Deveriam os cortadores de cana-de-açúcar se qualificar? Modificações e permanências no trabalho agroindustrial no triângulo mineiro

  • Sérgio Paulo Morais Universidade Federal de Uberlândia
  • Denise Nunes De Sordi Universidade Federal de Uberlândia
Palavras-chave: Trabalhadores. Cana-de-açúcar. Qualificação. Movimento sócio-espacial. Mecanização

Resumo

O artigo aborda problemáticas referentes à qualificação de trabalhadores das lavourassucroalcooleiras em contraponto com mudanças e transformações no trabalho agrícola,Tem por objetivo propor alguns caminhos para lidar com a temática, ao abordar aspectosconjunturais e as experiências vividas pelos sujeitos. O procedimento de investigação foimediado por fontes oficiais, jornais de circulação regional e nacional e entrevistasrealizadas com trabalhadores.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Sérgio Paulo Morais, Universidade Federal de Uberlândia

Doutor em História Social, professor associado da Universidade Federal de Uberlândia. Atua nos programas de graduação e pós-graduação em História, Linha Trabalho e Movimentos Sociais. Membro do Núcleo de Pesquisa e Estudos em História, Trabalho e Cidade – NUPEHCIT e Grupo de Pesquisa Trabalho, Educação e Sociedade - GEPTE

Denise Nunes De Sordi, Universidade Federal de Uberlândia

Mestranda do Programa de pós-graduação em História da Universidade Federal de Uberlândia, Linha Trabalho e Movimentos Sociais.

Referências

ALMEIDA, Paulo Roberto de; MORAIS, Sérgio Paulo. Em movimento: trabalho em canaviais e trajetórias de trabalhadores no Triângulo Mineiro nas últimas décadas. Revista Mundos do Trabalho, v.4, 2012, pp. 146-162

ALMEIDA, Paulo Roberto de; MORAIS, Sérgio Paulo; BARBOSA, Tulio. Histórias, memórias e cidadania: notas de pesquisa sobre os fluxos migratórios de trabalhadores para o Triângulo Mineiro. In: BOSI, A. P.; VARUSSA, R. J.. (Org.). Trabalho e Trabalhadores na contemporaneidade: diálogos historiográficos. 1ed.Cacavel: Edunioeste, v.1, 2011, pp. 143-166.

ALMEIDA, Paulo Roberto de; MORAIS, Sérgio Paulo; RESENDE, Renata. Entrevista com Eurípedes Batista Ferreira Presidente do Sindicato de Trabalhadores Rurais e Agricultores Familiares de Centralina e Araporã. Revista Historia & Perspectivas (UFU), v. 41, 2009, pp. 213-227.

ALVES, Francisco. Por que morrem os cortadores de cana? Revista Saúde e Sociedade. v.15, n.3, set.-dez. 2006, pp. 90-98.

CLIVONEI, R. Programas de formação CAPACITAM E TRANSFORMAM VIDAS na agroindústria do açúcar e etanol. In: IDEA News. ANO 11- N°123, janeiro de 2011, pp. 8-9.

ENGELS, Friedrich. Carta de Friedrich Engels a Bloch, 21-22 set. 1890. In: MARX, Karl; ENGELS, Friedrich. Obras Escolhidas. São Paulo: Alfa-Ômega, v. 3. 1986.

FRIGOTTO, Gaudêncio; CIAVATTA, Maria. Educar o trabalhador cidadão produtivo ou o ser humano emancipado?. Trab. educ. saúde [online]. vol.1, n.1, 2003, pp. 45-60.

GENTILI, Pablo. Neoliberalismo e educação: manual do usuário. In: SILVA, Tomaz Tadeu da; GENTILI, Pablo. (Org.) Escola S. A. Quem ganha e quem perde no mercado educacional do neoliberalismo. Brasília: CNTE. 1996, pp. 09-49.

HADDAD, Sérgio; GRACIANO, Mariângela. Educação: direito universal ou mercado em expansão. São Paulo Perspec., São Paulo, v. 18, n. 3, Set. 2004, pp.67-71. http://dx.doi.org/10.1590/S0102-88392004000300008 Acessado em 26 de maio de 2012.

HOBSBAWM, Eric. Deveriam os pobres se organizar? Mundos do trabalho. 3aed, Rio de Janeiro: Paz & Terra, 2000, pp. 399-416.

JANTSCH, Ari Paulo. Pequeno (ainda) agricultor e racionalidade educativa. 1o. ed. Florianópolis: Núcleo de Publicações (UFSC/CED), 2001.

LIMA NETO, Newton (org.). Avaliação do Plano Nacional de Formação Profissional: Relatório de Análise das Avaliações dos PEQs/97. São Carlos: FAI/UFSCar. 1998.

MARTINS, José de Souza. A escravidão na sociedade contemporânea: A reprodução ampliada anômala do capital e a degradação das relações de trabalho. In: ______. A sociedade vista do abismo: novos estudos sobre exclusão, pobreza e classes sociais. Petrópolis: Vozes. 2002, p. 151-162.

MARTINS, José de Souza. Fronteira. A degradação do outro nos confins do humano. São Paulo. Hucitec, 1997.

MARX, Karl. O Capital (livro 1, vol. 1) São Paulo. Didel, 7a edição, 1982.

MORAIS, Sérgio Paulo. Trabalhadores agroindustriais: estrutura e processo histórico no Triângulo Mineiro (1980-2012). SÆCULUM - REVISTA DE HISTÓRIA [26]; João Pessoa, jan./jun. 2012.

MORAIS, Sérgio Paulo. (b). Incluídos? Pobreza e políticas compensatórias em um Brasil rico. Saarbrücken. Editorial Académica Española, 2012. 297p

NEIVA, I. E. G. Os escravos no Brasil. In: CPT – COMISSÃO PASTORAL DA TERRA. Conflitos no campo: Brasil 1994. Goiânia: CPT, 1994, pp.22-30.

PREVITALI , Fabiane Santana. ; MORAIS, Sérgio Paulo; FAGIANI, Cílson. Ethanol Workers in Brazil: the other side of wealth. In:. Workers of the world – International Journal on Strokes and Social Conflicts / Special Issue – Global labour history. Vol. I, n ̊ 3. May 2013, pp. 227-244. Disponível em: http://www.workersoftheworldjournal.net/images/WW_3.pdf. Acesso em 14 maio de 2013.

SEGNINI, Liliana Rolfesen Petrlli. Educação e Trabalho: uma relação tão necessária quanto insuficiente. São Paulo em Perspectiva. São Paulo, v. 14, 2000, p. 72-81.

SOUZA, A.G.; CLEPS JR., J. O desenvolvimento da agroindústria canavieira no Triângulo Mineiro e seus impactos sobre a mão-de-obra e a produção de alimentos. In: Anais do XIX Encontro Nacional de Geografia Agrária, São Paulo, 2009, p. 1-16. Apud, CLEPS JR., J. Concentração de poder no agronegócio e (des)territorialização: os impactos da expansão recente do capital sucroalcooleiro no Triângulo Mineiro. Caminhos de Geografia. Edufu. Uberlândia v. 10, n. 31.Set/2009, p. 249 – 264.

TEIXEIRA, Éber Mariano. "Amanhã é outro dia: falas, memórias e outras histórias de trabalhadores cortadores de cana na região Noroeste do Estado de São Paulo. In: MOREIRA, Vagner José; NARDOQUE, Sedeval; PERINELLI NETO, Humberto (Org.) Noroeste Paulista: práticas e movimentos sociais, trabalhadores e experiências. 1. ed. São Paulo: Outras Expressões. v. 1, 2013, pp. 217-228

VENDRAMINI, Célia Regina. Pesquisa e movimentos sociais. Educação e Sociedade, Campinas, vol.28, n. 101 set./dez. 2007. pp. 1395-1409.Disponível em: http://www.cedes.unicamp.br acesso em: 25 abril de 2013.

Como Citar
Morais, S. P., & Sordi, D. N. D. (1). Deveriam os cortadores de cana-de-açúcar se qualificar? Modificações e permanências no trabalho agroindustrial no triângulo mineiro. Revista HISTEDBR On-Line, 13(50), 140-160. https://doi.org/10.20396/rho.v13i50.8640299
Seção
Artigos