Ser Humano na Era da Reprodutibilidade Técnica

  • Marcos Nalli Universidade Estadual de Londrina
  • José Fernandes Weber Universidade Estadual de Londrina
Palavras-chave: Ser Humano. Reprodutibilidade técnica. Protética. Novas tecnologias. Mediadores político-éticos

Resumo

Nosso propósito é buscar apresentar algumas possibilidades de reflexão que permitam articular o homem, sua natureza, e o advento das novas tecnologias. Ora, as novas tecnologias – a biotecnologia, a genética, a nanotecnologia e as ciências informacionais – parecem convergir no sentido de forçar a se repensar a própria natureza humana tomando-a também como uma espécie de artefato. Procuraremos estabelecer, por fim, algumas pistas reflexivas sobre os objetos e artefatos tecnológicos, principalmente em função de sua natureza protética, como mediadores políticos e éticos.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marcos Nalli, Universidade Estadual de Londrina
Universidade Estadual de Londrina / Departamento de Filosofia / Mestrado em Filosofia (UEL)
José Fernandes Weber, Universidade Estadual de Londrina
Universidade Estadual de Londrina / Departamento de Filosofia / Mestrado em Filosofia (UEL)
Publicado
2014-10-06
Como Citar
Nalli, M., & Weber, J. F. (2014). Ser Humano na Era da Reprodutibilidade Técnica. Filosofia E Educação, 6(3), 301-327. https://doi.org/10.20396/rfe.v6i3.1760

Artigos mais lidos pelo mesmo (s) autor (es)