Banner Portal
Formação continuada de professores: quando a experiência e os saberes docentes se limitam à vivência
Remote

Palavras-chave

Formação continuada de professores. Experiência. Saberes docentes. Educação Física. Teoria crítica

Como Citar

CRUZ JUNIOR, Antônio Fernandes; FONTE, Sandra Soares Della; LOUREIRO, Robson. Formação continuada de professores: quando a experiência e os saberes docentes se limitam à vivência. Pro-Posições, Campinas, SP, v. 25, n. 2, p. 195–216, 2015. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/proposic/article/view/8642461. Acesso em: 20 jul. 2024.

Resumo

O artigo discute as noções de experiência e saberes docentes, presentes em artigos sobre formação continuada de professores de Educação Física. Para tanto, identifica a referência teórica mais recorrente no tratamento dessas noções e com ela dialoga a partir das categorias de vivência e experiência presentes em W. Benjamin e T. Adorno. A atual valorização dos saberes da experiência e do protagonismo do professor questiona a racionalidade instrumental, mas preserva a hipertrofia dos meios e dos procedimentos, agora vistos como singulares, intuitivos e provenientes do próprio fazer profissional. O que é chamado de experiência e o saber que dela advém permanecem orientados e limitados à direta utilidade para uma práxis imediata.

Abstract

The article discusses the concepts of teaching experience and knowledge found in articles on continuing training of teachers of Physical Education. For this purpose, the most recurrent theoretical framework in the treatment of these notions is identified and discussed in the light of the categories of experience present in the works of W. Benjamin and T. Adorno. The current valorization of teacher experience and knowledge puts into question the instrumental rationality of teaching practices, but preserves the hypertrophy of means and procedures, now seen as singular, intuitive and resulting from the professional practice. What is called experience and the knowledge that comes from it remain limited to its direct usefulness for an immediate praxis.

Keywords Continuing training of teachers, experience, teacher knowledge, Physical Education, critical theory.

Remote

Referências

ADORNO, Theodor. Educação e emancipação. 4. ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1995.

ADORNO, Theodor. Teoria da semicultura. Educação e Sociedade, Campinas, n. 56, p. 388-411, dez. 1996.

AMARAL, Gislene. Planejamento de currículo na Educação Física. Movimento, Porto Alegre, v. 10, n. 1, p. 133-155, jan./abr. 2004.

BENJAMIN, Walter. Obras escolhidas. 7. ed. São Paulo: Brasiliense, 1994. v. 1.

BRACHT, Valter. Educação Física e Ciência. 3. ed. Ijuí: Unijuí, 2007.

BRACHT, Valter et al. A prática pedagógica em Educação Física: a mudança a partir da pesquisa-ação. Revista Brasileira de Ciências do Esporte, Florianópolis, v. 23, n. 2, p. 9-29, jan. 2002.

CALDEIRA, Ana Maria Salgueiro. A formação de professores de educação física: quais saberes e quais habilidades? Revista Brasileira de Ciências do Esporte, Florianópolis, v. 22, n. 3, p. 87-103, maio 2001.

CASTELLANI FILHO, Lino. Educação Física no Brasil. Campinas: Papirus, 1988.

CAVALCANTE, Carlos Magno. Toyotismo e educação. 2006. Dissertação (Mestrado em Educação Brasileira) – Programa de Pós-Graduação em Educação, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2006.

CORREIA, José Alberto. Os “lugares comuns” na formação de professores. Porto: Edições ASA, 1999.

CRISTINO, Ana Paula; KRUG, Hugo Noberto. Um olhar crítico-reflexivo sobre a formação continuada de professores de educação física da rede municipal de ensino de Santa Maria. Movimento, Porto Alegre, v. 14, n. 1, p. 63-83, jan./abr. 2008.

DUARTE, Newton. Vigotski e o “aprender a aprender”. Campinas: Autores Associados, 2000.

FIGUEIREDO, Zenólia Christina. Experiências sociais no processo de formação docente em Educação Física. 2004. 210f. Tese (Doutorado em Educação) – Programa de Pós-Graduação em Educação, Faculdade de Educação, Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, 2004.

GAUTHIER, Clermont. Por uma teoria da pedagogia. Ijuí: Unijuí, 1998.

JORDÃO, Rosana dos Santos. Tutoria e pesquisa-ação no estágio supervisionado. 2005. 351f. Tese (Doutorado em Educação) – Programa de Pós-Graduação em Educação, Faculdade de Educação, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2005.

LUNARD, Luciana; DINIZ, Renato Eugênio. A prática como fonte de aprendizagem e o saber da experiência. Investigações em Ensino de Ciências, Porto Alegre, v. 6, n. 1, p. 79-96, 2001.

OLIVEIRA, Ana Carolina; RAMOS, Glauco Nunes. Construindo saberes pela formação e prática profissionais de uma professora de Educação Física do ensino médio. Motriz, Rio Claro, v. 14, n. 3, p. 252-259, jul./set. 2008.

PALAFOX, Gabriel Humberto Munoz. Planejamento coletivo do trabalho pedagógico da Educação Física como sistemática de formação continuada de professores. Movimento, Porto Alegre, v. 10, n. 1, p. 113-131, jan./abr. 2004.

PATRIARCA, Amanda Correa; ONOFRE, Tiago; MASCARENHAS, Fernando. Especialização em escolar: formação continuada de professores de Educação Física na Universidade Federal de Goiás. Pensar a Prática, Goiânia, v. 11, n. 3, p. 225-237, set./dez. 2008.

SANTOS, Lucíola Licínio de Castro Paixão. Dimensões pedagógicas e políticas da formação contínua. In: VEIGA, Ilma Passos (Org.). Caminhos da profissionalização do magistério. Campinas: Papirus, 1998. p. 123-136 TARDIF, Maurice. Saberes docentes e formação profissional. Petrópolis: Vozes, 2008.

TARDIF, Maurice. Saberes profissionais dos professores e conhecimentos universitários. Revista Brasileira de Educação, Belo Horizonte, n. 13, p. 5-24, 2000.

TARDIF, Maurice; GAUTHIER, Clermont. O professor enquanto “ator racional”. In: PERRENOUD, Philipe et al. (Org.). Formando professores profissionais. São Paulo: Artmed, 2001. p. 177-202.

TARDIF, Maurice et al. Os professores face ao saber. Teoria & Educação, Porto Alegre, n. 4, p. 215-233, 1991.

TARDIF, Maurice; LESSARD, Claude; LAHAYE, Louise. Os professores face ao saber: esboço de uma problemática do saber docente. Teoria e Educação, Porto Alegre, n. 4, p. 215-233, 1991.

TARDIF, Maurice; RAYMOND, Danielle. Saberes, tempo e aprendizagem do trabalho no magistério. Educação & Sociedade, Campinas, n. 73, p. 209-244, dez. 2000.

TERRA, Dinah. Orientação do trabalho colaborativo na construção do saber docente. Movimento, Porto Alegre, v. 10, n. 1, p. 157-179, jan./abr. 2004.

Proposições utiliza a licença do Creative Commons (CC), preservando assim, a integridade dos artigos em ambiente de acesso aberto.

Downloads

Não há dados estatísticos.