Interdisciplinaridade e formação docente

Palavras-chave: Educação, Formação Docente, Interdisciplinaridade, Política educacionais.

Resumo

Pesquisar sobre uma temática de tamanha envergadura e polissemia como a interdisciplinaridade não é uma tarefa simples, ainda mais quando ela está se constituindo em um campo de conhecimento próprio. Sendo assim, tocar no assunto exige cautela e rigorosidade intelectual, visto que a interdisciplinaridade não se resume apenas a uma ponte entre saberes como comumente é acatada. Não é uma questão de deslocamento, mas de vinculação, de atitude, de um olhar cruzado entre o que se sabe e o que se
pode aprender com outros sujeitos e outros saberes; em sua gênese, podemos explicitar que a interdisciplinaridade “busca uma nova forma de compreensão a respeito do conhecimento e sua produção” (p. 11). 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Alexandre José Hahn, Universidade de Passo Fundo

Mestrando em Educação (bolsista CAPES) pelo PPGEdu/UPF.

Junior Bufon Centenaro, Universidade de Passo Fundo

Mestrando em Educação (bolsista CAPES) pelo PPGEdu/UPF.

Referências

FAVERO, A.; TONIETO, C.; CONSÁLTER, E. (Orgs.). Interdisciplinaridade e formação docente. 1. ed. Curitiba: CRV, 2018.

FAZENDA, I. C. Interdisciplinaridade: história, teoria e pesquisa. 4 ed. Campinas: Papirus, 1999.

SOMMERMAN, A. Objeto, método e finalidade da interdisciplinaridade. In: PHILIPPI JR, A. & FERNANDES, V. Práticas da interdisciplinaridade no ensino e na pesquisa. Barueri/SP: Manole, 2015, p. 165-212.

Publicado
2019-09-11
Como Citar
Hahn, A. J., & Centenaro, J. B. (2019). Interdisciplinaridade e formação docente. Filosofia E Educação, 11(1), 218-229. https://doi.org/10.20396/rfe.v11i1.8652143