Formação humana: a centralidade da contradição entre as relações de produção e o desenvolvimento das forças produtivas

Autores

  • Melina Silva Alves UFBA
  • Claudio de Lira Santos Junior UFBA

DOI:

https://doi.org/10.20396/rho.v15i65.8642705

Palavras-chave:

Formação humana. Forças produtivas. Relações de produção

Resumo

O texto tem como objetivo localizar a formação humana nas relações sociais que engendram a disputa entre as tendências formativas que se materializam na contradição entre unilateralidade e omnilateralidade. Neste artigo, a partir do referencial teórico-metodológico materialista histórico dialético debatemos como a tendência formativa unilateral, alienada, é enclausurada pelas relações de produção capitalistas que impedem a possibilidade de desenvolvimento de todas as capacidades humanas. Destarte, a crítica marxiana às bases de desenvolvimento da formação no capitalismo e a defesa do projeto histórico socialista - cujas relações sociais de produção deixarão de ser entrave e possibilitarão o livre desenvolvimento das forças produtivas - apresentam-se como fundamento necessário para a alteração da essência da formação humana, ou seja: urge defender a transição do modo capitalista de produção para o modo socialista de organização da vida, pois, somente quando os homens forem senhores de sua própria história, seu processo de humanização se objetivará em todas as suas potencialidades.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Melina Silva Alves, UFBA

Estudante de Doutorado - PPGE/UFBA. Membro do Grupo LEPEL/FACED/UFBA. melinasalves@gmail.com.

Claudio de Lira Santos Junior, UFBA

Professor Dr. Adjunto FACED/UFBA. Coordenador Grupo LEPEL/FACED/UFBA.

Referências

ALVES, Melina Silva. Divisão Social do Trabalho e Alienação na Formação de Professores de Educação Física da UFS: o estágio supervisionado/prática de ensino enquanto síntese dialética dos projetos em disputa. 2010. 143p. Dissertação de Mestrado. Universidade Federal de Sergipe, São Cristóvão, 2010.

CHEPTULIN, Alexandre. A Dialética Materialista: categorias e leis da dialética. São Paulo: Alfa-Omega, 1982.

ENGELS, Friedrich. Do socialismo utópico ao socialismo científico. Disponível em: https://www.marxists.org/portugues/marx/1880/socialismo/ [1952?]. Acesso em 21 de maio de 2011. Não paginado.

GOELLNER, Silvana Vilodre. A categoria da atividade e suas implicações no desenvolvimento humano. Revista Brasileira de Ciências do Esporte, Campinas, v. 13, n. 2, p. 288-292, jan. 1992.

KOSIK, Karel. Dialética do Concreto. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2002

LEONTIEV, Alexis. O homem e a cultura. In: O desenvolvimento do psiquismo. Traduzido por: Manoel Dias Duarte. Lisboa, Horizonte Universitário, 1978. p. 259-284.

MANACORDA, Mário Alighiero. História da Educação. São Paulo: Cortez, 1989.

MARX, Karl. Manuscritos Econômicos e Filosóficos. In: FROMM, Erich. Conceito Marxista de Homem. Rio de Janeiro: Zahar Editores, 1983.

MARX, Karl. Miséria da Filosofia. São Paulo: Global Editora. 1985a.

MARX, Karl. Carta a P.V. Annenkov. In: Miséria da Filosofia. São Paulo: Global Editora, 1985b.

MARX, Karl. Formações Econômicas Pré-Capitalistas. Rio de Janeiro: Paz e Terra. 1986.

MARX, Karl. Contribuição à Crítica da Economia Política. São Paulo: Expressão Popular, 2008.

MARX, Karl. O Capital. Crítica da Economia Política. Livro I. Volume 1. O Processo de Produção do Capital. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2006.

MARX, Karl. O Capital. Crítica da Economia Política. Livro I. volume II. O Processo de Produção do Capital. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2011.

MARX, Karl; ENGELS, Friedrich. Manifesto do Partido Comunista. São Paulo: Global, 1988.

MARX, Karl; ENGELS, Friedrich.A Ideologia Alemã. São Paulo: Boitempo, 2007.

PONCE, Aníbal. Educação e luta de classes. São Paulo: Cortez, 1994.

SAVIANI, Dermeval. Trabalho e Educação: Fundamentos Ontológicos e Históricos. Revista Brasileira de Educação, v. 12, n.34 Jan/abril 2007.

SAVIANI, Dermeval. Pedagogia Histórico-Crítica: primeiras aproximações.11a Ed. Campinas: Autores Associados, 2011.

Downloads

Publicado

2015-12-14

Como Citar

ALVES, M. S.; SANTOS JUNIOR, C. de L. Formação humana: a centralidade da contradição entre as relações de produção e o desenvolvimento das forças produtivas. Revista HISTEDBR On-line, Campinas, SP, v. 15, n. 65, p. 201–217, 2015. DOI: 10.20396/rho.v15i65.8642705. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/histedbr/article/view/8642705. Acesso em: 17 out. 2021.

Edição

Seção

Artigos