A política educacional consolidada por meio do Grupo Escolar Lauro Sodré no município de Moju-PA

Autores

  • Renato Pinheiro da Costa Universidade Federal do Pará
  • Paulo Sérgio de Almeida Corrêa Universidade Federal do Pará

DOI:

https://doi.org/10.20396/rho.v15i62.8640497

Palavras-chave:

Grupo Escolar. Estado. Educação

Resumo

Com o início da República no Brasil setores importantes como a educação foram redimensionados, nesse sentido, no Estado do Pará foram criadas instituições de ensino com a intenção de alavancar o progresso social. Em Moju a força dessa ação do Estado é percebida através da história da educação que se apresenta ao longo desta pesquisa, por esse motivo este trabalho objetivou identificar a importância geopolítica da criação do Grupo Escolar Lauro Sodré para o município de Moju dentro de um projeto político do Estado para a implementação da política educacional republicana. Por isso partimos da problemática: Qual a importância geopolítica e educacional do Grupo Escolar Lauro Sodré instituído no Município de Moju? Desse modo, pautados no método histórico bibliográfico chegamos à conclusão que Moju se enquadra entre os municípios da região que teria a proposta de preparar a população para o desenvolvimento com a qualificação de mão-de-obra para atuarem nos setores sociais, e que a educação desenvolvida por meio do Grupo Escolar Lauro Sodré era a principal estratégia para atingir tais finalidades.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Renato Pinheiro da Costa, Universidade Federal do Pará

Doutorando do Programa de Pós-Graduação em Educação PPGED/UFPA; Mestre em Educação; Especialista em História e Filosofia da Educação; Pesquisador do Núcleo de Estudos e Pesquisa em Currículo-NEPEC. e-mail: renatopc@bol.com.br

Paulo Sérgio de Almeida Corrêa, Universidade Federal do Pará

Doutor em Educação: Currículo pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo; Docente pesquisador no Programa de Pós-Graduação em Educação e na Faculdade de Educação do Instituto de Ciências da Educação da Universidade Federal do Pará; Líder do Núcleo de Estudos e Pesquisa em Currículo - NEPEC. e-mail: paulosac@ufpa.br

Referências

AZEVEDO, Crislane. Profissão docente: a formação das professoras dos grupos escolares de Sergipe no início do Século XX (19111930). Cultura Escolar Migrações e Cidadania Actas do VII Congresso LUSOBRASILEIRO de História da Educação 20 23 Junho 2008, Porto: Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação (Universidade do Porto). Disponível em: http://web.letras.up.pt/7clbheporto/trabalhos_finais/eixo5/IE143.pdf. Acessado em: 07/10/2009

BITTAR, Marisa. JUNIOR, Amarilio Ferreira. DITADURA MILITAR E A PROLETARIZAÇÃO DOS PROFESSORES. Revista Educação e Sociedade. Campinas: vol. 27, n. 97, p. 1159-1179, 2006. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/es/v27n97/a05v2797.pdf. Acesso em: 19/03/2010

BRASIL, Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional: Lei 9.394/96. Rio de Janeiro: DP&A, 2003

BRASIL, República Federativa do Brasil, LEI No 4.024, DE 20 DE DEZEMBRO DE 1961–Disponível em: http://www.jusbrasil.com.br/legislacao/108164/lei-de-diretrizes-e-base-de-1961-lei-4024-61. Acessado em: 09/05/2009

BRASIL, República Federativa do Brasil, LEI NO 5.692, DE 11 DE AGOSTO DE 1971 – Disponível em: http://www.jusbrasil.com.br/legislacao/128525/lei-de-diretrizes-e-base-de-1971-lei-5692-71, Acesso em: 15/04/2009

GONÇALVES, N. G. . A escola e o arquivo escolar: discutindo possibilidades de interlocução entre atividades de ensino, pesquisa e extensão. In: IV Congresso Brasileiro de História da Educação - A Educação e seus Sujeitos na História, 2006, Goiânia. Anais do IV Congresso Brasileiro de História da Educação. Goiânia : UCG, 2006. v. I. p. 1-10.

LE GOFF, J. História e Memória. Campinas: UNICAMP, 1996

LIMA, José Valber Sales. Moju – Rio das Cobras. Belém: S.E., 2000

Livro Ata das Reuniões Administrativas e Pedagógicas da Escola Lauro Sodré. Moju: 1977. S.Ed, S.D

Livro de Tombo da Paróquia do Divino Espírito Santo, (S. Ed. S.D) 1952

MARIN, Rosa Elisabeth Acevedo. Estruturas camponesas no Pará colonial: ocupação da terra e dinâmica demográfica em Freguesia da Comarca de Belém no final do século XVIII. Comunicação apresentada no XXI Simpósio Nacional de História. Niterói, Associação Nacional de História - ANPUH & Universidade Federal Fluminense, 2001. Disponível em: http://historia_demografica.tripod.com/nec/bhd31.pdf. Acesso em: 15/03/2010

MEDEIROS, Ruy. Arquivos escolares: breve introdução a seu conhecimento. In: SIMPÓSIO DO MUSEU PEDAGÓGICO, 3, 2003, Bahia. Disponível em: http://www.histedbr.fae.unicamp.br.

MOJU, Poder Legislativo. Câmara de Vereadores. Ata de Reuniões Parlamentar 1975. S.Ed. S.D

MOJU, Poder Legislativo. Câmara de Vereadores. Ata de Reuniões Parlamentar 1977. S.Ed. S.D

MOREIRA NETO, C.A. Índios da Amazônia, de maioria a minoria (1750-1850). Petrópolis: Ed. Vozes. 1988

NOZOE, N. H. Sesmaria e apossamento de terras no Brasil Colônia. Economia, Brasília, v. 7, p. 587-605, 2006. Disponível em: http://www.usp.br/feaecon/incs/download.php?i=75&file=../media/livros/file_75.pdf. Acesso em: 19/03/09.

PARÁ, Arquivo Público do Estado do Pará. Coleção de leis da Província do Grão Pará de 1835 a 1845. Tomo VI – 1843 – Parte I

PARÁ, Presidente da Província - 1869 - 1870. João Alfredo Correia de Oliveira. Relatorio apresentado á Assembléa Legislativa Provincial na primeira sessão da 17. Pará, Typ. do Diario do Gram-Pará, 1870.

PARÁ. Governador, 1901 – 1908 (Augusto Montenegro). Mensagem ao Congresso Legislativo do Pará. Belém: Imprensa Oficial, 1907.

PARÁ. Governador, 1901 – 1908 (Augusto Montenegro). Mensagem ao Congresso Legislativo do Pará. Belém: Imprensa Oficial, 1906.

PARÁ. Governador, 1909 – 1912 (João Antônio Luiz Coelho). Mensagem ao Congresso Legislativo do Pará. Belém: Imprensa Oficial do Estado do Pará, 1910.

PARÁ. Governador, 1912 – 1916 (Eneas Martins). Mensagem ao Congresso Legislativo do Pará. Belém: Imprensa Oficial do Estado do Pará. 1916.

PARÁ. Governador, 1966 – 1971 (Alacid da Silva Nunes). Mensagem apresentada à Assembleia Legislativa do Estado do Pará. Belém: Imprensa Oficial do Estado do Pará. 1968

ROSÁRIO, Maria José Aviz do. O PCB e a organização do ensino público primário de Belém do Pará (1945 a 1964). 2006. 214 f. Tese (Doutorado) – Programa de Pós-Graduação em Educação, Universidade Federal de São Carlos, São Carlos, 2006.

SACRAMENTO, Elias Diniz. A luta pela terra numa parte da Amazônia: O trágico 07 de setembro de 1984 em Moju e seus desdobramentos. Belém: Açaí, 2009

SAMPAIO, M. R. M. Uma visita à educação no Pará cem anos atrás. Revista de Cultura do Pará, Belém, v. 15, 2004. Disponível em: http://www.reginamaneschy.pro.br/pdf/visita.pdf. Acesso em: 15/09/2010

SOUZA, Orlando Nobre Bezerra. A MUNICIPALIZAÇÃO DA EDUCAÇÃO NO ESTADO DO PARÁ E OS MARCOS FUNDAMENTAIS DE RESISTÊNCIA. Anais da 57a Reunião Anual da SBPC - Fortaleza, CE - Julho/2005. Disponível em: http://www.sbpcnet.org.br/livro/57ra/programas/SENIOR/RESUMOS/resumo_1472.html. Acesso em: 24/02/2010

VIDAL, Diana Gonçalves (org.) Grupos Escoalres: cultura escolar primária e escolarização da infância no Brasil (1893-1971). Campinas/SP: Mercado de Letras, 2006

Downloads

Como Citar

COSTA, R. P. da; CORRÊA, P. S. de A. A política educacional consolidada por meio do Grupo Escolar Lauro Sodré no município de Moju-PA. Revista HISTEDBR On-line, Campinas, SP, v. 15, n. 62, p. 121–143, 2015. DOI: 10.20396/rho.v15i62.8640497. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/histedbr/article/view/8640497. Acesso em: 18 set. 2021.

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)