Construção da identidade, o processo educacional e a violência uma visão psicanalítica

Autores

  • David Léo Levisky Universidade de São Paulo

Palavras-chave:

Processo de identificação. Educação. Sujeito. Subjetividade. Violência

Resumo

O autor aborda as relações existentes entre os processos de identificação educacional, à luz da psicanálise, na construção da subjetividade da criança e do adolescente, na sociedade contemporânea. Questões como violência, cidadania, liberdade, democracia são frutos de relações precoces estabelecidas no seio familiar e na cultura, através da educação. Descreve a interação entre as relações educacionais, afetivas, constitucionais, sociais, econômicas na formação e desenvolvimento do seb,do ego e do superego, resultando na organização de diferentes "configurações" psicodinâmicas. Estas configurações podem ser favorecedoras ou não na integração social. Salienta a importância do contexto social na edificação do mundo interno do sujeito e nas formas de vazão da vida pulsional, simbólica e do pensamento.

Abstract:

The author studies, from a psychoanalytic approach, the relationship between the identification and the educational processes in the organization of the subjectivity of children and adolescents in contemporary society. Values like violence, citizenship, freedom and democracy are formed by society according to the early relationships the child establishes with the family and culture, through education. The author describes the interaction among the educational, emotional, constitutional, social and economic aspects in the formation and development of the self, ego and super-ego. This dynamic interaction accounts for the different psychodynamic configurations, which can be positive or negative, for social integration. He stresses the importance of the social context in the organization of the inner world of the individual, bis thoughts, bis symbolic and emotional characteristics.

Key-words: Identification process. Education. Subject. Subjectivity. Violence

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

David Léo Levisky, Universidade de São Paulo

Analista didata e professor da Sociedade Brasileira de Psicanálise de São Paulo. Psiquiatra formado pela Escola Paulista de Medicina da Universidade Federal de São Paulo, com especialização em Psiquiatria e nas áreas da  infância e da adolescência. Doutor em História Social pela Universidade de São Paulo.

Referências

ABADI, S. Transiciones. Buenos Aires: Lumen, 1996.

CAMARGO, Z. É difícil entender a sucessão de eventos passados. Folhade S. Paulo,São Paulo, 14 ago. 1995. Caderno Ilustrada, p. 5.

FOUCAULT, M. A Ordemdo Discurso.São Paulo: Edições Loyola, 1998.

HINSHELWOOD. Dicionário do pensamento kleiniano. Porto Alegre: Artes Médicas, 1992.

COMPARATO, F. K. Povos dominados do mundo, uni-vos! FolhadeS. Paulo,São Paulo, 17 ago. 2001, Seção Tendências/Debates, p.A3.

LALANDE, A. VocabulárioTécnicoe Criticoda Filosifia.São Paulo: Martins Fontes, 1993.

LAPLANCHE e PONTALIS. Vocabu/airede Ia P.rychana!Jse. Paris: PUF, 1973.

LEVISKY, D. L. Algumas contribuições da psicanálise à psicopedagogia. In: SCOZ, B.; BARONE, L.; CAMPOS, M.; MENDES, M. Psicopedagogia- contextualização,formação,t atuaçãoprifissionaL Porto Alegre: Artes Médicas, 1992, p.46-55.

LEVISKY, D. L. Adolescência:reflexõespsicoanalíticas.Porto Alegre: Artes Médicas,.1994. . Adolescência e violência: conseqüênciasda realidade brasileira. São Paulo: Editora Casa do Psicólogo, 143 p. (Org.). Adolescênciapelos caminhosda violência.São Paulo: Editora Casa do Psicólogo, 188 p.

ROSSI, C. Dissenso de Washington. FolhadeS. Paulo,São Paulo, 26 ago. 2001, p. A12.

ROUSSEAU, J. J. EmilioouDa Educação.Difusão Européia do Livro, 1968.

WINNICOTT, D.W O papel de espelho da mãe e da família no desenvolvimento infantil. In: O Brincare a Realídade.Rio de Janeiro: Imago Ed.Ltda., 1975. mDesenvolvimento emocional primitivo (1945). In: WINNICOTT, D.W Da Pediatriaà Psicanálise.São Paulo: Livraria Francisco Alves, 1978.

Objetos transicionais e fenômenos transicionais (1951). In: WINNICOTI, D.W Da Pediatriaà Psicanálise.São Paulo: Livraria Francisco Alves, 1978.

WINNICOTI, D.W A tendência anti-social (1956). In: WINNICOTI, D.W Da Pediatria à Psicanálise.São Paulo: Livraria Francisco Alves, 1978.

. Tudo Começaem Casa. São Paulo: Martins Fontes, 1989.

. Algumas reflexões sobre o significado da palavra democracia (1950). In: . Tudo Começaem Casa. São Paulo: Martins Fontes, 1989.

. Agressão, culpa e reparação (1960a). In: WINNICOTI, D.W Tudo Começa em Casa. São Paulo: Martins Fontes, 1989.

. A liberdade (1969). In: WINNICOTI, D.W TudoComeçaemCasa.São Paulo: Martins Fontes, 1989.

. A delinqüência como sinal de esperança (1967). In: WINNICOTI, D.W Tudo Começaem Casa. São Paulo: Martins Fontes, 1989.

.;SHEPHERD, R.;DAVIS, M. (Orgs.). Exploraçõespsicanalíticas-D.W Winnicott.

Porto Alegre: Artes Médicas, 1994.

.; SHEPHERD, R.; DAVIS, M. (Orgs.). Psicogênese de uma fantasia de espancamento (1958). In: WINNICOTI, c.; SHEPHERD, R.; DAVIS, M. (Orgs.). ExploraçõesPsicanalíticas- D.WWinnicott.Porto Alegre: Artes Médicas, 1994.

.; SHEPHERD, R.; DAVIS, M. (Orgs.). Comentários sobre "On the concept of the superego" de Joseph Sandler (1960b). In: WINNICOTI, c.; SHEPHERD, R.; DAVIS, M. (Orgs.). ExploraçõesPsicanalíticas-D.WWinnicott. Porto Alegre: Artes Médicas, 1994.

; SHEPHERD, R.; DAVIS, M. (Orgs.). Erik Erikson. Resenha de "Childhood and Society" (1965). In: WINNICOTI, c.; SHEPHERD, R.; DAVIS, M. (Orgs.).

ExploraçõesPsicanalíticas- D.WWinnicott.Porto Alegre: Artes Médicas, 1994.

.; SHEPHERD, R.; DAVIS, M. (Orgs.). O pensar e a formação de símbolos (1968a). In: WINNICOIT, c.; SHEPHERD, R.; DAVIS, M. (Orgs.). Explorações Psicanalíticas - D.WWinnicott. Porto Alegre: Artes Médicas, 1994.

; SHEPHERD, R.; DAVIS, M. (Orgs.). O brincar e a cultura (1968b). In: .; SHEPHERD, R.; DAVIS, M. (Orgs.). Explorações Psicanalíticas - D.WWinnicott.Porto Alegre: Artes Médicas, 1994.

Downloads

Publicado

2016-03-07

Como Citar

LEVISKY, D. L. Construção da identidade, o processo educacional e a violência uma visão psicanalítica. Pro-Posições, Campinas, SP, v. 13, n. 3, p. 99-112, 2016. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/proposic/article/view/8643939. Acesso em: 30 out. 2020.

Edição

Seção

Dossiê