Religação dos aspectos de natureza e cultura na formação humana

Autores

  • Rita Ribeiro Voss Universidade Federal de Pernambuco

DOI:

https://doi.org/10.20396/rfe.v9i3.8649752

Palavras-chave:

Epistemologia. Formação humana. Religação.

Resumo

O artigo reflete sobre formação humana a partir da antropologia, isto é, como pensamento de religação de natureza e cultura, retoma os conceitos de cultura ao longo do desenvolvimento da antropologia que dividem a disciplina em dois campos opostos, um universalista e outro relativista. No entanto, ao contrário, a formação humana requer que pensemos a condição humana em sua estrutura biológica, que resulta na potencialidade humana de criar Cultura, universos simbólicos que são configurados por culturas particulares. A contribuição da antropologia é oferecer para a educação um pensamento sobre a condição humana de forma a responder aos desafios humanos, sociais e ambientais no século XXI.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rita Ribeiro Voss, Universidade Federal de Pernambuco

Antropóloga, professora doutora de graduação e pós-graduação no Centro de Educação da Universidade Federal de Pernambuco. Pós-doutorado em Antropologia na PUC-SP. Atualmente, fazendo pós-doutorado em História Social na Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra.

 

Referências

BENEDICT, Ruth. Padrões de Cultura. São Paulo: Livros do Brasil, 1983.

COMTE-SPONVILLE, André. O alegre desespero. São Paulo: Editora UNESP; Belém, PA: Editora da Universidade Estadual do Pará, 2002.

CASTRO, Celso (org). Evolucionismo cultural: textos de Morgan, Tylor e Frazer. Rio de Janeiro, Jorge Zahar, 2009.

LARAIA, Roque de Barros. Cultura: um conceito antropológico. Rio de Janeiro: Zahar, 2009.

LARROSA, Jorge. Nietzsche e a educação. Belo Horizonte: Autêntica, 2005.

LATOUR, Bruno. Jamais fomos modernos: ensaio de antropologia simétrica. Rio de Janeiro: Ed. 34, 1994.

LEVI-STRAUSS, Claude. Natureza e cultura. In: As estruturas elementares do parentesco. Petropólis: Vozes, 2009.

LEVI-STRAUSS, Claude. Três grandes problemas contemporâneos: sexualidade, o desenvolvimento econômico e pensamento mítico in: A antropologia diante dos problemas modernos. São Paulo: Companhia das Letras, 2012.

LÉVI-STRAUSS, Claude. O Pensamento selvagem. São Paulo, Ed. Nacional, 1970.

MEAD, Margaret. Sexo e temperamento em três sociedades primitivas. São Paulo: Perspectiva, 1999.

MAKIGUTI, Tsunesaburo. Educação para uma vida criativa. São Paulo: Record, 1995.

MALINOWSKI, Bronislaw. Argonautas do Pacífico Ocidental. São Paulo: Abril Cultural, 1976.

MORIN, Edgar. Os sete saberes para a educação do futuro. São Paulo: Cortez; DF UNESCO, 2001.

MORIN, Edgar. O método 4: as ideias. Porto Alegre: Sulina, 2008.

MORIN, Edgar. O método 6: ética. Porto Alegre: Sulina, 2005.

MORIN, Edgar. O enigma do homem: para uma nova antropologia. Rio de Janeiro: Zahar, 1975

MORIN, Edgar. Meus Demônios. Rio de Janeiro, Bertrand Brasil, 1997.

PRIGOGINE, Ilya. Ciência, razão e paixão. (Orgs. Maria da Conceição Almeida e Edgard de Assis Carvalho). Belém: EDUEPA, 2001.

Downloads

Publicado

2017-12-16

Como Citar

Voss, R. R. (2017). Religação dos aspectos de natureza e cultura na formação humana. Filosofia E Educação, 9(3), 149–173. https://doi.org/10.20396/rfe.v9i3.8649752