O mestrado profissional no contexto da formação continuada e o impacto na atuação dos profissionais da educação

Palavras-chave: Formação continuada, Mestrado profissional, Educação, Qualidade.

Resumo

A formação continuada apresenta-se como um processo essencial para o enfrentamento dos desafios emergentes em um mundo em constante transformação. Nesse contexto, o Mestrado Profissional surge como uma modalidade de formação que propicia o aprimoramento da formação acadêmica e profissional, buscando aproximar o mundo acadêmico do mundo do trabalho. Entre os objetivos dos mestrados profissionais, está a articulação integrada da formação profissional às instituições demandantes, visando a melhoria da eficácia e da eficiência das organizações privadas e públicas, por meio da geração e articulação de processos de inovação para a solução de problemas específicos. Partindo dessas considerações, esta pesquisa objetivou avaliar os resultados alcançados pelo Mestrado Profissionalem Políticas Públicase Gestão Educacional (PPPG) da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), no sentido de identificar a percepção dos egressos das turmas 2015 e 2016 sobre os impactos dessa formação na vida profissional e acadêmica, bem como dos produtos educacionais e/ou conhecimentos construídos e implementados nas instituições em que estão vinculados profissionalmente. Para atingir esses objetivos, foi realizado um estudo quanti-qualitativo com treze egressos do PPPG da UFSM, por meio de questionário semiaberto. Os resultados foram analisados qualitativamente e evidenciam que esse curso se constitui potencializador de mecanismo de formação continuada qualitativa aos seus egressos, pois possibilitou a ampliação, a construção e a [re]significação de conhecimentos profissionais e acadêmicos. No entanto, há indicativos que a implementação dos produtos educacionais, ainda que satisfatória, poderá ser aprimorada mediante uma maior articulação e interlocução entre os atores e cenários educacionais envolvidos nesse processo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Lorena Peterini Marquezan, Universidade Federal de Santa Maria

Doutora em Educação pela Universidade Federal de Santa Maria. Professora da Universidade Federal de Santa Maria e Chefe do Departamento de Fundamentos da Educação do Centro de Educação/UFSM.

                   
Cristiano Lanza Savegnago, Universidade Federal de Santa Maria

Mestre em Políticas Políticas Públicas e Gestão Educacional. Técnico-Administrativo em Educação da Universidade Federal de Santa Maria.

                             

Referências

BARROS, Elionara Cavalcanti. de; VALENTIM, Márcia Cristiana.; MELO, Maria Amélia Aragão. O debate sobre o mestrado profissional na Capes: trajetória e definições. Revista Brasileira de Pós-Graduação, Brasília, v. 2, n. 4, p. 124-138, jul.2005. Disponível em:

http://ojs.rbpg.capes.gov.br/index.php/rbpg/article/view/84. Acesso em: 12 nov. 2018.

BRASIL. Parecer n. 977, de 03 de dezembro de 1965. Definição dos cursos de Pós-Graduação. Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES). Disponível em: https://www.capes.gov.br/images/stories/download/legislacao/Parecer_CESU_977_1965.pdf . Acesso em: 12 nov. 2018.

BRASIL. Portaria 131, de 28 de junho de 2017. Dispõe sobre o mestrado e o doutorado profissionais. Ministério da Educação Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES). http://www.capes.gov.br/images/stories/download/legislacao/30062017-portaria-131-2017.pdf. Acesso em: 14 nov. 2018.

BRASIL. Portaria n. 47, de 17 de outubro de 1995. Procedimentos apropriados à recomendação, acompanhamento e avaliação de cursos de mestrado dirigidos à formação profissional. Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES). Disponível em: http://ojs.rbpg.capes.gov.br/index.php/rbpg/article/view/87/83. Acesso em: 09 nov. 2018.

BRASIL. Portaria Nº 389, de 23 de março de 2017. Dispõe sobre o mestrado e doutorado profissional no âmbito da pós-graduação stricto sensu. Ministério da Educação. Disponível em: http://www.capes.gov.br/images/stories/download/legislacao/24032017-PORTARIA-No-389-DE-23-DE-MARCO-DE-2017.pdf. Acesso em: 16 nov. de 2018.

FIALHO, Nadia Hage; HETKOWSKI, Tânia Maria. Mestrados Profissionais em Educação: novas perspectivas da pós-graduação no cenário brasileiro. Educar em Revista, Curitiba, Brasil, v. 33, n. 63, p. 19-34, jan./mar. 2017. Disponível em: https://revistas.ufpr.br/educar/article/view/49135/31734. Acesso em: 13 nov. 2018.

FISCHER, Tânia. Mestrado profissional como prática acadêmica. Revista Brasileira de Pós-Graduação, Brasília, v.2, n.4, p.24-29, jul. 2005. Disponível em:http://ojs.rbpg.capes.gov.br/index.php/rbpg/article/view/74. Acesso em: 13 nov. 2018.

GIL, Antônio Carlos. Como elaborar projetos de pesquisa. 4 ed. São Paulo: Atlas. 2002.

LÜCK, Heloísa. Dimensões da gestão escolar e suas competências. Curitiba: Positivo, 2009.

LÜCK, Heloísa. Gestão Educacional: uma questão paradigmática. Petrópolis: Vozes, 2011.

LÜDKE, Menga; ANDRÉ, Marli. E. D. A. Pesquisa em Educação: abordagens qualitativas. São Paulo: EPU, 1986.

MORIN, Edgar. A cabeça bem feita. Repensar a reforma, repensar o pensamento. 6ª Ed. Rio de Janeiro. Editora Bertrand, Brasil LTDA, 2003.

NEVES, Abílio Baeta. Metas da atual gestão. Infocapes, Brasília, v. 3, n. 1-2, p. 14-18, jan/jun, 1995. Disponível em: http://www.capes.gov.br/images/stories/download/bolsas/INF1E295.pdf. Acesso em: 14 nov. 2018.

QUELHAS, Osvaldo Luiz Gonçalves; FARIA FILHO, José Rodrigues.; FRANÇA, Sérgio Luiz. Braga. O mestrado profissional no contexto do sistema de pós-graduação brasileiro. Revista Brasileira de Pós-Graduação, v. 2, n. 4, p. 97-104, 2005. Disponível em: http://ojs.rbpg.capes.gov.br/index.php/rbpg/article/view/82. Acesso em: 14 nov. 2018.

RIBEIRO, Renato Janine. O mestrado profissional na política atual da Capes. Revista

Brasileira de Pós-Graduação, v. 2, n. 4, p. 8-15, 2005. Disponível em: http://ojs.rbpg.capes.gov.br/index.php/rbpg/article/view/72/69. Acesso em: 10 nov. 2018.

UNIVERSIDADE FERERAL DE SANTA MARIA. Projeto Pedagógico de Curso Mestrado Profissional em Políticas Públicas e Gestão Educacional. Santa Maria, 2015. Disponível em: http://w3.ufsm.br/pppg/wp-content/uploads/2016/03/PPC_MESTRADO-PROFISSIONAL_2015.pdf. Acesso em: 15 de Nov. 2018.

Publicado
2019-09-12
Como Citar
Marquezan, L. P., & Savegnago, C. L. (2019). O mestrado profissional no contexto da formação continuada e o impacto na atuação dos profissionais da educação. Revista Internacional De Educação Superior, 6, e020011. https://doi.org/10.20396/riesup.v6i0.8654993
Seção
Pesquisas