Influência do peitoril de janelas na luz natural e visão de céu em enfermarias

Autores

DOI:

https://doi.org/10.20396/parc.v11i0.8654728

Palavras-chave:

Iluminação natural, Arquitetura hospitalar, Conforto luminoso

Resumo

A configuração das janelas pode influenciar na luminosidade do ambiente e na comunicação visual de pacientes com o meio exterior. Para o bom aproveitamento dos benefícios da janela em ambientes hospitalares é importante verificar a contribuição da altura do peitoril. Esta pesquisa investiga a influência do peitoril no desempenho luminoso e na visão de céu em enfermarias hospitalares na cidade de Maceió, Alagoas. O objeto empírico compreende seis enfermarias femininas com mesmo desenho de janelas, mas com posição vertical e orientação distintas. Foi feita uma análise comparativa entre duas posições verticais da janela: alta e baixa, por meio de simulação computacional usando o software TropLux. Os resultados mostram que nos espaços analisados há ocorrência de desconforto devido ao excesso de luz natural, especialmente de luz direta do céu e do sol, causando ofuscamento. A falta de protetores solares nas aberturas faz com que haja grande quantidade de luz dentro do ambiente hospitalar, que é menos expressiva nas enfermarias que têm janelas voltadas para o vazio interno da edificação.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Pedro Vitor Sousa Ribeiro, Universidade Federal de Alagoas

Mestrado em Dinâmica do Espaço Habitado pela Universidade Federal de Alagoas. Professor da Universidade Federal de Sergipe.

Danielle Maria Lamenha Santos, Universidade Federal de Alagoas

Mestrado em Dinâmica do Espaço Habitado pela Universidade Federal de Alagoas. Professora Assistente na Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Federal de Alagoas.

Lara Torres de Melo Vasconcellos, Universidade Federal de Alagoas

Mestrado em Dinâmica do Espaço Habitado pela Universidade Federal de Alagoas. Doutorado em andamento em Dinâmica do Espaço Habitado na Universidade Federal de Alagoas.

Fernando Antonio de Melo Sá Cavalcanti, Universidade Federal de Alagoas

Doutorado em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade de São Paulo. Professor Adjunto na Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Federal de Alagoas.

Ricardo Carvalho Cabús, Universidade Federal de Alagoas

Doutorado em Arquitetura pela Universidade de Sheffield. Professor do Centro de Tecnologia da Universidade Federal de Alagoas.

Referências

ABNT - ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. ABNT NBR 15215-2: Iluminação Natural Parte 2: Procedimentos de Cálculo para a Estimativa da Disponibilidade de Luz Natural. 1 ed. Rio de Janeiro: ABNT, 2005a. 17 p.

ABNT - ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. ABNT NBR 15215-3: Iluminação Natural Parte 3: Procedimentos de Cálculo para a Determinação da Iluminação Natural em Ambientes Internos. 1 ed. Rio de Janeiro: ABNT, 2005b. 33 p.

ABNT - ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. ABNT NBR 15215-4: Iluminação Natural Parte 4: Verificação Experimental das Condições de Iluminação Interna de Edificações – Método de Medição. 1 ed. Rio de Janeiro: ABNT, 2005c. 13 p.

ABNT - ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. ABNT NBR 15575-1: Edificações Habitacionais — Desempenho - Parte 1: Requisitos Gerais. 1 ed. Rio de Janeiro: ABNT, 2013a. 60 p.

ABNT - ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. ABNT NBR ISO/CIE 8995-1: Iluminação de Ambientes de Trabalho - Parte 1: Interior. 1 ed. Rio de Janeiro: ABNT, 2013b. 54 p.

BAKER, N.; FANCHIOTTI, A.; STEEMERS, K. Daylight in Architecture: a European Reference Book. 2. ed. Bruxelas: James & James, 1998. 384 p.

BAKER, N.; STEEMERS, K. Daylight Design of Buildings. Londres: James & James, 2002. 247 p.

BOYCE, P. R. Human Factors in Lighting. 2. ed. Londres: Taylor and Francis, 2003. 681 p. DOI: https://doi.org/10.1201/9780203426340

BOYCE, P. R. Review: the impact of light in buildings on human health: The Impact of Light in Buildings on Human Health. Indoor and Built Environment, v. 19, n. 1, p. 8-20, fev. 2010. DOI:http://dx.doi.org/10.1177/1420326x09358028. DOI: https://doi.org/10.1177/1420326X09358028

CABÚS, R. C. Tropical Daylighting: Predicting Sky Types and Interior Illuminance in North-East Brazil. 2002. 288 f. Tese (Doutorado em Arquitetura) - University of Sheffield, Sheffield, 2002.

COSTI, M. A luz em estabelecimentos de saúde. In: ENCONTRO LATINO-AMERICANO DE CONFORTO NO AMBIENTE CONSTRUÍDO, 3. & ENCONTRO NACIONAL SOBRE CONFORTO NO AMBIENTE CONSTRUÍDO, 6., 2001, São Pedro. Anais [...]. Porto Alegre: ANTAC, 2001. p. 1-8.

DIAS, A. R. D.; CARVALHO, J. P. V.; HAZBOUN, V. D.; PEDRINI, A. Influência de Métricas Dinâmicas na Avaliação do Aproveitamento da Luz Natural em Clima Tropical. Ambiente Construído, v. 18, n. 3, p. 29-47, set. 2018. FapUNIFESP (SciELO). DOI:http://dx.doi.org/10.1590/s1678-86212018000300266. DOI: https://doi.org/10.1590/s1678-86212018000300266

EISAZADEH, N.; ALLACKER, K.; TROYER, F. de. Impact of Window Systems on Daylighting Performance, Visual Comfort and Energy Efficiency in Patient Rooms. In: IBPSA INTERNATIONAL CONFERENCE, 16., 2019, Roma. Proceedings [...]. Roma: IBPSA, 2019. p. 1207-1215.

FERNANDES, J. Código de Obras e Edificações e edificações do DF: inserção de conceitos bioclimáticos, conforto térmico e eficiência energética. 2009. 186 f. Dissertação (Mestrado em Arquitetura e Urbanismo) - Programa de Pós-graduação em Arquitetura e Urbanismo, Universidade de Brasília, Brasília, 2009.

FERNANDES, J. Qualidade da iluminação natural e o projeto arquitetônico: a relação da satisfação do usuário quanto à vista exterior da janela e a percepção do ofuscamento. 2016. 337 f. Tese (Doutorado em Arquitetura e Urbanismo) - Programa de Pós-graduação em Arquitetura e Urbanismo, Universidade de Brasília, Brasília, 2016.

FOUCAULT, M. O Nascimento da Clínica. Tradução: Roberto Machado. Rio de Janeiro: Forense-Universitária, 1977. 241 p.

FOUCAULT, M. Microfísica do Poder. 4. ed. Rio de Janeiro: Graal, 1984. 111 p.

GHISI, E.; TINKER, J.; IBRAHIM, S. Área de Janela e Dimensões de Ambientes para Iluminação Natural e Eficiência Energética: Literatura Versus Simulação Computacional. Ambiente Construído, Porto Alegre, v. 5, n. 4, p.81-93, jun. 2005.

HELLINGA, H. Daylight and View: The Influence of Windows on the Visual Quality of Indoor Spaces. 2013. 379 f. Tese (Doutorado em Engenharia Estrutural), Delft University of Technology, Delft, 2013.

HOPKINSON, J; PETHERBRIDGE, P; LONGMORE, J. Iluminação Natural. Tradução: Antônio Sarmento Lobato de Faria. 2. ed. Lisboa: Fundação Calouste Gulbenkian, 1975.

IES – ILLUMINATING ENGINEERING SOCIETY. IES LM-83-12: Approves Method: IES Spatial Daylight Autonomy (sDA) and Annual Sunlight Exposure (ASE). 1 ed. Nova York: IES, 2012. 22 p.

KREMER, A. A influência de elementos de obstrução solar no nível e na distribuição interna de iluminação natural em escolas. 2002. 209 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia Civil) - Programa de Pós-Graduação em Engenharia Civil, Universidade Federal de Santa Catarina, Santa Catarina, 2002.

LAM, M. Perception and Lighting as Formgivers for Architecture. Nova York: McGraw-Hill, 1997. 318 p.

LAMBERTS, R.; DUTRA, L.; PEREIRA, F. O. R. Eficiência Energética na Arquitetura. 3. ed. São Paulo: ProLivros, 2014. 366p.

LEDER, S. M. Ocupação urbana e luz natural: Proposta de Parâmetro de Controle da Obstrução do Céu para Garantia da Disponibilidade à Luz Natural. 2007. 240 f. Tese (Doutorado em Engenharia Civil) - Programa de Pós-graduação em Engenharia Civil, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2007.

LIMA, M. Percepção Visual Aplicada a Arquitetura e à Iluminação. Rio de Janeiro: Ciência Moderna, 2010. 160 p.

MALKIN, J. Hospital Interiors Architecture: Creating Healing Environments for Special Patient Populations. New York: John Wiley, 1992. 144 p.

MANGKUTO, R. A.; ROHMAH, M.; ASRI, A. D. Design Optimization for Window Size, Orientation, and Wall Reflectance with Regard to Various Daylight Metrics and Lighting Energy Demand: a case study of buildings in the tropics: A case study of buildings in the tropics. Applied Energy, v. 164, p. 211-219, fev. 2016. DOI:http://dx.doi.org/10.1016/j.apenergy.2015.11.046. DOI: https://doi.org/10.1016/j.apenergy.2015.11.046

MARDALJEVIC, J.; ANDERSEN, M.; ROY, N.; CHRISTOFFERSEN, J. Daylighting Metrics for Residential Buildings. In: SESSION OF THE CIE, 27., 2011, Sun City. Proceedings [...]. Sun City: CIE, 2011. p. 1-19.

MARDALJEVIC, J.; ANDERSEN, M.; ROY, N.; CHRISTOFFERSEN, J. Daylight metrics: is there a relation between Useful Daylight Illuminance and Daylight Glare Probability?. In: BUILDING SIMULATION AND OPTIMIZATION CONFERENCE, 1., 2012, Loughborough. Proceedings […]. Loughborough: IBPSA, 2012. p. 189-196.

MARTAU, B. A Luz Além da Visão: Iluminação e sua Relação com a sua Saúde e Bem-Estar de Funcionárias de Lojas de Rua e de Shopping Centers em Porto Alegre. 2008. 504 f. Tese (Doutorado em Arquitetura e Urbanismo) - Programa de Pós-graduação em Arquitetura e Urbanismo, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2008.

MEDEIROS, R. C. B. Avaliação do Desempenho Luminoso de Protetores Solares Verticais na Iluminação Natural em Ambiente de Internação Hospitalar. 2015. 135 f. Dissertação (Mestrado em Dinâmicas do Espaço Habitado) - Faculdade de Arquitetura e Urbanismo, Programa de Pós-Graduação em Arquitetura e Urbanismo, Universidade Federal de Alagoas, Maceió, 2015.

MIQUELIN, L. Anatomia dos Edifícios Hospitalares. São Paulo: Cedas, 1992. 241 p.

MONTEIRO, M. Saúde e Açúcar: História, Economia e Arquitetura do Hospital do Açúcar de Alagoas 1950-1990. 2001. 350 f. Tese (Doutorado em Ciências Humanas) - Programa de Pós-graduação em Filosofia, Letras e Ciências Humanas, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2001.

NABIL A.; MARDALJEVIC, J. Useful daylight illuminance: A New Paradigm for Assessing Daylight in Buildings. Lighting Research & Technology, v. 37, n. 1, p. 41-57, mar. 2005. DOI: http://dx.doi.org/10.1191/1365782805li128oa. DOI: https://doi.org/10.1191/1365782805li128oa

PECCIN, A. Iluminação Hospitalar: Estudo de Caso: Espaços de Internação e Recuperação. 2002. 185 f. Dissertação (Mestrado em Arquitetura) - Programa de Pós-Graduação em Arquitetura, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2002.

RASMUSSEN, S. E. Arquitetura vivenciada. São Paulo: Martins Fontes, 2002.

SANTOS, D. M. L. Encontros e Desencontros da Iluminação Natural: Um Estudo em Espaços de Internação Hospitalar. 2009. 165 f. Dissertação (Mestrado em Arquitetura e Urbanismo) - Programa de Pós-Graduação em Arquitetura e Urbanismo, Universidade Federal de Alagoas, Maceió, 2009.

TOLEDO, L. Uma novidade antiga, a busca pela humanização. In: CONGRESSO BRASILEIRO DA ABDEH, 2., 2006, Rio de Janeiro. Anais [...]. Rio de Janeiro: Associação Brasileira para o Desenvolvimento do Edifício Hospitalar, 2006. p. 1-35.

ULRICH, R. S. View Through a Window May Influence Recovery from Surgery. Science, v. 224, n. 4647, p. 420-421, 27 abr. 1984. DOI:http://dx.doi.org/10.1126/science.6143402. DOI: https://doi.org/10.1126/science.6143402

ULRICH, R. S. Health Benefits of Gardens in Hospitals. In: PLANTS FOR PEOPLE: INTERNATIONAL EXHIBITION FLORIADE, 2002, Haarlemmermeer. Proceedings [...]. Haarlemmermeer: BIE, 2002. p. 1-10.

Downloads

Publicado

2020-07-13

Como Citar

RIBEIRO, P. V. S.; SANTOS, D. M. L.; VASCONCELLOS, L. T. de M.; CAVALCANTI, F. A. de M. S.; CABÚS, R. C. Influência do peitoril de janelas na luz natural e visão de céu em enfermarias. PARC Pesquisa em Arquitetura e Construção, Campinas, SP, v. 11, p. e020009, 2020. DOI: 10.20396/parc.v11i0.8654728. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/parc/article/view/8654728. Acesso em: 24 set. 2022.