Helena Antipoff e o desenvolvimento da educação especial no Brasil (1929-1961)

Autores

  • Heulalia Charalo Rafante UFSCar
  • Roseli Esquerdo Lopes UFSCar

DOI:

https://doi.org/10.20396/rho.v13i53.8640208

Palavras-chave:

Helena Antipoff. Educação Especial. Excepcionais

Resumo

Trata-se de uma pesquisa histórica, baseada em fontes documentais e pesquisa bibliográfica, que analisa o desenvolvimento da Educação Especial no Brasil (1929-1961). Tem como referência a trajetória da educadora Helena Antipoff, seus princípios teóricos e metodológicos, as motivações para sua vinda ao país, sua atuação no ensino brasileiro, que levou à criação da Sociedade Pestalozzi (1932), assim como as ações que empreendeu na área da educação especializada até a década de 1960. O resultado da pesquisa evidenciou a importante participação de Antipoff no desenvolvimento da Educação Especial brasileira. O recorte temporal se justifica pela chegada de Antipoff ao país (1929) e a inserção da Educação Especial na primeira Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (Lei 4024/61).

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Heulalia Charalo Rafante, UFSCar

Historiadora, doutora em Educação, Professora Adjunta da UFSCar.

Roseli Esquerdo Lopes, UFSCar

Doutora em Educação, Professora Titular da UFSCar.

Referências

ALVIM, C. F. Introdução ao estudo da deficiência mental. Belo Horizonte: Editora Itatiaia, 1958. 212p.

ANTIPOFF, D. Helena Antipoff: sua vida, sua obra. Rio de Janeiro: Livraria José Olympio Editora, 1975. 199p.

ANTIPOFF, H. O escotismo: perspectivas. Revista do Ensino, 77, 1932c, 09-23.

ANTIPOFF, H. Ofício encaminhado a Francisco Campos. Datilografado. Centro de Documentação da Fundação Helena Antipoff, 1959, 01p.

ANTIPOFF, H. (1992a). O nível mental das crianças russas nas escolas infantis. CDPHA. Coletânea de obras escritas de Helena Antipoff – Psicologia Experimental. Belo Horizonte: Imprensa Oficial de Minas, 1924 – 1992a. v. 1, pp. 9-10.

ANTIPOFF, H. A Experimentação Natural: método psicológico de A. Lazoursky. CDPHA. Coletânea de obras escritas de Helena Antipoff – Psicologia Experimental. Belo Horizonte: Imprensa Oficial de Minas, 1927 – 1992b. 1v. p. 29-41.

ANTIPOFF, H. Testes coletivos de inteligência global. CDPHA. Coletânea de obras escritas de Helena Antipoff – Psicologia Experimental. Belo Horizonte: Imprensa Oficial de Minas, 1928-1992c. 1v., pp. 43-50.

ANTIPOFF, H. O desenvolvimento mental das crianças de Belo Horizonte. CDPHA. Coletânea de obras escritas de Helena Antipoff – Psicologia Experimental. Belo Horizonte: Imprensa Oficial de Minas, 1931-1992d. 1v. pp. 73-129.

ANTIPOFF, H. A Pedagogia nas Classes Especiais C. D. CDPHA. Coletânea de Obras Escritas de Helena Antipoff – Psicologia Experimental. Belo Horizonte: Imprensa Oficial de Minas. 1932-1992e. 1v. pp. 158-168.

ANTIPOFF, H. Experimentação natural I. CDPHA. Coletânea de obras escritas de Helena Antipoff – Educação do Excepcional. Belo Horizonte: Imprensa Oficial de Minas, 1950-1992f . v. 3, pp. 161-168.

ANTIPOFF, H. Experimentação natural II Coletânea de obras escritas de Helena Antipoff – Educação do Excepcional. Belo Horizonte: Imprensa Oficial de Minas,1950-1992g. v. 3, pp. 169-174.

ANTIPOFF, H.; Rezende, N. Ortopedia mental nas classes especiais. Belo Horizonte: Secretaria de Educação do Estado de Minas Gerais. 1934, 107p.

ANTUNES. M. A. M. A Psicologia no Brasil: leitura histórica sobre sua constituição. 4. ed. São Paulo: Unimarco Editora / Educ, 2005, 134p.

BOMENY, H. Educação e desenvolvimento: o debate dos anos 50. Disponível em http://cpdoc.fgv.br/producao/dossies/JK/artigos/Educacao/Anos1950. Acesso em 13 de janeiro de 2013.

BRASIL/MEC. Plano Nacional de Educação. Brasília, 1962. 85p.

BRASIL/MEC. Lei de Diretrizes e Bases da Educação. Brasília, 1961. Disponível em http://www.histedbr.fae.unicamp.br/navegando/fontes_escritas/6_Nacional_Desenvolvimento/ldb%20lei%20no%204.024,%20de%2020%20de%20dezembro%20de%201961.htm. Acesso em 02 de fevereiro de 2013.

BRASIL/MEC. Substitutivo ao projeto No 2.222/A 1957. Fixa as Diretrizes e Bases da Educação. Diário da Câmara dos Deputados, 29/11/1958, p. 7622 – 7624. http://imagem.camara.gov.br/dc_20b.asp?selCodColecaoCsv=D&Datain=29/11/1958

BRASIL/MEC. Projeto No 2.222/A 1957. Fixa as Diretrizes e Bases da Educação. Rio de Janeiro: Diário da Câmara dos Deputados. 12/02/1957 p. 02 – 06 . Disponível em http://imagem.camara.gov.br/dc_20.asp?selCodColecaoCsv=D&Datain=12/2/1957&txpagina=478&altura=700&largura=800&txSuplemento=1 Acesso em 10 de janeiro 2013

BRASIL/ Ministério da Educação e Saúde. Projeto de Lei - Fixa as Diretrizes e Bases da Educação Nacional – primeiro ante-projeto apresentado à Câmara dos Deputados. Rio de Janeiro: Diário da Câmara dos Deputados. 28/10/1948. p. 11618 – 11.622. Disponível em http://imagem.camara.gov.br/dc_20b.asp?selCodColecaoCsv=D&Datain=13/11/1948 Acesso em 10 de janeiro 2013.

BRASIL. Constituição dos Estados Unidos do Brasil (de 18 de setembro de 1946). Disponível em http://www.planalto.gov.br/ccivil/Constituicao/Constitui%C3%A7ao37.htm Consultado em 10 de outubro de 2012.

BUENO, J. G. S. Educação Especial Brasileira: integração/segregação do aluno diferente. 2. ed.São Paulo: Educ, 2004. 187p.

CAMPOS, R. H. F. Helena Antipoff. Recife: Fundação Joaquim Nabuco, 2010a.

CAMPOS, R. H. F. Helena Antipoff (1892-1974) e a perspectiva sociocultural em psicologia e educação. Tese de Concurso para Professor Titular, Faculdade de Educação, UFMG, Belo Horizonte, 2010b.

CAMPOS, R. H. F. Helena Antipoff: textos escolhidos. São Paulo: Casa do Psicólogo, 2002. p. 12 – 36.

CARNEIRO, H. D. Curso de Orientação Psico-Pedagógica 15-01-45 a 31-01-45. Boletim da Sociedade Pestalozzi do Brasil. Rio de Janeiro, ano 7, n. 24, p. 124 – 128, 1951.

CLAPARÈDE, E. A Escola sob medida e estudos complementares sobre Claparède e sua doutrina. Rio de Janeiro: Editora Fundo de Cultura, 1953.

COSTA, F. Ofício encaminhado pelo Dr. Flamamarion Costa ao Diretor Geral do Departamento Nacional da Criança, propondo a renovação de contrato da Professora Helena Antipoff. CDPHA Boletim n° 2, p. 69 -72, 1982.

GRAMSCI, A. Caderno 12: apresentação, comentários e revisão da tradução Paolo Nosella. Reunião Anual da ANPED, 12, 1989. São Paulo: Faculdade de Educação USP. 101p.

LEMOS, E. R. A educação de excepcionais: evolução histórica e desenvolvimento no Brasil. 1981. 197p. Tese (Livre-Docência). UFF, Niterói, 1981.

LESSA, G. Prefácio. Infância Excepcional: relatórios da Sociedade Pestalozzi de Belo Horizonte. Rio de Janeiro: Imprensa Nacional, 1944. p. 03-09.

LOURENÇO FILHO, M. B. A psicologia no Brasil. In: ANTUNES, M. A. M. História da Psicologia no Brasil: primeiros ensaios. Rio de Janeiro: EdUERJ, 2004. p. 71-108.

MANIFESTO DOS PIONEIROS DA EDUCAÇÃO NOVA. Revista Histedbr online. Campinas, n. especial. p. 188-204. 1932 - ago 2006. Disponível em http://www.histedbr.fae.unicamp.br/doc1_22e.pdf. Acesso em 03 feveiro de 2010.

MARTINS, M. J. J. Do Estado do Rio de Janeiro: Sociedade Pestalozzi Fluminense. Boletim da Sociedade Pestalozzi do Brasil. Rio de Janeiro, p. 36-37, jul/dez. 1948.

MAZZOTTA, M. J. S. Educação Especial no Brasil: História e Políticas Públicas. 5. ed. São Paulo: Cortez, 2005, 208p.

NAGLE, J. A educação na primeira república. FAUSTO, B. (Dir.). História geral da civilização brasileira. O Brasil Republicano. Sociedade e Instituições (1889-1930). Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, t. III, v. 9, 1991.

NETTO, A. Código de menores: doutrina, legislação e jurisprudência. 2. ed. Rio de Janeiro: Livraria Editora Freitas Bastos, 1941. 261p.

PEIXOTO, A. M. C. A reforma educacional Francisco Campos: Minas Gerais – Governo Presidente Antônio Carlos. 1981. Dissertação (Mestrado em Educação) – Faculdade de Educação (UFMG), Belo Horizonte.

RAFANTE, H. Formação dos profissionais para a educação dos excepcionais brasileiros (1930-1960). In: I Colóquio Educação Especial e Pesquisa, 2013, Canela-RGS.

RAFANTE, H. C.; LOPES, R. E. A Escola Nova e a constituição da demanda pela educação dos. In: IV Congresso Brasileiro de Educação Especial, 2010, São Carlos.

RAFANTE, H. C.; LOPES, R. E. . Helena Antipoff e a Educação Especial no Brasil: os Seminários sobre a Infância Excepcional promovidos pelas Sociedades Pestalozzi na década de 1950. In: VI Congresso Brasileiro de História da Educação, 2011, Vitória.

RAFANTE, H. C.; LOPES, R. E. . Helena Antipoff, seus pressupostos teórico-metodológicos e suas ações na educação dos excepcionais no Brasil. Memorandum (Belo Horizonte), v. 20, p. 01-27, 2011.

RAFANTE, H. C.; LOPES, R. E. . Helena Antipoff e a educação dos excepcionais: uma análise do trabalho como princípio educativo. Revista HISTEDBR On-line, v. 33, p. 1-24, 2009.

ROMANELLI, O. O. História da Educação no Brasil (1930-1973). 36a ed. Petrópolis: Vozes, 2010. 279p.

SAVIANI, D. História das Idéias Pedagógicas no Brasil. Campinas: Autores Associados, 2007. p. 187-275.

SAVIANI, D. A nova lei da educação: trajetória, limites e perspectivas. 7a ed. Campinas: Autores Associados, 2001. 242p.

SILVA JUNIOR, M. Gustavo Lessa: grande vida-exemplo. Rio de Janeiro: FGV/UFRJ, 1973. 173p.

Downloads

Como Citar

RAFANTE, H. C.; LOPES, R. E. Helena Antipoff e o desenvolvimento da educação especial no Brasil (1929-1961). Revista HISTEDBR On-line, Campinas, SP, v. 13, n. 53, p. 331–356, 2014. DOI: 10.20396/rho.v13i53.8640208. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/histedbr/article/view/8640208. Acesso em: 26 jun. 2022.

Edição

Seção

Artigos