Banner Portal
A prática pedagógica histórico-crítica e o ensino de educação física na educação infantil
PDF

Palavras-chave

Pedagogia histórico-crítica. Educação infantil. Educação física. Prática pedagógica

Como Citar

PINA, L. D. A prática pedagógica histórico-crítica e o ensino de educação física na educação infantil. Revista HISTEDBR On-line, Campinas, SP, v. 14, n. 59, p. 129–151, 2015. DOI: 10.20396/rho.v14i59.8640352. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/histedbr/article/view/8640352. Acesso em: 20 fev. 2024.

Resumo

O texto discute a prática pedagógica histórico-crítica na educação infantil, mais especificamente, no que se refere ao ensino de educação física. Além de defender o ato de ensinar como eixo nuclear do trabalho pedagógico na educação infantil, o texto apresenta uma experiência pedagógica que abordou a dimensão histórica que reveste o correr, saltar, lançar e arremessar. As reflexões apresentadas contribuem para reafirmar a viabilidade da pedagogia histórico-crítica para o ensino de educação física na educação infantil.

https://doi.org/10.20396/rho.v14i59.8640352
PDF

Referências

ARCE, A. O Referencial Curricular Nacional para a Educação Infantil e o espontaneísmo: (re)colocando o ensino como eixo norteador do trabalho pedagógico com crianças de 4 a 6 anos. In: ARCE, A; MARTINS, L. M. (org.). Quem tem medo de ensinar na Educação Infantil? Em defesa do ato de ensinar. 2.ed. Campinas: Alínea, 2010.

ARCE, A. Pedagogia da infância ou Fetichismo da infância?. In: DUARTE, N. (Org.). Crítica ao fetichismo da individualidade. Campinas: Autores Associados, 2004.

ARCE, A; MARTINS, L. M (org.). Quem tem medo de ensinar na educação infantil? Em defesa do ato de ensinar. 2. Ed. São Paulo: Editora Alínea, 2010.

ARCE, A; SILVA, D. A. M; VAROTTO, M. Ensinando ciências na educação infantil. Campinas: Editora Alínea, 2011.

COLETIVO DE AUTORES. Metodologia do ensino de educação física. São Paulo: Cortez, 1992.

DUARTE, N. A individualidade para-si: contribuição a uma teoria histórico-social da formação do indivíduo. 2.ed. Campinas: Autores Associados, 1999.

DUARTE, N. Sociedade do conhecimento ou sociedade das ilusões? Quatro ensaios crítico-dialéticos em filosofia da educação. Campinas: Autores Associados, 2003.

DUARTE, N. Vigotski e o “aprender a prender”: crítica às apropriações neoliberais e pós-modernas da teoria vigotskiana. 4. Ed. Campinas: Autores Associados, 2006.

DUARTE, N; EIDT, N. Contribuições da teoria da atividade para o debate sobre a natureza da atividade de ensino escolar. Psicologia da Educação, v. 24, p. 51-72, 2007.

ENGELS, F. Sobre o papel do trabalho na transformação do macaco em homem. In: ANTUNES, R (Org.). A dialética do trabalho: escritos de Marx e Engels. São Paulo: Expressão popular, 2004.

GASPARIN, J. L. Uma didática para a pedagogia histórico-crítica. 3. Ed. Campinas: Autores Associados, 2005.

HOMEM PRÉ-HISTÓRICO: VIVENDO ENTRE AS FERAS. Direção: Pierre de Lespiniois. EUA: Discovery Channel, 2002.

LEONTIEV, A. N. Desenvolvimento do psiquismo. Lisboa: Livros Horizonte, 1978.

LEONTIEV, A. N. Uma contribuição à teoria do desenvolvimento da psique infantil. In: VIGOTSKI, L. S; LURIA, A. R; LEONTIEV, A. N. Linguagem, desenvolvimento e aprendizagem. 12. Ed. São Paulo: Ícone, 2012.

MARSIGLIA, A. C. G. A prática pedagógica histórico-crítica na educação infantil e no ensino fundamental. Campinas: Autores Associados, 2011.

MARTINS, L. M. O desenvolvimento do psiquismo e a educação escolar: contribuições à luz da psicologia histórico-cultural e da pedagogia histórico-crítica. Tese (Livre Docência em Psicologia da Educação). Universidade Estadual Paulista, Bauru, 2011.

MARTINS, L. M. Pedagogia histórico-crítica e psicologia histórico-cultural. In: MARSIGLIA, A. C. G (org). Pedagogia histórico-crítica: 30 anos. Campinas: Autores associados, 2011.

MARX, K. Processo de trabalho e processo de valorização. In: ANTUNES, R. (org.). A dialética do trabalho: escritos de Marx e Engels. São Paulo: Expressão popular, 2004.

PASQUALINI, J. C. A educação escolar da criança pequena na perspectiva histórico-cultural e histórico-crítica. IN: MARSIGLIA, A. C. G (org). Pedagogia histórico-crítica: 30 anos. Campinas: Autores associados, 2011.

PASQUALINI, J. C. O papel do professor e do ensino na educação infantil: a perspectiva de Vigotski, Leontiev e Elkonin. In: DUARTE, N; MARTINS, L. M (orgs.). Formação de professores: limites contemporâneos e alternativas necessárias. São Paulo: Cultura Acadêmica, 2010.

ROSSLER, J. H. Sedução e alienação no discurso construtivista. Campinas: Autores Associados, 2006.

SAVIANI, D. Escola e Democracia. 38. Ed. Campinas: Autores Associados, 2006.

SAVIANI, D. Pedagogia histórico-crítica: primeiras aproximações. 9. Ed. Campinas: Autores Associados, 2005.

SAVIANI, D. Trabalho e Educação: fundamentos ontológicos e históricos. In: Revista Brasileira de Educação, v.12, n.34, p. 152-165, 2007.

VYGOTSKI, L. S. Obras escogidas. Tomo III. Madri: Visor, 1995.

Revista HISTEDBR On-line utiliza a licença do Creative Commons (CC), preservando assim, a integridade dos artigos em ambiente de acesso aberto.

Downloads

Não há dados estatísticos.