Banner Portal
Ride to live, live to ride
Capa: Lygia Eluf (sem título, série Desenhos da Quarentena, técnica: nanquim/papel, 35x15cm, 2020) e Carlos Lamari.
PDF

Palavras-chave

Pedagogias culturais
Identidade
Harley-Davidson

Como Citar

OLTRAMARI, Leandro; NAUJORKS, Carlos José. Ride to live, live to ride: Harley-Davidson como uma pedagogia cultural. Resgate: Revista Interdisciplinar de Cultura, Campinas, SP, v. 31, n. 00, p. e023019, 2023. DOI: 10.20396/resgate.v31i00.8667911. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/resgate/article/view/8667911. Acesso em: 22 abr. 2024.

Resumo

O campo de estudos das pedagogias culturais tem avançado de forma considerável em demonstrar os processos de produção cultural e de construção identitária desenvolvidos pelas grandes corporações a partir de seus interesses de mercado. Este trabalho pretende contribuir com os estudos sobre as pedagogias culturais através de uma análise das narrativas presentes no universo de motocicletas custom e o seu papel na apresentação de referentes identitários relevantes para a construção de uma identidade social biker. Busca-se evidenciar o papel da indústria cultural e, de forma específica, da Harley-Davidson, em constituir os referentes identitários a partir dos quais se dão os processos de construção da identidade social biker custom.

https://doi.org/10.20396/resgate.v31i00.8667911
PDF

Referências

ANDRADE, Paula Deporte. Pedagogias culturais – uma cartografia das (re)invenções do conceito. 2016. 210f. Tese (Doutorado em Educação) – Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2016.

ANDRADE, Paula Deporte; COSTA, Marisa Vorraber. Nos rastros do conceito de pedagogias culturais: invenção, disseminação e usos. Educação em Revista, v.33, e157950, 2017. Epub Jun 22, Disponível em <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-46982017000100118&lng=pt&nrm=iso>. Acesso em 8 de janeiro de 2020. https://doi.org/10.1590/0102-4698157950.

BARGER, Sonny; ZIMMERMANN, Kent.; ZIMMERMANN, Keith. Hell’s Angels: a vida e a época de Sonny Barger e do Hell’s Angels Motorcycle Club. São Paulo: Edições Ideal. 2015.

BECK, Dinah Quesada; GUIZZO, Bianca Salazar. Estudos Culturais e Estudos de Gênero: proposições e entrelaces às pesquisas educacionais. Holos, v.4, p. 172-182, 2013. Disponível em https://www.redalyc.org/pdf/4815/481548606016.pdf. Acesso em 22 de novembro de 2020.

CONHEÇA A HISTÓRIA DA MONTADORA HARLEY-DAVIDSON. Disponível em https://www.moto.com.br/Harley-Davidson/historia.html. Acesso em 20 de fevereiro de 2020.

DARK CUSTOM, NOVO CONCEITO HARLEY-DAVIDSON. Disponível em https://www.youtube.com/watch?v=epBZahc3c9c.Acesso em 14 de janeiro de 2020.

DEAN, Misao. Harley culture from the outside: Cowboys, Guns and Patriotism. Internacional Journal of Motorcycle Studies. v. 17, p. 1-10, 2017. Disponível em https://motorcyclestudies.org/volume-13-2017/harley-culture-from-the-outside-cowboys-guns-and-patriotism-misao-dean/.Acesso em 8 de janeiro de 2020.

FERNANDES, Hiram Souza. A relação entre as identidades territoriais e a “nova urbanidade”: o caso das manifestações identitárias dos grupos de motociclistas em Salvador. 2012. 106f. Dissertação (Mestrado em Geografia) – Universidade Federal da Bahia, Salvador, 2012. Retirado de file:///C:/Users/Leandro%20Oltramari/Downloads/Hiram%20Souza%20Fernandes%20(1).pdf. Acesso em 11 de novembro de 2019.

FRANÇA, Cristian Rodrigues; CARVALHO, Elvis José Novaes. Perfil dos consumidores de motocicletas Harley-Davidson. Revista Eletrônica de Ciências Empresariais, v. 8, n. 12, p. 43-64, 2016. Disponível em http://periodicos.unifil.br/index.php/revista-empresrial/article/view/493. Acesso em 20 de novembro de 2019.

GIROUX, Henry. Memória e Pedagogia no Maravilhoso Mundo da Disney. In: SILVA, Tomaz Tadeu (Org.). Alienígenas na sala de aula: uma Introdução aos Estudos Culturais em Educação. Petrópolis: Vozes. 1995. p.132-158.

GIROUX, H. Atos impuros: a prática política dos estudos culturais. Porto Alegre: Artmed, 2003.

HARLEY DAVIDSON BRASIL. Disponível em https://www.harley-davidson.com/br/pt/index.html. Acesso em 20 de março de 2021.

QUINN, James F.; FORSYTH, Craig F. Leathers and Rolexs: The Symbolism and Values of the Motorcycle Club, Deviant Behavior, v.30, n.3, p. 235-265, 2009. Disponível em https://www.tandfonline.com/doi/abs/10.1080/01639620802168700. Acesso em 20 de novembro de 2019.

MARTINEZ, Sandra; SANJUÁN, Antonio. Bikes and Movies: A Brief History of Motorcycle in Cinema. CINEJ Cinema Journal, v. 3.2, p. 141-164, 2014. doi: http://dx.doi.org/10.5195/cinej.2014.94.

MESQUITA, Maria Elizabeth; MAIA, Carlos Eduardo. Territórios e territorialidades urbanas em Goiânia: as tribos dos motos clubes. Boletim Goiano de Geografia, v. 27, n. 3, p. 125-142, 2007. Retirado de https://www.redalyc.org/pdf/3371/337127148007.pdf. Acesso em 22 de julho de 2020.

MOREL, Dan. A Crise da Harley-Davidson: Como a MotorCompany chegou onde está hoje. Disponível em https://drdanmorel.wordpress.com/2020/08/04/a-crise-da-harley-davidson-como-a-motorcompany-chegou-onde-esta-hoje/#:~:text=Com%20o%20mercado%20saturado%20de,passou%20a%20ser%20ela%20mesmo.&text=Para%20a%20Harley%2DDavidson%2C%20isso,tornou%2Dse%20um%20grande%20problema

MUCCHIELLI, Alex. L’Identité. 3.ed. Paris: Press Universitaire de France, 1994.

ORAZEM, Eloá. Na Harley-Davidson, o piloto sumiu e a marca busca uma nova rota. Disponível em https://neofeed.com.br/blog/home/na-harley-davidson-o-piloto-sumiu-e-a-marca-busca-uma-nova-rota/. Acesso em 16 de dezembro de 2020.

OUDIN, François. Ethnologie du quotidien des “passionnés de moto”. Construction d’un être au monde par l’investissement d’une machine. 2009. 498f. Thèse (École Doctorale Piemes) – Université Paul-Verlaine, Metz, 2009. Disponível em http://docnum.univ-lorraine.fr/public/UPV-M/Theses/2009/Oudin.Francois.LMZ0911.pdf. Acesso em 08 de fevereiro de 2020.

RECHETELO, Alan; BERNARDES, Clara Colla.; BÉNÉTULLIÈRE, François; SPENGLER, Victoria Santos. Harleyros em Curitiba: Traços Culturais, hábitos de consumo e conflitos de gênero. Brazilian Journal of Development, v.5, n.4, p. 2613-2635, 2019. Disponível em https://www.semanticscholar.org/paper/Harleyros-em-Curitiba-Tra%C3%A7os-Culturais%2C-h%C3%A1bitos-de-Rechetelo-Bernardes/32c0b8abe3ded72a96f3a48ef0f1331dde6476ee. Acesso em 08 de março de 2020.

SCHOUTEN, John W.; MCALEXANDER, James. H. Subcultures of consumption: an Ethnography of the new bikers. Journal of consumer research, v.22, p. 43-61, 1995. Disponível em https://research.aalto.fi/en/publications/subcultures-of-consumption-an-ethnography-of-the-new-bikers. Acesso em 08 de março de 2020.

SILVA, Kleber Lopes. “Isso é coisa pra macho”: a construção de masculinidades nos encontros de motociclistas em Goiânia. 2016, 99f. Dissertação (Mestrado em Antropologia Social), Universidade Federal de Goiânia, Goiânia. 2016. Disponível em https://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/6448. Acesso em 08 de março de 2020.

SANTOS, Edna de Souza Machado; SILVA, Dirceu da; BRAGA JÚNIOR, Sérgio Silva; NASCIMENTO, Carlos Alberto Xavier da. Comportamento do consumidor da comunidade de marca Harley-Davidson e a influência do self-expandido. Revista Brasileira de Marketing – ReMark, v.16, n.1. 2017. p. 98-114. Disponível https://periodicos.uninove.br/remark/article/view/12169. Acesso em 08 de fevereiro de 2020.

SOARES, Maria Elizabeth Alves Mesquita. Idas e vindas entre as paisagens e as festas motociclísticas e motoclubísticas no Estado de Goiás. 2016, 251f. Tese (Doutorado em Geografia), Universidade Federal de Goiás, Goiânia. 2016. Disponível em file:///C:/Users/Leandro%20Oltramari/Downloads/Tese%20-%20Maria%20Elisabeth%20Alves%20Mesquita%20Soares%20-%202016%20(1).pdf. . Acesso em 11 de março de 2020.

STRYKER, Sheldon. Identity competition: key to differential social movement participation. In: STRYKER, Sheldon; OWENS, Thimothy J.; WHITE, Robert W. (Orgs.) Self, Identity, and Social Movements. Minnesota: University of Minnesota Press. 2000. p.21-40.

THOMPSON, Hunter. S. Hell’s Angels: medo e delírio sobre duas rodas. São Paulo: Conrad Editora do Brasil, 2004.

TOLEDO PINTO, Fátima Regina de. Você tem uma moto ou uma Harley: vínculos com a marca Harley-Davidson em São Paulo. 2011, 203f. Tese (Doutorado em Antropologia Social) – Universidade de São Paulo, São Paulo. 2011. Disponível em https://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8134/tde-17082012-095850/pt-br.php. Acesso em 16 de março de 2019.

Creative Commons License

Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivatives 4.0 International License.

Copyright (c) 2023 Resgate: Revista Interdisciplinar de Cultura

Downloads

Não há dados estatísticos.