Banner Portal
O uso de fontes orais na pesquisa em história da educação
PDF

Palavras-chave

História da Educação. Fontes Orais. Memória

Como Citar

SOUZA, José Edimar de. O uso de fontes orais na pesquisa em história da educação. Revista HISTEDBR On-line, Campinas, SP, v. 15, n. 62, p. 254–256, 2015. DOI: 10.20396/rho.v15i62.8640506. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/histedbr/article/view/8640506. Acesso em: 21 jun. 2024.

Resumo

Resenha
https://doi.org/10.20396/rho.v15i62.8640506
PDF

Referências

AMADO, Janaína; FERREIRA, Marietade Moraes (Org.). Usos & abusos da história oral. 5. ed. Rio de Janeiro: FGV, 2002.

BASTOS, Maria Helena Câmara. STEPHANOU, Maria. Um convite à leitura. Memórias & itinerários de pesquisa. In: GRAZZIOTIN, Luciane Sgarbi Santos; ALMEIDA, Dóris Bittencourt. Romagem do tempo e recantos da memória. Reflexões metodológicas sobre História Oral. São Leopoldo: Oikos, 2012, p. 7-9.

CHARTIER, Roger. À beira da falésia: a história entre incertezas e inquietudes. Trad.

RAMOS, Patrícia Chittoni, Porto Alegre: Ed. Universidade/UFRGS, 2002.

HALBWACHS, Maurice. A memória coletiva. São Paulo: Ed. Centauro, 2006.

RICOUER, Paul. Tempo e narrativa (tomo 1). Campinas: Papirus, 1994.

Revista HISTEDBR On-line utiliza a licença do Creative Commons (CC), preservando assim, a integridade dos artigos em ambiente de acesso aberto.

Downloads

Não há dados estatísticos.