Banner Portal
A formação do professor e a práticapedagógica
PDF

Palavras-chave

Prática pedagógica. Formação. Profissão profissional. Condições de trabalho

Como Citar

NASCIMENTO, Clara Germana SÁ G. A formação do professor e a práticapedagógica. Pro-Posições, Campinas, SP, v. 11, n. 3, p. 34–44, 2016. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/proposic/article/view/8644022. Acesso em: 17 jun. 2024.

Resumo

Este trabalho examina o vínculo entre a prática pedagógica e a formação do professor. Não trataremos aqui da formação em geral, ou seja,separada de suas determinações concretas, mas da formação articulada com asrelações sociais que se instituem num processo de trabalho específico: o processo de trabalho pedagógico. Explicaremos, dentro do possível, como a formação do profissional da educação vai sendo gestada nas condições concretas em que se efetiva. Obriga-nos a pensar não só a natureza dos saberes mobilizados na escola, mas, também, o papel do professor como profissional, seus princípios, conteúdos e métodos da sua formação. É um estudo que vai privilegiar,portanto, a prática como eixo para se entender o alcance social e produtivo do trabalho pedagógico do professor.

Abstract:

This work examines the entail between the pedagogic practice and the teacher's formation. We won't treat here in general about the formation, that is to say,separate from its concrete determinations, but of the formation articulated to the social rclationships that are instituted in a process of specific work: the process of pedagogic work. We will explain inside of the possible, as the professional's of the education formation it is going being managed in the concrete conditions in that effective. It forces us to think not only the nature of the knowledges mobilized in the school, but also the teacher's paper as professional, its beginnings, contents and methods of its formation. It is a study that will privilege, therefore, the practice as axis to understand the social and productive reach of the teacher's pedagogic work.

Word-keys: Pedagogic practice. Formation. Professional profession. Work conditions

PDF

Referências

Bachelard, G. A filosofia do não. São Paulo: Abril, 1970, p.144.

Braverman, H. Trabalho e caPital monopolista:A degradaçãodo trabalho no séc. XX. Rio de Janeiro: Zahar, 1977.

Brzezinski, 1. Tendências na formação de proftssores. Mimeo: ANFOP, 1995, p.12.

Dominicé, P. L'histoire de vie commeprocessus deformation. Paris: L'Harmattian, 1990, pp.149-150.

Dadoy, M. Qualiftcation et estructuressociales.CADRES, CFDT: 1984.

Gomes, A. P. O pensamento prático do proftssor. A formação doproftssor comoprifissional reflexivo. Lisboa: Dom Quixote, 1995, pp. 16-32.

Gramsci, A. Os intelectuais e a organiif1çãoda cultura. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1978, p.131.

Habermas, J. Conhecimento e interesse. Rio de Janeiro: Guanabara, 1987, p. 45.

Hutmacher, W. A escolaem todos os seus estados.Lisboa: Dom Quixote, 1995, p. 63.

Japiassu, H. Introdução ao pensamento espistemológico.Rio de Janeiro: Zahar, 1977, p. 173.

Marx, K. O caPital.São Paulo: Ciências Humanas, 1978, Liv. I, capo VI, pp. 70-72.

Perrenoud, P. "Práticas pedagógicas: Profissão docente e formação". In: Perspectivassociológicas.Lisboa: Dom Quixote, 1993.

Polanyi, M. The tacit dimension. Nova York: Doubleday, 1967.

Poulantzas, N. As classessociais no caPitalismode hqje. Rio de Janeiro: Zahar, 1978, pp. 233-234.

Snyders, G. Alegria na escola.São Paulo: Manole, 1988, p. 57.

Therrien, J. Trabalho e saber. A interação no contexto da pós-modernidade. 1996, p. 57.

Proposições utiliza a licença do Creative Commons (CC), preservando assim, a integridade dos artigos em ambiente de acesso aberto.

Downloads

Não há dados estatísticos.