Banner Portal
O currículo da educação superior e a Ressignificação de identidades/diferenças
PDF

Palavras-chave

Currículo. Cultura. Identidades.

Como Citar

PAVAN, Ruth. O currículo da educação superior e a Ressignificação de identidades/diferenças. Revista Internacional de Educação Superior, Campinas, SP, v. 1, n. 2, p. 149–159, 2016. DOI: 10.22348/riesup.v1i2.7429. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/riesup/article/view/8650527. Acesso em: 13 abr. 2024.

Resumo

O artigo objetiva analisar se as narrativas construídas no final do século XIX e início do século XX, sobre as pessoas negras ainda marcam os currículos e as identidades na sociedade brasileira. A noção de currículo inspira-se nas teorias pós-críticas, portanto o entendemos como um campo de luta e contestação no território da cultura, produzindo identidades e diferenças. Considerando a dimensão histórica da construção das identidades negras no Brasil, entrevistamos e analisamos a fala de sujeitos negros que chegaram ao Ensino Superior por meio do Projeto Negraeva. Pela análise efetuada, destacamos que apesar de o currículo atualmente ainda se pautar nas teorias da mestiçagem, no ideal de branqueamento e no mito da democracia racial, produzindo identidades segundo a lógica ocidental branca, a presença dos sujeitos negros nos diferentes cursos de Ensino Superior, contribuiu para questionar estas ideias, bem como, para que outras identidades fossem produzidas nesse tempo/espaço, re-significando as identidades de sujeitos negros e não-negros.

https://doi.org/10.22348/riesup.v1i2.7429
PDF

Revista Internacional de Educação Superior utiliza a licença do Creative Commons (CC), preservando assim, a integridade dos artigos em ambiente de acesso aberto.

Downloads

Não há dados estatísticos.