Banner Portal
Multiculturalismo e educação inclusiva: contribuições da universidade para a formação continuada de professores de escolas públicas no Rio de Janeiro
PDF

Palavras-chave

Formação continuada docente. Educação inclusiva. Multiculturalismo. Estudo de caso. Coordenadores pedagógicos

Como Citar

XAVIER, Giseli Pereli de Moura; CANEN, Ana. Multiculturalismo e educação inclusiva: contribuições da universidade para a formação continuada de professores de escolas públicas no Rio de Janeiro. Pro-Posições, Campinas, SP, v. 19, n. 3, p. 225–242, 2016. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/proposic/article/view/8643464. Acesso em: 18 jun. 2024.

Resumo

A presente pesquisa parte do argumento de que a educação inclusiva poderia beneficiarse da perspectiva multicultural, que questiona formas de ocultação das diferenças de modo a desafiar preconceitos e processos de exclusão de grupos socioculturais oprimidos, no contexto educacional. Nesse sentido, o objetivo foi compreender possibilidades dessa articulação tanto em nível teórico, como a partir da análise de uma experiência extensionista de formação continuada para coordenadores pedagógicos, na rede estadual de educação do Rio de Janeiro, tomada como estudo de caso. Para tanto, explicitamos as bases teóricas do estudo e, em seguida, analisamos os dados da pesquisa, em termos das visões iniciais dos docentes sobre a temática; o teor do curso contido nos materiais; os debates realizados; a avaliação final dos potenciais e os desafios suscitados. Os resultados indicam a fertilidade das ações extensionistas da universidade na configuração da formação continuada para uma educação inclusiva multicultural.

Abstract: The present research is based on the argument that inclusive education could benefit from a multicultural perspective, with the questioning of mechanisms that hide differences, so as to challenge prejudices and processes that seclude oppressed socio-cultural groups in educational contexts. The aim of the research was to understand possibilities of working out this concept both in theoretical termsandwith the analysis ofan extensionistic experience of extended teacher education for pedagogical coordinators in the state of Rio de Janeiro, taken as a case study. We firstly structure the theoretical framework of the study; then, we analyze the research data for the teachers’ first impressions about the topics, as well as the course contents and materials and the ideas discussed, and we finally evaluate the potentials and challenges aroused by that experience. The results point to the fertility of extensionistic university actions in continuing teacher education for inclusive, multicultural education.

Key words: Teacher continuing education. Inclusive education. Multiculturalism. Case study; pedagogical coordinators

PDF

Referências

CANEN, Alberto Gabbay & CANEN, Ana. Organizações multiculturais. Rio de Janeiro: Ciência Moderna, 2005b.

CANEN, Ana. Competência pedagógica e a pluralidade cultural: eixo na formação de professores? Cadernos de Pesquisa, São Paulo, n.102, p.89-107, nov./1997.

________. Refletindo sobre identidade negra e currículo nas escolas brasileiras: contribuições do multiculturalismo. Série Estudos – Periódico do Mestrado em Educação da UCDB, Campo Grande, n.15, p.49-57, jan./jun. 2003.

________. Pesquisando multiculturalismo e pensando multiculturalmente sobre pesquisa e formação docente: uma experiência de currículo em ação. In: REUNIÃO ANUAL DA ANPED, 28, 2005, Caxambu, MG, 2005.

CANEN, Ana & CANEN, Alberto Gabbay. Rompendo fronteiras curriculares: multiculturalismo na Educação e outros campos de saber. Revista Currículo sem Fronteiras, v. 5, n. 2, pp. 40 – 49, 2005a.

CANEN, Ana & MOREIRA, Antonio Flávio Barbosa. Reflexões sobre o multiculturalismo na escola e na formação docente. Educação em Debate. Fortaleza, ano 21, v. 2, n. 38, p. 12-23, 1999.

CANEN, Ana & SANTOS, A. R. dos. Construção e reconstrução de identidades docentes no âmbito da formação continuada: possibilidades curriculares e didáticas multiculturais. Revista Brasileira de Estudos Pedagógicos, Brasília, v. 87, n. 217, pp. 339-349, 2006.

CANEN, Ana & XAVIER, Giseli Pereira de Moura. Multiculturalismo, pesquisa e formação de professores: o caso das Diretrizes Curriculares para a Formação Docente. Ensaio: Avaliação e Políticas Públicas em Educação. Rio de Janeiro: Fundação Cesgranrio, v. 13, n. 48, p. 333- 344, jul./set. 2005.

D’ADESKY, Jacques Edgard François. Racismos e anti-racismos no Brasil. Pluralismo étnico e multiculturalismo. Rio de Janeiro: Pallas, 2005.

MIRANDA, M. G. de & RESENDE, Anita Cristina Azevedo. Sobre a pesquisa-ação na Educação e as armadilhas do praticismo. Revista Brasileira de Educação, Rio de Janeiro, v. 11, n. 33, pp. 511-518, 2006.

SILVA, Tomaz Tadeu da. A produção social da identidade e da diferença. In: SILVA, Tomaz Tadeu da (Org.). Identidade e diferença. A perspectiva dos estudos culturais. Petrópolis: Vozes, 2000. p.73-102.

SKLIAR, Carlos (Org.). A invenção da e a exclusão da alteridade “deficiente” a partir dos significados da normalidade. Educação e Realidade – Das diferenças. Porto Alegre: Faculdade de Educação/UFRGS, v. 24, n. 2, p.15-32, jul./dez. 1999.

______. Inclusão ou exclusão. In: SHIMIDT, Saraí. A educação em tempos de globalização. Rio de Janeiro: DP&A, 2001. p.31-40.

XAVIER, Giseli Pereli de Moura. Educação inclusiva, módulo IV. Formação continuada para coordenadores pedagógicos, Programa Sucesso Escolar. Secretaria de Estado de Educação do Rio de Janeiro/Universidade Federal do Rio de Janeiro, 2005.

Proposições utiliza a licença do Creative Commons (CC), preservando assim, a integridade dos artigos em ambiente de acesso aberto.

Downloads

Não há dados estatísticos.