A linguagem da cultura corporal sob o olhar de professores da educação infantil

Autores

  • Mônica Caldas Ehrenberg Faculdade de Educação, Universidade de São Paulo

Palavras-chave:

Educação física. Educação infantil. Cultura corporal

Resumo

O presente artigo versa sobre a possibilidade de reconhecer a cultura corporal como sistematizadora da linguagem do corpo, e essa, como fonte de produção do gesto e da expressão na Educação Infantil. O objetivo principal da pesquisa é identificar o entendimento de professores acerca da cultura corporal como objeto de estudo da Educação Física para a Educação Infantil. A metodologia seguiu o caminho da pesquisa qualitativa do tipo descritiva. Os resultados apontam que as práticas corporais são contempladas na Educação Infantil, porém nem sempre sob a chancela da Educação Física. Pautados pela historicidade esportiva da Educação Física, os professores entrevistados compreendem essa disciplina como desfavorável para estar na Educação Infantil. Diante disso, vislumbra-se a necessidade de apresentar e de ressignificar aos professores de Educação Infantil uma Educação Física contemporânea que compreenda a cultura corporal como sistematizadora da linguagem corporal.

Abstract

The article discusses the possibility of accepting the body culture as systematization of the body language, and the later as source of gesture and expression in childhood education. The main purpose of the research was to identify the teachers understanding of the body culture as an object of study of Physical Education for children. The methodology used was descriptive qualitative research. The results indicate that body practices are contemplated in childhood education, but not always under the auspices of Physical Education. The interviewed teachers, who tend to take into account only the Physical Education past concern with sports, perceive it as not suitable for childhood education. We thus see the need to reframe and present to the teachers of childhood education the meanings of the contemporary Physical Education, which understands the body culture as a systematization of the body language.

Keywords Body language, body culture, childhood education

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Mônica Caldas Ehrenberg, Faculdade de Educação, Universidade de São Paulo

Doutora em Educação Física - UNICAMP (2008) - Área: Educação Física e Sociedade, Mestrado em Educação Física - UNICAMP (2003) - Área: Pedagogia do Movimento. Atualmente é professora da Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo (FEUSP), onde também coordena o grupo de estudos e pesquisas em Gesto, Expressão e Educação (GEPGEE). 

Referências

ARANHA, Maria Lúcia A.; MARTINS, Maria Helena P. Filosofando: introdução à Filosofia. São Paulo: Moderna, 1986.

AYOUB, Eliana. Reflexões sobre a Educação Física na Educação Infantil. Revista Paulista de Educação Física, São Paulo, Supl. 4, p. 53-60, 2001.

BRACHT, Valter. A constituição das teorias pedagógicas da educação física. Cadernos Cedes, Campinas, ano 19, n. 48, p.69-88, 1999.

BRASIL. Lei n. 9.394 de 20 de dezembro de 1996. Lei de Diretrizes e Base da Educação. Brasília, 1996.

BRASILEIRO, Livia T.; MARCASSA, Luciana P. Linguagens do corpo: dimensões expressivas e possibilidades educativas da ginástica e dança. Revista Pro-Posições, Campinas, v. 19, n. 3 (57), p. 195-207, set./dez. 2008.

COLETIVO DE AUTORES. Metodologia do Ensino de Educação Física. São Paulo: Cortez, 1992.

GOMES-DA-SILVA, Eliane; SANT`AGOSTINHO, Lucia H. Ferraz; BETTI, Mauro. Expressão corporal e linguagem na Educação Física: uma perspectiva semiótica.

Revista Mackenzie da Educação Física e Esporte, São Paulo, p. 29-38, 2005.

NASCIMENTO, Maria Letícia B. Pode-se pensar a creche como espaço de conquista social? Algumas reflexões. In: CONGRESSO LUSO-AFRO-BRASILEIRO DE CIÊNCIA SOCIAIS, 8., set. 2004, Coimbra.

NEIRA, Marcos Garcia. Educação Física na Educação Infantil: algumas considerações para a elaboração de um currículo coerente com a escola. In: FILHO, Nelson F. de Andrade; SCHNEIDER, Omar. Educação Física para Educação Infantil: conhecimento e especificidade. Aracaju: Editora UFS, 2008.

NEIRA, Marcos Garcia. Educação Física na perspectiva cultural: proposições a partir do debate em torno do currículo e da expansão do Ensino Fundamental. Revista Horizontes, Itatiba/SP, v. 27, n. 2, p. 79-89, jul./dez. 2009.

NEIRA, Marcos Garcia. Ensino de Educação Física. São Paulo: Thomson Learning, 2007. (Coleção Idéia em Ação).

SAYÃO, Deborah. Cabeças e corpos, adultos e crianças: cadê o movimento e quem separou tudo isso? Revista Eletrônica de Educação, São Carlos/SP: UFSCar, v. 2, n. 2, p. 92-105, nov. 2008.

Downloads

Publicado

2015-12-22

Como Citar

EHRENBERG, M. C. A linguagem da cultura corporal sob o olhar de professores da educação infantil. Pro-Posições, Campinas, SP, v. 25, n. 1, p. 181–198, 2015. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/proposic/article/view/8642487. Acesso em: 27 jan. 2023.

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)