Banner Portal
Perversão do presente em currículos nômades
PDF

Palavras-chave

Currículo
Imaginação
Deleuze
Fotografia

Como Citar

OLIVEIRA, José Mário Aleluia. Perversão do presente em currículos nômades: acontecimentos. Pro-Posições, Campinas, SP, v. 18, n. 2, p. 129–144, 2016. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/proposic/article/view/8643550. Acesso em: 18 jun. 2024.

Resumo

O artigo apresenta alguns sentidos do trabalho realizado – nos entremeios de uma pesquisa de doutorado – em uma terceira série do Ensino Fundamental da rede municipal de Paulínia-SP, utilizando câmeras-latas na produção de agenciamentos, imaginações, efeitos, intuições. Deslocamentos do tempo e do espaço em agenciamentos currículos-fotografia-tempo pelos bairros do município. O trabalho parte de conceitos de Gilles Deleuze, colocando-os em fluxos para o campo dos estudos do currículo. Gilles Deleuze erige três formulações para o tempo que podem nos inspirar na produção de currículos nômades, ajudando-nos a traçar linhas que nos auxiliem a movimentar as formas de ser e de estar na escola. As potencialidades do encontro do currículo com os tempos “deleuzianos” são, neste trabalho, traçados, linhas do “conto” para se considerar a política curricular como estética artística.

PDF

Referências

BRANDÃO, Ludmila de Lima. A casa subjetiva: matérias, afectos e espaços domésticos. São Paulo: Perspectiva; Cuiabá: Secretaria de Estado de Cultura de Mato Grosso, 2002.

DELEUZE, Gilles; GUATTARI, Félix. O que é filosofia? Tradução: Bento Prado Júnior e Alberto Alonso Muñoz. Rio de Janeiro: Ed. 34, 1992. (Coleção TRANS).

DELEUZE, Gilles. Lógica do sentido. Tradução: Luiz Roberto Salinas Fortes. São Paulo: Editora Perspectiva S.A, 2003.

FADIGAS, Nuno. Inverter a Educação: de Gilles Deleuze à filosofia da educação. Portugal: Porto Editora, 2003.

Creative Commons License
Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution 4.0 International License.

Copyright (c) 2016 Pro-Posições

Downloads

Não há dados estatísticos.