Eurípedes e Pasolini. O mundo mítico rural e o mundo objetivo da cidade: educação e passagens

Autores

  • Milton José Almeida Universidade Estadual de Campinas

Palavras-chave:

Pasolini. Eurípedes. Medeia. educação. cidade

Resumo

Este artigo versa sobre a passagem do mundo mítico e agrícola para o mundo prático e objetivo da cidade em suas dimensões de violência e desagregação social, como se apresentam na tragédia Medeia, de Eurípedes, e no filme do mesmo nome, de Pier Paolo Pasolini. Essa passagem é representada pela aliança social dos personagens Medeia e Jasão e pela quebra dessa aliança. A educação dos personagens, o poder econômico, a perspectiva de miséria e desagregação da família conduzem os interesses e a violência das relações afetivas e sociais.

Abstract:

This article discusses the transition from the ancient peasant and mythical world to the objective and practical world of the city in its dimensions of violence and social disruption, as found in Euripides’ tragedy Medea and in the movie of the same name by Pier Paolo Pasolini. This passage is represented by the social alliance of the characters Medea and Jason and the breaking of this alliance. The education of the characters, the economic power, the expectancy of poverty and family breakdown drive the interests and the violence of affective and social relationships.

Key words: Pasolini. Euripedes. Medea. education. city

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Milton José Almeida, Universidade Estadual de Campinas

Estuda e realiza pesquisas sobre a Arte da Memória e as diferentes linguagens verbais, visuais e audiovisuais que dão forma e ideologia à Educação Cultural, ao imaginário e à inteligência contemporânea. Seus trabalhos e pesquisas também compreendem as Artes das Imagens e a pesquisa e criação de vídeos artísticos. Coordena o Laboratório de Estudos Audiovisuais Olho, da Faculdade de Educação.

Referências

CERAMI, V. La trascrizione dello sguardo. In: PASOLINI, P. P. Per il cinema. Milão: Arnoldo Mondadori Editore, 2001. v. 1.

EURÍPEDES. Medeia. In: EURÍPEDES. Medeia, Hipólito, As Troianas. Traduzido do grego por Mário da Gama Cury. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1991.

FERRETTI, D. Entrevista. [2005]. Disponível em: <http://www.berlinale-talentcampus. de/story/91/1691.html>. Acesso em: 23 maio 2011.

MEDEIA. Direção e roteiro: Pier Paolo Pasolini. Produção: Franco Rossellini e Marina Cicogna. Intérpretes: Maria Callas ; Massimo Girotti; Laurent Terzieff; Giuseppe Gentile; Margareth Clémenti e outros. Roma: San Marco SpA; Paris: Le Films Number One; Frankfurt: Janus Film und Fernsehen, 1969. 1 filme (110 min).

ORTEGA Y GASSET, J. Prólogo. In: CÓRDOBA, I. H. El collar de la palomba. Madrid: Alianza Editorial, 2010.

PASOLINI, P. P. Abjuración de la trilogia de la vida. Cartas luteranas. Madrid: Editorial Trotta, 1997. p. 61-64.

URUTÁGUA – revista quadrimestral acadêmica multidisciplinar, Departamento de Ciências Sociais da Universidade Estadual de Maringá (DCS/UEM), Maringá, Paraná, Brasil, n. 14, dez. 2007/jan./fev./mar. 2008. Disponível em: http://www.urutagua.uem.br/014/14lopes.htm. Acesso em: 30 maio 2011.

Downloads

Publicado

2016-02-12

Como Citar

ALMEIDA, M. J. Eurípedes e Pasolini. O mundo mítico rural e o mundo objetivo da cidade: educação e passagens. Pro-Posições, Campinas, SP, v. 23, n. 1, p. 99–109, 2016. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/proposic/article/view/8643228. Acesso em: 5 fev. 2023.

Edição

Seção

Dossiê