Banner Portal
O ensino de sociologia e a pedagogia histórico-crítica: uma análise dos fundamentos teórico-metodológicos das propostas atuais
PDF

Palavras-chave

Ensino de Sociologia. Ensino Médio. Pedagogia Histórico-Crítica. Propostas curriculares. Livros didáticos de Sociologia

Como Citar

SOUZA, Davisson Cangussu de. O ensino de sociologia e a pedagogia histórico-crítica: uma análise dos fundamentos teórico-metodológicos das propostas atuais. Revista HISTEDBR On-line, Campinas, SP, v. 13, n. 51, p. 122–138, 2013. DOI: 10.20396/rho.v13i51.8640268. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/histedbr/article/view/8640268. Acesso em: 12 jul. 2024.

Resumo

O artigo tem o objetivo de contribuir para o debate sobre o ensino de Sociologia, explicitando os fundamentos teórico-metodológicos presentes nas principais propostas curriculares. Para tanto, faz uma análise dos documentos oficiais e de alguns livros didáticos da disciplina, apresentando uma crítica à abordagem predominante que parte dos conceitos de estranhamento e desnaturalização, e ao procedimento que reproduz a discussão acadêmica baseada na diversidade teórica de seus autores. Com base na Pedagogia Histórico-Crítica, busca problematizar as propostas existentes, apontando alguns pressupostos epistemológicos, sociológicos e pedagógicos que poderiam contribuir para superar algumas dificuldades e dilemas que vêm sendo apontadas pela bibliografia nas práticas de ensino da disciplina.

https://doi.org/10.20396/rho.v13i51.8640268
PDF

Referências

BERGER, P.; LUCKMANN, T. A construção social da realidade. Rio de Janeiro: Vozes, 1973.

BOMENY, H.; MEDEIROS, B. F. Tempos modernos, tempos de Sociologia. São Paulo: Editora do Brasil, 2010.

BRASIL. Ministério da Educação. “Conhecimentos de Sociologia”. (p. 101-133). In: Orientações Curriculares Nacionais. (Vol. 3, Ciências Humanas e suas Tecnologias). Brasília: Ministério da Educação, Secretaria de Educação Básica, 2006.

BRASIL. Ministério da Educação. “Conhecimentos de Sociologia, Antropologia e Política”. In: Parâmetros Curriculares Nacionais (Ensino Médio). Parte IV: Ciências Humanas e suas Tecnologias. Brasília: Ministério da Educação, Secretaria de Educação Básica, p. 36-43, 1998.

CASÃO, C. D. C. e QUINTEIRO, C. T. Pensando a Sociologia no ensino médio através dos PCNEM e das OCNEM. Mediações, Londrina, v. 12, pp. 225-238, 2007.

COHN, G. “Introdução”. In: Weber – Sociologia. 2a ed. (Coleção Grandes Cientistas Sociais). São Paulo: Editora Ática, 1982.

DUARTE, N. “Conhecimento Tácito e Conhecimento Escolar na Formação do Professor (Porque Donald Schön não entendeu Luria)”. Educação e Sociedade, Campinas, vol. 24, n. 83, p. 601-625, 2003.

FREITAG, B. Escola, Estado e Sociedade. São Paulo: Edart, 1978.

FARIA, Ana Lúcia G. Ideologia e livro didático. São Paulo: Cortez Editora; Autores Associados, 1984.

GRAMSCI, A. Os intelectuais e a organização da cultura. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira 1968.

GRAMSCI, A. Concepção dialética da história. 2a ed. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1978.

HANDFAS, A.; TEIXEIRA, R. C. “A prática de ensino como rito de passagem e o ensino de Sociologia nas escolas de nível médio”. Mediações, Londrina, v.12, n.1, p. 131-142, jan./jun, 2007.

JINKINGS, I. Ensino de sociologia: particularidades e desafios contemporâneos. Mediações, Londrina, v.12, n.1, p. 113-130, jan./jun, 2007.

LÊNIN, V. I. Que fazer? São Paulo: Hucitec, 1978.

LÖWY, M. Ideologias e ciência social: elementos para uma análise marxista. São Paulo: Cortez, 1985.

MARX, K. Contribuição para a crítica da economia política. Lisboa: Editorial Estampa, 1974.

MARX, K. O Capital. São Paulo: Abril Cultural, 1982.

MARX, K. Teses sobre Feuerbach. Em: Marx, K; Engels, F. A ideologia alemã. 10a. Ed, São Paulo: Editora Hucitec, 1996.

MILLS, C. W. Sobre o artesanato intelectual e outros ensaios. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Editores, 2009.

SAVIANI, D. A pedagogia no Brasil: história e teoria. Campinas: Autores Associados, 2008a.

SAVIANI, D. Escola e democracia, 41a ed. Campinas: Autores Associados, 2009.

SAVIANI, D. Pedagogia histórico-crítica: primeiras aproximações (10a ed. revista e ampliada). Campinas: Autores Associados, 2008b.

SCALCON, S. G. À procura da unidade psicopedagógica: articulando a psicologia histórico-cultural com a pedagogia histórico-crítica. Campinas: Autores Associados, 2002.

SEE/SP. Sociologia - Caderno do Professor – 1a série, v. 1. São Paulo: Secretaria da Educação do Estado de São Paulo (SEE-SP), 2009a.

SEE/SP. Proposta Curricular do Estado de São Paulo para a disciplina de Sociologia. São Paulo: Secretaria da Educação do Estado de São Paulo (SEE-SP), 2009b.

SNYDERS, G. Escola, classe e luta de classes. Lisboa (Portugal): Moraes Editores, 1977.

TOMAZI, N. D. Sociologia para o ensino médio. São Paulo: Editora Saraiva, 2011

VIGOTSKI, L. S. A formação social da mente. 6a Ed. São Paulo: Martins Fontes, 1998a.

VIGOTSKI, L. S. Pensamento e linguagem. 2a Ed. São Paulo: Martins Fontes, 1998b.

WEBER, M. “A ciência como vocação”. In: WEBER, M. Ciência e política: duas vocações (pp. 15-52). São Paulo: Editora Cultrix, 1967.

Revista HISTEDBR On-line utiliza a licença do Creative Commons (CC), preservando assim, a integridade dos artigos em ambiente de acesso aberto.

Downloads

Não há dados estatísticos.