A tecnologia como problema para uma teoria crítica da educação

Autores

  • Gildemarks Costa Silva Universidade Estadual de Campinas

Palavras-chave:

Filosofia da educação. Andrew Feenberg. teoria crítica da tecnologia

Resumo

Neste texto, procura-se apresentar os principais elementos teóricos da pesquisa de doutorado A tecnologia como um problema para a teoria da educação, defendida na Faculdade de Educação da Unicamp. Nessa apresentação geral da estrutura da pesquisa, o diálogo entre os “estudos da tecnologia” e os “estudos da educação” ganha destaque, procurando, assim, fazer emergir a tecnologia como um problema para o campo pedagógico.

Abstract:

This text is aimed at presenting the main theoretical elements of the doctor’s research Technology as a problem for education theory, presented in the College of Education at Unicamp. In this general presentation of the research structure, the dialogue between the “studies of tecnology” and the “studies of education” are highlighted,in a search to show technology as a problem for the pedagogical field.

Key words: Philosophy of education. Andrew Feenberg. Critical theory of technolgy

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Gildemarks Costa Silva, Universidade Estadual de Campinas

Possui graduação em Pedagogia pela Universidade Federal de Pernambuco (1995), Mestrado em Educação pela Universidade Federal de Pernambuco (1998) e Doutorado em Educação pela Universidade Estadual de Campinas (2005), com estágio de doutoramento no CES da Universidade de Coimbra/PT. Pós-doutorando no CES/UC. Professor Associado da Universidade Federal de Pernambuco. Tem experiência na área de Fundamentos da Educação, atuando principalmente nos seguintes temas: Fundamentos Epistemológicos da Educação, Filosofia da Tecnologia e educação. De um modo especial, busca suporte em autores da Filosofia da Tecnologia, especialmente Andrew Feenberg e Ivan Illich, para a análise crítica da relação tecnologia e educação. É um dos Editores da Revista Fronteiros da Educação.

Referências

ADORNO, Theodor Wiesengrund; HORKHEIMER, Max. Dialética do esclarecimento: fragmentos filosóficos. Tradução de Guido Antônio de Almeida. Rio de Janeiro: J. Zahar Editor, 1985. 254 p.

ARISTOTELES. Metafísica (livro I e livro II); Ética a Nicômaco; Poética. Tradução direta do grego por Vincenzo Cocco. São Paulo: Abril Cultural, 1984. 329 p.

BOURG, Dominique. Natureza e técnica – ensaio sobre a idéia de progresso. Tradução de Maria Carvalho. Lisboa: Instituto Piaget, 1998. 158 p.

CHAUÍ, Marilena. A universidade pública sob nova perspectiva. 12 p. Disponível em: . Acesso em: 01 de novembro de 2003.

CROCHÍK, José León. Teoria crítica e novas tecnologias da educação. In: PUCCI, Bruno et al. Tecnologia, Cultura e Formação... ainda Auschwitz. São Paulo: Cortez, 2003. p. 97- 114.

CUPANI, Alberto. A tecnologia como um problema filosófico: três enfoques. SCIENTIAE Studia, São Paulo, v. 2, n. 4, p. 493-518, out./dez. 2004.

ELLUL, Jacques. A técnica e o desafio do século. Tradução de Roland Corbisier. Rio de Janeiro: Editora Paz e Terra Ltda., 1968. 445 p.

FEENBERG, Andrew. Critical theory of technology. New York: Oxford University Press, 1991. 235 p.

FEENBERG, Andrew. Alternative modernity: the technical turn in philosophy and social theory. California: University of California Press, 1995. 251 p.

FEENBERG, Andrew. Questioning Technology. 3. ed. London and New York: Routeledge – Taylor & Francis Group, 2001. 243 p.

FEENBERG, Andrew. Teoria Crítica da Tecnologia. Tradução da equipe de tradutores do Colóquio Internacional teoria crítica e educação. 17 p. Disponível em: <http://www.sfu.ca/ ~andrewf/>. Acesso em: março de 2005a.

FREIRE, Paulo. Pedagogia do oprimido. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1985. 218 p.

GHIRALDELLI JR., Paulo. O ensino na internet dentro de uma filosofia da educação de esquerda. 11p. Disponível em: <http://www.pedagogia.pro.br/info-educação.htm>. Acesso em: 20 de março de 2003.

HEIDEGGER, Martin. Ensaios e conferências. Tradução de Emmanuel Carneiro Leão; Gilvan Fogel; Márcia Sá Cavalcante Schuback. Petrópolis: Vozes, 2001. 269 p.

KLINGE, Gérman Doig. Tecnologia, Utopia e Cultura. 13p. Disponível em: . Acesso em: 01 de abril de 2003.

MARCUSE, Herbert. Tecnologia, Guerra e Facismo. Tradução de Maria Cristina Vidal Borba; revisão de tradução de Isabel Maria Loureiro. São Paulo: Fundação Editora da UNESP, 1999. 371p.

MARTINS, Hermínio; GARCIA, José Luís; (Org.). Dilemas da Civilização Tecnológica. Lisboa: Imprensa de Ciências Sociais. 2003. 377 p.

MAYORGA, René Antonio. Teoria como reflexion critica. La Paz/Bolívia: Talleres Gráficos Hisbol, 1990. 217 p.

MCLUHAN, Marshall. Os meios de comunicação: como extensões do homem. Tradução de Decio Pignatari. São Paulo: Cultrix, 1969. 407 p.

MITCHAM, Carl. ¿Qué es la Filosofía de la Tecnología? Barcelona: Editora Antrhropos, 1989. 213 p.

MUMFORD, Lewis. Técnica y Civilización. 4. ed. Versión española de Constantino Asnar de Azevedo. Madrid: Alianza Editorial, 1982. 525 p.

MUMFORD, Lewis. Arte e Técnica. Tradução de Fátima Godinho. Lisboa: Edições 70, 2001. 143 p.

PUCCI, Bruno. Apresentação: Tecnologia, cultura e formação... ainda Auschwitz. In: PUCCI, Bruno et al. Tecnologia, Cultura e Formação... ainda Auschwitz. São Paulo: Cortez, 2003. p. 7-18.

SANTOS, Laymert Garcia dos. Perspectivas que a revolução micro-eletrônica e a internet abrem à luta pelo socialismo. Revista Adunicamp, Campinas, ano 4, n. 1, p. 19-28, nov. 2002.

SAVIANI, Dermeval. Educação: do senso comum à consciência filosófica. 13. ed. Campinas: Editora Cortez/Autores Associados, 2000. 247 p.

SCHMIED-KOWARZIK, Wolfdietrich. Pedagogia Dialética. 2. ed. Tradução de Wolgang Leo Maar. São Paulo: Editora Brasiliense, 1988. 143 p.

SNOW, Charles Percy. As Duas Culturas e uma Segunda Leitura: uma Versão Ampliada das Duas Culturas e a Revolução Científica. Tradução de Geraldo Gerson de Souza; Renato de Azevedo Rezende Neto. São Paulo: Editora da Universidade de São Paulo, 1995. 128 p.

SPENGLER, Oswald. El hombre y la técnica: contribución a una filosofia de la vida. Tradução de Manuel G. Morente. Bilbao/Madrid/Barcelona: Espasa-Calpe S. A., 1932. 125 p.

STERNE, Jonathan. Bourdieu, technique and technology. Cultural Studies, USA, v. 17, n. 3/4, , p. 367-389, maio/jul. 2003.

Downloads

Publicado

2016-02-22

Como Citar

SILVA, G. C. A tecnologia como problema para uma teoria crítica da educação. Pro-Posições, Campinas, SP, v. 18, n. 1, p. 115–133, 2016. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/proposic/article/view/8643578. Acesso em: 18 maio. 2022.

Edição

Seção

Dossiê