada. In: BARROS, Roque S. M. de. Estudos Brasileiros. Londrina: UEL, 1997.

BARROS, Roque S. M. de. A Evolução do Pensamento de Pereira Barreto. São Paulo: Grijalbo, 1967.

BARROS, Roque S. M. de. Conduta animal e Conduta Humana: amestramento e educação. In: BARROS, Roque S. M. de. Razão e Racionalidade. São Paulo: T. A. Queiroz, Editor, 1993.

BARROS, Roque S. M. de. Obras Filosóficas de Luiz Pereira Barreto. São Paulo: Grijalbo, 1967, Vol. 1.

BARROS, Roque S. M. de. de. Recordações de Heráclito. In: BARROS, Roque S. M. de. Razão e Racionalidade. São Paulo: T. A. Queiroz, Editor, 1993.

BARROS, Roque S. M. de. Os poetas de Orlândia. O Estado de S. Paulo. 03/04/84.

BARROS, Roque S. M. de. Introdução à Filosofia Liberal. São Paulo: Grijalbo-Edusp, 1971.

BRITO, Paulo. O professor que conseguiu unir todas as tendências da USP. Jornal da Tarde. 03/03/80.

BUFFA, Ester e NOSELLA, Paolo. A educação negada. São Paulo: Cortez, 1986, p. 50.

CAPELATO, Maria Helena & PRADO, Maria Lígia. O bravo matutino. Imprensa e ideologia: o jornal O Estado de S. Paulo. São Paulo: Alfa-Omega, 1980.

CARDOSO, Fernando Henrique. Memórias da Maria Antônia. In: SANTOS, Maria Cecília Loschiavos dos. Maria Antônia: uma rua na contramão. São Paulo: Nobel, 1988.

FERNANDES, Florestan. A Contestação Necessária: retratos intelectuais de inconformistas e revolucionários. São Paulo: Ática, 1985.

GADOTTI, Moacir. História das Ideias Pedagógicas. São Paulo: Ática, 1986.

MONARCHA, Carlos (Org.). História da Educação Brasileira: Formação do Campo. Ijuí: Unijuí, 1998.

MOTA, Carlos Guilherme & CAPELATO, Maria Helena. História da Folha de São Paulo: 1921-1981.

NAGLE, Jorge. A trajetória da pesquisa em história da Educação no Brasil. In:

MONARCHA, Carlos (Org.). História da Educação Brasileira. Ijuí – RS: Unijuí, 1999.

PAIM, Antônio. Apresentação. In: BARROS, Roque S. M. de. A Ilustração Brasileira e a Ideia de Universidade. São Paulo: Convívio: Editora da USP, 1986.

PAIM, Antônio. História das Ideias Filosóficas no Brasil. 3a edição, São Paulo: Convívio, 1984.

REALE, Miguel. Memórias. São Paulo: Saraiva, 1987, p. 220. Vol. II.

REALE, Miguel. Minhas memórias da USP. In: Revista Estudos Avançados. Vol. 8 – no 22, setembro / dezembro, 1994.

SEVERINO, Antônio Joaquim. A Filosofia Contemporânea no Brasil: conhecimento, política e educação. Petrópolis, Rio de Janeiro: Vozes, 1999.

Downloads

Como Citar

ORSO, P. J. A trajetória intelectual de Roque Spencer Maciel de Barros. Revista HISTEDBR On-line, Campinas, SP, v. 13, n. 53, p. 318–330, 2014. DOI: 10.20396/rho.v13i53.8640207. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/histedbr/article/view/8640207. Acesso em: 18 ago. 2022.

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 > >>