Relato de experiências exitosas na iniciação científica

o uso da interdisciplinariedade e do trabalho em equipe

Palavras-chave: Projeto de pesquisa, Abordagem interdiciplinar, Relações interpessoais, Educação superior.

Resumo

Este estudo teve por objetivos relatar e refletir sobre duas experiências interdisciplinares na iniciação científica, desenvolvidas em conjunto por dois docentes que atuam em áreas distintas do conhecimento(saúdee tecnologia), em uma Instituição de Ensino Superior. Trata-se de uma pesquisa que descreve a trajetória metodológica dos projetos orientados, nos anos de 2015 e 2018. Discute-se a relação da integração e articulação ocorrida entre os docentes e, destes, com os discentes das duas áreas. Os produtos obtidos desta parceria, isto é, um atlas digital para o estudo de tecidos e um jogo educativo sobre a esquistossomose, do tipo serious game, demonstram a importância do desenvolvimento de trabalhos colaborativos e interdisciplinares na promoção de trocas de experiências, informações, desenvolvimento de habilidades e criação de ferramentas educativas que atendam às demandas de inovação tecnológica da educação contemporânea no ensino superior.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Lidia Cristina Vilela Ribeiro, Universidade do Estado da Bahia

Doutora em Patologia pela Universidade Federal Fluminense.  Docente da Universidade do Estado da Bahia  atuando nas áreas de morfologia e patologia.

         
Márcio Renê Brandão Soussa, Centro Universitário Jorge Amado

Doutor em Modelagem Computacional e Tecnologia Industrial pelo Centro universitário SENAI CIMATEC. Professor de graduação do Centro Universitário Jorge Amado.

                   

Referências

ANASTASIOU, Léa das Graças Camargo; ALVES Leonir Pessate (Orgs). Processos de ensinagem na Universidade: pressupostos para as estratégias de trabalho em aula. 7. ed. Joinville, SC: UNIVILLE, 2007. 155 p. ISBN 9788587977151.

AUDY, Jorge. A inovação, o desenvolvimento e o papel da Universidade. Estud. av., São Paulo, v. 31, n. 90, p. 75-87, mai. 2017 . Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.phpscript=sci_arttext&pid=S010340142017000200075&lng=en&nrm=iso Acesso em 15 de jan. 2019.

CUSTÓDIO, José Franciscoet al; Práticas didáticas construtivistas: critérios de análise e caracterização. Tecné, Episteme Y Didaxis: TED,v. 33, n.1, p.11-35, 2013. ISSN 2323-0126. Disponível em:http://www.scielo.org.co/pdf/ted/n33/n33a01.pdf. Acesso em 17 dez. 2018.

DOS SANTOS, Arthur Saldanha; DA SILVA, Greiciele Soares. Interdisciplinaridade no ensino superior: desafios e diálogos na academia. RELACult -Revista Latino-Americana de Estudos em Cultura e Sociedade, [S.l.], v. 3, n. 1, p. 05, mai. 2017. ISSN 2525-7870. Disponível em: http://periodicos.claec.org/index.php/relacult/article/view/370. Acesso em: 17 dez. 2018.

EMMEL, Rúbia; KRUL, Alexandre José. A docência no ensino superior: reflexões e perspectivas. Revista Brasileira de Ensino Superior, Passo Fundo, v. 3, n. 1, p. 42-55, ago. 2017. ISSN 2447-3944. Disponível em: https://seer.imed.edu.br/index.php/REBES/article/view/1732/1237. Acesso em: 26 jan. 2019. doi:https://doi.org/10.18256/2447-3944/rebes.v7n1p42-55.

FAVA-DE-MORAES, Flavio; FAVA, Marcelo. A iniciação científica: muitas vantagens e poucos riscos. São Paulo Perspec., São Paulo , v. 14, n. 1, p. 73-77, Mar. 2000. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-88392000000100008&lng=en&nrm=iso. Acesso em 04 de fev. 2019 http://dx.doi.org/10.1590/S0102-88392000000100008.

FAZENDA, Ivani Catarina Arantes (Org.). Integração e interdisciplinaridade no ensino brasileiro: efetividade ou ideologia?. 6. ed. SP: Edições Loyola, 2011. 173 p. ISBN 978-85-15-00506-2.

FAZENDA, Ivani Catarina Arantes. Interdisciplinaridade: um projeto em parceria. 6. ed. SP:EdiçõesLoyola, 1991. 119 p. v. 13. (Coleção Educar). ISBN-13: 978-8515005253.

LÂMPERT, Ernani. O ensino com pesquisa: realidades, desafios e perspectivas na universidade brasileira. COMUNICAÇÕES, v.14, n.1. p. 71-87, 2007. ISSN 2238-121X (ON LINE). Disponível em: https://www.metodista.br/revistas/revistas-unimep/index.php/comunicacoes/article/view/628/0Acesso em: 26 jan. 2019.

PENSIN, Daniela Pederiva. O imperativo da inovação e a constituição da docência inovadora. Revista Brasileira de Ensino Superior, v. 3, n. 4, p. 23-35, dez. 2017. ISSN 2447-3944. Disponível em: https://seer.imed.edu.br/index.php/REBES/article/view/2208. Acesso em: 17 dez. 2018.

PINHO, Maria José de. Ciência e ensino: contribuições da iniciação científica na educação superior. Avaliação, Campinas; Sorocaba, SP, v. 22, n. 03, p. 658-675, nov. 2017. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/aval/v22n3/1982-5765-aval-22-03-00658.pdf Acesso em 04 de fev. 2019.

Publicado
2019-09-25
Como Citar
Ribeiro, L. C. V., & Soussa, M. R. B. (2019). Relato de experiências exitosas na iniciação científica. Revista Internacional De Educação Superior, 6, e020020. https://doi.org/10.20396/riesup.v6i0.8655832
Seção
Relatos de experiências