Banner Portal
História, memória e geração: remissão inicial a uma discussão político-educacional
PDF

Palavras-chave

Geração. Memória. História. Educação

Como Citar

MAGALHÃES, Lívia Diana Rocha. História, memória e geração: remissão inicial a uma discussão político-educacional. Revista HISTEDBR On-line, Campinas, SP, v. 14, n. 55, p. 94–103, 2014. DOI: 10.20396/rho.v14i55.8640463. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/histedbr/article/view/8640463. Acesso em: 30 maio. 2024.

Resumo

Nesse ensaio, abordamos como os conceitos de geração e de memória podem ser um dos recursos analíticos possíveis para pensarmos a relação entre experiências passadas e a análise das prioridades políticas de uma dada sociedade, dentro do estudo da história da educação, considerando que uma sociedade, ainda que não seja historicamente a mesma dantes, pode operacionalizar o uso e a atualização constante do passado em favor da continuidade de dada condução e construção política, educacional, no presente.

https://doi.org/10.20396/rho.v14i55.8640463
PDF

Referências

ARÓSTEGUI, Julio. Historia del presente e interacción generacional. In: ______. La Historia Vivida. Sobre la historia del presente. Madrid: Alianza, 2004.

BARTLETT, Frederic Charles. Remembering: A study in experimental and social psychology. Cambridge, MA: Cambridge University Press, 1995. (Original publicado em 1932).

BERGSON, Henri. Matière et Mémoire - Essai sur la relation du corps a l'esprit. 54. ed. Paris: Presses Universitaires de France, 1953. (Publicação original em 1896).

FREUD, Sigmund. Recuerdos infantiles y encubridores. Psicopatologia de la vida cotidiana. In: Obras completas de Sigmund Freud. Buenos Aires: Santiago Rueda Editor, v. 1, 1953, p. 57-64. (Publicação original 1904).

GONZÁLEZ, Magdalena. Apuntes para un método de análisis mnemónico intergeneracional sobre la Guerra Civil. In: Hispania Nova: Revista de Historia Contemporánea. no6, 2006. Disponível em: http://hispanianova.rediris.es/6/dossier/6d014.pdf. Acesso em: maio de 2010.

HALBWACHS, Maurice. A memória coletiva. São Paulo: Centauro, 2006.

HALBWACHS, Maurice. La mémorire collective. Paris: PUF, 1968.

JOBERT,D. The normative frameworks of public policy,in Political Studies,n XXXVII,1989.

MAGALHÃES, Lívia Diana Rocha. A trajetória das gerações brasileiras nascidas entre 1926 e 1975: um perfil sociodemográfico. Tese (Doutorado em Educação) – Universidade Estadual de Campinas. Campinas/SP: UNICAMP, 1999.

MAGALHÃES, Lívia Diana Rocha. Políticas educacionais e trajetórias geracionais: primeiros relatos da pesquisa em Vitória da Conquista-Ba. In: Anais do VI Colóquio do Museu Pedagógico. Vitória da Conquista, 2006.

MAGALHÃES, Lívia Diana Rocha. Educação, História e Memória: uma aproximação do estudo geracional. In: Revista HISTEDBR on line. Campinas: UNICAMP, 2007. no 28. Magalhães, L.D.R (2008a). Política Educacional: uma abordagem sócio-histórica. ETD. Educação Temática Digital, v. 16, p. 61-65. Disponível no link: http://www.uepg.br/propesp/publicatio/hum/2008_1/artigo-7-Livia-61-65.pdf

MAGALHÃES, Lívia Diana Rocha. (2008b). Educação, História e Memória: uma aproximação do estudo geracional. Revista HISTEDBR On-line. Campinas: UNICAMP/FE. v. 30, p. 99-105. Disponível no link: http://www.histedbr.fae.unicamp.br/revista/edicoes/28/art07_28.pdf

MANNHEIM, Karl. El problema de las geraciones. In: Revista de Investigación Sociológica. Madrid. 1993, n.62 (publicado originalmente em 1928).

SÁ, Celso Pereira de; CASTRO, Paula. Memórias do descobrimento do Brasil. Rio de Janeiro: Museu da República, 2005.

SÁ, Celso Pereira de; CASTRO, Paula. Sobre o campo de estudo da memória social: uma perspectiva psicossocial.In: Revista Psicologia Reflexão e Crítica. Rio Grande do Sul: UFRGS, 2007a. V. 20. Disponível no site: www.scielo.br/prc.

SÁ, Celso Pereira de; CASTRO, Paula. Sobre a psicologia social no Brasil, entre memórias históricas e pessoais. In: Psicologia & Sociedade. Florianópolis/SC: Associação Brasileira de Psicologia Social, 2007b.

THOMPSON, Edward. P. A formação da classe operária inglesa. A árvore da liberdade. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1987. Vol I.

Revista HISTEDBR On-line utiliza a licença do Creative Commons (CC), preservando assim, a integridade dos artigos em ambiente de acesso aberto.

Downloads

Não há dados estatísticos.