Banner Portal
Para reorganizar a configuração do sensível
PDF

Palavras-chave

Formação de artistas
Reconfiguração do sensível
Acessibilidade e teatro

Como Citar

LEITE, Thiago de Castro. Para reorganizar a configuração do sensível: quando a acessibilidade se torna questão na formação de jovens artistas da cena. Pitágoras 500, Campinas, SP, v. 13, n. 00, p. e023013, 2023. DOI: 10.20396/pita.v13i00.8673465. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/pit500/article/view/8673465. Acesso em: 25 jun. 2024.

Resumo

Por meio de três cenas reflexivas, o artigo explicita como se deu a aproximação de jovens artistas em formação com elementos de audiodescrição e com a temática da acessibilidade no teatro. Ademais, propõe-se uma reflexão, a partir do pensamento de Jacques Rancière, sobre o quanto a presença de pessoas com deficiência em espaços de produção e fruição artística é capaz de reorganizar a configuração do sensível.

https://doi.org/10.20396/pita.v13i00.8673465
PDF

Referências

ALVES, Jefferson Fernandes. Acessibilidade e Teatro: a presença das pessoas com deficiência visual como provocação. Urdimento, Florianópolis, v.1, nº 34, pp. 161-171, mar./abr. 2019.

ALVES, J. F., & CEREJEIRA, T. de L. T. Visualidade e audiodescrição: a cena teatral sob o ponto de vista da deficiência visual. Revista Aspas, 10(2), 8-23, 2020. Disponível em: https://doi.org/10.11606/issn.2238-3999.v10i2p8-23. Acesso em: 10/04/2023.

ARENDT, Hannah. Entre o passado e o futuro. São Paulo: Perspectiva, 2009. 394p.

CARVALHO, J. S. (org.). Jacques Rancière e a escola: educação, política e emancipação. Belo Horizonte: Autêntica Editora, 2022. 480p.

CARVALHO, J. S. Por uma pedagogia da dignidade: memórias e reflexões sobre a experiência escolar. São Paulo: Summus, 2016. 224p.

DIAS, A. Por uma genealogia do capacitismo: da eugenia estatal à narrativa capacitista social. I Simpósio Internacional de Estudos sobre Deficiência. SEDPcD/Diversitas/USP. Anais. São Paulo: Programa Cidade Legal, 2013.

MARQUES, Ana Cristina Salgueiro. O método da cena em Jacques Rancière: dissenso, desierarquização e desarranjo. Galáxia. v. 47, 2022, pp.1-21. Disponível em: https://doi.org/10.1590/1982-2553202253828. Acesso em: 21 mai. 2022.

MASSCHELEIN, Jan; SIMONS, Maarten. Em defesa da escola: uma questão pública. Belo Horizonte: Autêntica, 2013. 176p.

NÓBREGA, Andreza. Caminhos para inclusão: uma reflexão sobre áudio-descrição no teatro infanto-juvenil. 2012. 240 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Federal de Pernambuco, Centro de Educação, Recife, PE.

RANCIÈRE, Jacques. A partilha do sensível: estética e política. São Paulo: EXO experimental org.; Editora 34, 2009. 72p.

RANCIÈRE, Jacques. O desentendimento: política e filosofia. São Paulo: Ed. 34, 2018. 160p.

RANCIÈRE, Jacques. O dissenso. In: A crise da razão. Adauto Novaes (Org.). São Paulo: Companhia das Letras, 1996. 568p.

Creative Commons License

Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License.

Copyright (c) 2023 Thiago de Castro Leite

Downloads

Não há dados estatísticos.