A pessoa religiosa na Sociologia da Religião de Georg Simmel

Autores

  • Patricia Amorim Paula Universidade Estadual de Campinas

Resumo

Georg Simmel (1858-1918), intelectual da Sociologia pouco conhecido e traduzido no meio acadêmico brasileiro, de origem judaica e nascido em Berlim, esteve junto aos principais teóricos de seu tempo: Max Weber e Ferdinand Tönnies, com os quais fundou a Sociedade Alemã de Sociologia. Sua experiência religiosa teve influência do catolicismo por parte do pai e do protestantismo por parte da mãe. Sob o protestantismo, casou-se e somente no fim de sua vida assumiu as raízes judaicas. Adepto de uma escrita ensaística para a produção de sua teoria sociológica, assim ele dialoga mais livremente com a filosofia, a antropologia e a psicologia, apresentando referências plurais como: Kant, Nietzche e Schopenhauer

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Patricia Amorim Paula, Universidade Estadual de Campinas

Estudante de Mestrado em Educação pela UNICAMP, na área de Ciências Sociais na Educação, tem como projeto de pesquisa "As políticas públicas culturais no âmbito da formação em música: um estudo sobre o Projeto Guri", sob a orientação da Professora Titular Liliana Segnini. Também é Professora de Educação Infantil na rede municipal de Campinas. Possui graduação em Pedagogia pela UNICAMP.

Downloads

Publicado

2016-02-12

Como Citar

PAULA, P. A. A pessoa religiosa na Sociologia da Religião de Georg Simmel. Pro-Posições, Campinas, SP, v. 23, n. 1, p. 203–207, 2016. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/proposic/article/view/8643235. Acesso em: 6 fev. 2023.

Edição

Seção

Leituras e Resenhas