O Ritmo, a Música e a Educação

Autores

  • José Rafael Madureira Universidade Estadual de Campinas

Resumo

Émile Henri Jaques nasceu na terra da música, Viena, em 1865, sob a regência da Lua. Seus pais eram suíços e retornaram ao país de origem no ano de 1875. Dalcroze foi um nome criado e adotado profissionalmente por Émile Jaques que esteve sempre envolvido pela música, arte que reunia os interesses mais caros de sua modesta família burguesa. Suas andanças foram muitas e delas ele retirou o fôlego para compor um brilhante pensamento sobre a formação musical da crian- ça e a educação da sociedade. Ele foi jornalista; ator (clown); professor de harmonia, solfejo e história da música (no Conservatório de Genebra); regente de orquestra (na Argélia); compositor; diretor teatral (mise en scène); e, não se pode negar, coreógrafo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

José Rafael Madureira, Universidade Estadual de Campinas

É professor de Dança e Rítmica junto ao Departamento de Educação Física da UFVJM e pesquisador líder do Grupo de Estudos em Métodos e Técnicas de Ensino de Dança, Teatro e Música (CNPq/UFVJM). Possui mestrado e doutorado em Educação, Linguagem e Arte pela UNICAMP e realizou especializações em dança na França sob a orientação de Françoise Dupuy. Foi professor na Escola de Música e Artes Cênicas da Universidade Federal de Goiás e no Departamento de Linguagem e Arte da Faculdade de Educação da UNICAMP. Estuda a Estética Aplicada de François Delsarte e a Rítmica de Jaques-Dalcroze, tendo traduzido e publicado os ensaios Método Filosófico do Canto (1833) e Os Estudos Musicais e a Educação do Ouvido (1898). 

Referências

BEACHAM, Richard. Appia, Jaques-Dalcroze e Hellerau: poesia in movimento. in ROPA, Eugenia Casini (org.). Alle Origine della Danza Moderna. Bolonha: Il Mulino, 1990, 335 p.

DUTOIT-CARLIER, Claire-Lise. Jaques Dalcroze: créateur de la Rythmique In MARTIN, Frank et al. Émile Jaques-Dalcroze: L’Homme, Le Compositeur, Le Créateur de la Rythmique. Suiça: La Baconnière, 1965, 595 p.

FRANCO, Susanne. Emile Jaques-Dalcroze. In CARANDINI, Silvia e VACCARINO, Elisa. La Generazione Danzante: L’Arte del Movimento in Europa nel primo Novecento. Roma: Di Giacomo Editore, 1997, 512 p.

LANGLADE, Alberto e LANGLADE, Nelly Rey de. Teoria General de la Gimnasia. 2ª. ed. Buenos Aires: Editorial Stadium, 1982, 526 p.

ROPA, Eugenia Casini. La Danza e L’Agitprop: I Teatri-non-teatrali nella Cultura Tedesca del primo Novecento. Bolonha: Il Mulino, 1988, 223 p

Downloads

Publicado

2016-02-22

Como Citar

MADUREIRA, J. R. O Ritmo, a Música e a Educação. Pro-Posições, Campinas, SP, v. 18, n. 1, p. 269–273, 2016. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/proposic/article/view/8643581. Acesso em: 18 maio. 2022.

Edição

Seção

Leituras e Resenhas

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)