Banner Portal
Educação, desenvolvimento e planejamento no ideário do intelectual catarinense Sílvio Coelho dos Santos
PDF

Palavras-chave

Educação. Desenvolvimento. Planejamento

Como Citar

MELO, M. M. R. de; DAROS, M. das D. Educação, desenvolvimento e planejamento no ideário do intelectual catarinense Sílvio Coelho dos Santos. Revista HISTEDBR On-line, Campinas, SP, v. 13, n. 53, p. 357–379, 2014. DOI: 10.20396/rho.v13i53.8640209. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/histedbr/article/view/8640209. Acesso em: 30 nov. 2023.

Resumo

Este escrito evoca um momento particular no tempo e no espaço, ou seja, a historiografia da educação catarinense na década de 1960, por meio da abordagem de produções científicas do intelectual Sílvio Coelho dos Santos, durante sua permanência na direção do Centro de Estudos e Pesquisas Educacionais (Cepe). O Cepe foi uma instituição que desenvolveu pesquisas em educação e nela Santos atuou como diretor e pesquisador, contribuindo significativamente para a configuração do campo educacional catarinense, por meio de suas produções sobre o tema educação e desenvolvimento. Este texto objetiva dar visibilidade às ideias de educação, desenvolvimento e planejamento a partir das concepções de Sílvio Coelho dos Santos, dentro do projeto de modernização inscrito para a educação no período em questão, por meio de um plano de desenvolvimento mais amplo, o Plano de Metas do Governo (Plameg). Evidenciamos que Santos por meio de suas produções sobre a educação supriu uma lacuna existente acerca do “olhar” para a educação catarinense de um modo científico.

https://doi.org/10.20396/rho.v13i53.8640209
PDF

Referências

AGUIAR, Letícia Carneiro. O curso de Pedagogia em Santa Catarina: A história da sua criação no contexto do projeto desenvolvimentista da década de 1960. Tese de Doutorado. Programa de Pós-Graduação em Educação. Universidade Federal de Santa Catarina. Florianópolis, 2006.

BARREIRA, Luiz Carlos. Anísio Teixeira e a doutrina do nacional-desenvolvimentismo. In: Anísio Teixeira: a obra de uma vida. Carlos Monarca (org) Rio de Janeiro, DP&A, 2001.

BLANCO, Alejandro. Ciências sociais no Cone Sul e a gênese de uma elite intelectual (1940-1965). Tradução de Luiz Carlos Jackson. Tempo Social – Revista de Sociologia da USP, v. 19, n. 1, jun. 2007.

DIAS dos SANTOS, Marcílio Dias dos. Nova direção no CEPE. In: FAED/UDESC/CEPE. Boletim do CEPE, n o 26, setembro/outubro, 1970.

FORQUIN, Jean-Claude. Sociologia das desigualdades de acesso à educação: principais orientações, principais resultados desde 1965. In: FORQUIN, Jean-Claude (org). Sociologia da educação: 10 anos de pesquisa. Petrópolis: Vozes, 1995.

FREITAS, Marcos Cezar de. (org) A pesquisa educacional como questão intelectual na história da educação brasileira (Breves anotações para uma hipótese de trabalho). In: Memória intelectual da educação brasileira. Bragança Paulista: Editora da Universidade São Francisco/EDUSF, 2001.

FREITAS, Marcos Cezar de. Pensamento social, ciência e imagens do Brasil: tradições revisitadas pelos educadores brasileiros. Revista Brasileira de Educação. No 15, p. 41-61, set/out/nov/dez 2000.

GOUVEIA, Aparecida Joly. As ciências sociais e a pesquisa sobre educação. In: Tempo Social. Revista de Sociologia da USP. São Paulo, v1, no1, jan/jul, 1989. p. 71-79.

GUERRA, Rogério F. In: Revista de Ciências Humanas (Temas de Nosso Século)/Universidade Federal de Santa Catarina. Centro de Ciencias Humanas. V 39, (abril, 2006). Florianópolis: Editora da UFSC, 2006.

LUGLI, Rosário S. Genta. O trabalho docente no Brasil. O discurso dos Centros Regionais de Pesquisa Educacional e das entidades representantes do magistério (1950-1971). Tese de Doutorado. Universidade de São Paulo, março, 2002.

MANNHEIM, Karl. O homem e a sociedade. Zahar Editores. Rio de Janeiro, 1962.

MARTINS, Luciano. A gênese de uma intelligentsia: os intelectuais e a política no Brasil de 1920 a 1940. In: Revista Brasileira de Ciências Sociais (4) vol.2, junho 1987.

MELO, Marilândes Mól Ribeiro de. Sílvio Ceolho dos Santos – um intelectual moderno no Centro de Estudos e Pesquisas Educacionais (CEPE) - SC: (1960/1970). 2008. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Federal de Santa Catarina, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Maria das Dores Daros.

PÉCAUT, Daniel. Os intelectuais e a política no Brasil. Entre o povo e a nação. Série Temas, V.16 Sociologia e Politia. Ed. Ática: São Paulo, 1990.

RAMOS, Celso. Nos 25 anos da UDESC. In: Idealização e construção da história: UDESC 1965-1990. Florianópolis, UDESC, 1990.

RAMOS, Celso. Arquivo Público do Estado de Santa Catarina. Festa dos professores, no Vale do Itajaí, item 3, p.20-23. Discursos de Celso Ramos, Governador do Estado. cdt. Encadernado com (G. d. 1963/64) S. cx.

SANTOS, Sílvio Coelho dos. Educação e Desenvolvimento em Santa Catarina. Florianópolis- SC. Editora da UFSC, 1968.

SANTOS, Sílvio Coelho dos. Um esquema para a educação em Santa Catarina. EDEME - Editora Empreendimentos Educacionais Ltda. Florianópolis-SC, 1970.

SANTOS, Sílvio Coelho dos. Homenagem pelos 100 anos de nascimento. In: Oswaldo Rodrigues Cabral. Sílvio Coelho dos Santos (ORG). Florianópolis: IHGSC, 2005.

SCHULTZ, Theodore W. O Capital Humano. Investimentos em educação e pesquisa. 2. ed. Biblioteca das ciências sociais. Zahar Editores, 1973.

TEIVE, Gladys Mary; DALLABRIDA, Norberto. A faculdade de educação nos anos 60: releitura da “idade de ouro”. In: PerCursos: Revista do Núcleo de Estudos em Políticas Públicas da UDESC. Florianópolis, v.4, no 1, p. 91-106, outubro, 2003.

UDESC/FAED/CEPE. Mensário Informativo do Cepe, no 7, 1967.

UDESC/FAED/CEPE. Mensário Informativo do CEPE, no 14, 1968.

UDESC/FAED/CEPE. Mensário Informativo do Cepe, no 16, agosto, 1968.

VALE, Ione Ribeiro. Burocratização da educação; um estudo sobre o Conselho Estadual de Educação do Estado de Santa Catarina. Florianópolis: Editora da UFSC, 1996.

VIEIRA, Carlos Eduardo. O Discurso da Modernidade na I Conferência Nacional de Educação (Curitiba–1927). In: Anais do II Congresso Brasileiro de História da Educação, Curitiba-PR, 2002.

WILLENS, Emílio. Assimilação e educação. In: Revista Brasileira de Estudos Pedagógicos. Rio de Janeiro, no4, v.8, maio, 1945. p. 173-181.

XAVIER, Libânia Nacif. O Brasil como laboratório – educação e ciências sociais no projeto do Centro Brasileiro de Pesquisas Educacionais. Bragança Paulista: IFAN/CDAPH/EDUSF, 1999.

Revista HISTEDBR On-line utiliza a licença do Creative Commons (CC), preservando assim, a integridade dos artigos em ambiente de acesso aberto.

Downloads

Não há dados estatísticos.