O papel educativo das bibliotecas universitárias

mapeamento de dificuldades e interesses de discentes da graduação e pós-graduação na realização de trabalhos acadêmicos

Autores

DOI:

https://doi.org/10.20396/riesup.v6i0.8657831

Palavras-chave:

Biblioteca universitária, Ensino superior, Estudantes universitários, Trabalho intelectual

Resumo

O presente estudo objetivou apresentar as dificuldades de estudantes de graduação e pós-graduação na realização de trabalhos acadêmicos, bem como refletir sobre o papel educativo de bibliotecas universitárias. Trata-se de uma pesquisa quali-quantitativa, que se desenvolveu por meio de pesquisa bibliográfica e levantamento (survey). Foi utilizado um questionário com perguntas abertas e fechadas, que foi aplicado em agosto de 2018 aos participantes do grupo ‘Bolsistas CAPES’ existente na mídia social Facebook. O levantamento teve a participação de 85 respondentes. As principais dificuldades mapeadas estão relacionadas a aspectos como definição de tema e elaboração do problema de pesquisa, bem como o levantamento bibliográfico, a escrita científica e aspectos pessoais, que compreendem itens como foco, motivação, disposição física e mental, entre outros. Entende-se a educação e a informação como indissociáveis, de modo que as bibliotecas universitárias podem desenvolver um papel educativo e de ensino-aprendizagem nesse contexto, apoiando a missão das universidades no ensino, pesquisa e extensão.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Juliana Aparecida Gulka, Universidade do Estado de Santa Catarina

Doutoranda no Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade do Estado de Santa Catarina. Bibliotecária na Universidade Federal de Santa Catarina.

Elaine Rosangela de Oliveira Lucas, Universidade do Estado de Santa Catarina

Doutora pelo Programa de Pós-Graduação em Ciência da informação da USP. Docente do Departamento de Biblioteconomia e do Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade do Estado de Santa Catarina.

Referências

BARDIN, Laurence. Análise de conteúdo. São Paulo: Edições 70, 2011.

CHAUÍ, Marilena. A universidade pública sob nova perspectiva. Revista Brasileira de Educação, Rio de Janeiro, n. 24, p. 5-15, 2003. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/rbedu/n24/n24a02.pdf. Acesso em: 20 fev. 2020.

COORDENAÇÃO DE APERFEIÇOAMENTO DE PESSOAL DE NÍVEL SUPERIOR. Distribuição de Discentes de Pós-graduação no Brasil por Estado (ao final do ano). 2019. Disponível em: https://geocapes.capes.gov.br/geocapes/. Acesso em: 25 nov. 2019.

CRUZ, Roberto Moraes et al. Qualidade da redação científica: desafio à formação de pesquisadores e à publicação. Revista Psicologia Organizações e Trabalho, Brasília, v. 20, n. 1, p. 1, jan./mar. 2020. Disponível em: http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1984-66572020000100001 Acesso em: 20 fev. 2020.

DUDZIAK, Elisabeth Adriana. A Information Literacy e o papel educacional das bibliotecas. 2001. 187 f. Dissertação (Mestrado em Ciências da Comunicação) – Universidade de São Paulo, São Paulo, 2001. Disponível em: https://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/27/27143/tde-30112004-151029/pt-br.php. Acesso em: 20 fev. 2020.

GIL, Antônio Carlos. Métodos e técnicas de pesquisa social. São Paulo: Atlas, 1987.

GOMIDES, José Eduardo. A definição do problema de pesquisa e a chave para o projeto de pesquisa. Revista do Centro de Ensino Superior de Catalão, Catalão, ano 4, n. 6, p. 1-11, jan./jun. 2002. Disponível em: http://wwwp.fc.unesp.br/~verinha/ADEFINICAODOPROBLEMA.pdf. Acesso em: 20 fev. 2020.

INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS ANÍSIO TEIXEIRA. Censo da Educação Superior 2018: notas estatísticas. Brasília, 2019. Disponível em: http://download.inep.gov.br/educacao_superior/censo_superior/documentos/2019/censo_da_educacao_superior_2018-notas_estatisticas.pdf. Acesso em: 25 nov. 2019.

INTERNATIONAL TELECOMMUNCATION UNION. Statistics. 2019. Disponível em: https://www.itu.int/en/ITU-D/Statistics/Pages/stat/default.aspx. Acesso em: 20 fev. 2020.

LEAL, Kamila Soares et al. Desafios enfrentados na universidade pública e a saúde mental dos estudantes. Revista Humanidades e Inovação, Palmas, v. 6, n. 8, p. 59-69, 2019. Disponível em: https://revista.unitins.br/index.php/humanidadeseinovacao/article/view/1149. Acesso em: 20 fev. 2020.

LIMA, Etelvina. A biblioteca no ensino superior. Revista de Biblioteconomia de Brasília, Brasília, v. 5, n. 2, p. 847-861, jul./dez. 1977. Disponível em: http://www.brapci.inf.br/_repositorio/2011/05/pdf_ce5f65a8f7_0016749.pdf. Acesso em: 20 fev. 2020.

MANGAS, Sérgio Filipe Agostinho. Como planificar e gerir um serviço de referência. Biblios, Lima, n. 28, p. 1-31, abr./jun. 2007. Disponível em: https://www.redalyc.org/pdf/161/16114070002.pdf. Acesso em: 20 fev. 2020.

MATA, Marta Leandro da; ALCARÁ, Adriana Rosecler. Análise das práticas educacionais dos bibliotecários em bibliotecas universitárias com enfoque na educação de usuários e na competência em informação. In: ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISA EM CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO, 17. 2016, Salvador. Anais [...] Salvador: ANCIB, 2016. p. 1-21. Disponível em: http://200.20.0.78/repositorios/handle/123456789/3447?show=full. Acesso em: 20 fev. 2020.

MIRANDA, Antonio Lisboa Carvalho de. Acervos de livros das bibliotecas das instituições de ensino superior no Brasil: situação problemática e discussão de metodologia para seu diagnóstico permanente. Ciência da Informação, Brasília, v. 22, n. 1, p. 30-40, jan./abr. 1993. Disponível em: http://revista.ibict.br/ciinf/article/view/514. Acesso em: 19 fev. 2020.

NOBRE, Lorena Neves; FREITAS, Rodrigo Randow de. A evolução da pós-graduação no Brasil: histórico, políticas e avaliação. Brazilian Journal of Production Engineering, São Mateus, v. 3, n. 2, p. 18-30, 2017. Disponível em: http://periodicos.ufes.br/bjpe/article/view/v3n2_3. Acesso em: 20 fev. 2020.

NUNES, Martha Suzana Cabral; CARVALHO, Kátia de. As bibliotecas universitárias em perspectiva histórica: a caminho do desenvolvimento durável. Perspectivas em Ciência da Informação, Belo Horizonte, v. 21, n. 1, p. 173-193, jan./mar. 2016. Disponível em: http://portaldeperiodicos.eci.ufmg.br/index.php/pci/article/view/2572. Acesso em: 20 fev. 2020.

OLIVEIRA, Antonio Jose Barbosa de; CRANCHI, Daniela Carvalho. O papel da biblioteca universitária como espaço de afiliação estudantil e o bibliotecário como educador e agente exclusivo. Informação e Sociedade: Estudos, João Pessoa, v. 27, n. 2, p. 35-47, maio/ago. 2017. Disponível em: http://www.brapci.inf.br/_repositorio/2017/09/pdf_19b32a6dcd_0000026879.pdf. Acesso em: 20 fev. 2020.

PERROTTI, Edmir. Infoeducação: um passo além do científico-profissional. Informação e Informação, Londrina, v. 5, n. 2, p. 4-31, jul./dez. 2016. Disponível em: http://www.uel.br/revistas/uel/index.php/infoprof/article/view/28314. Acesso em: 20 fev. 2020.

PERROTTI, Edmir; PIERUCCINI, Ivete. Infoeducação: saberes e fazeres da contemporaneidade. In: LARA, Marilda Lopes Ginez de; FUJINO, Asa; NORONHA, Daisy Pires (org.). Informação e contemporaneidade: perspectivas. Recife: Néctar, 2007. p. 47-96.

SAMBAQUY, lydia de Queiroz. A biblioteca do futuro. Revista da Escola de Biblioteconomia da UFMG, Belo Horizonte, v. 1, n. 1, 1972. Disponível em: http://portaldeperiodicos.eci.ufmg.br/reb/. Acesso em: 20 fev. 2020.

SEVERINO, Antônio Joaquim. Metodologia do trabalho científico. São Paulo: Cortez, 2007.

SILVA, Sueli Alves; CAVALCANTE, Luciane de Fátima Beckman. Mediação Explícita e comportamento de busca da informação em bibliotecas universitárias. Encontros Bibli: revista eletrônica de biblioteconomia e ciência da informação, Florianópolis, v. 24, n. 55, p. 1-20, maio/ago. 2019. Disponível em: https://periodicos.ufsc.br/index.php/eb/article/view/1518-2924.2019.e57963. Acesso em: 20 fev. 2020.

SOUSA, Margarida Maria de; FUJINO, Asa. A biblioteca universitária como ambiente de aprendizagem no ensino superior: desafios perspectivas. In: ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISA EM CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO, 10., 2009, João Pessoa. Anais [...]. João Pessoa: ENANCIB, 2009. p.1780- 1798. Disponível em: http://repositorios.questoesemrede.uff.br/repositorios/handle/123456789/268. Acesso em: 20 fev. 2020.

VIANA, Lilian; PIERUCCINI, Ivete. Biblioteca Universitária: mediações da cultura informacional científica e formação de sujeitos do conhecimento. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE BIBLIOTECONOMIA E DOCUMENTAÇÃO, 28. 2019, Vitória. Anais [...]. Vitória: FEBAB, 2019. p. 1-6. Disponível em: http://www3.eca.usp.br/sites/default/files/form/biblioteca/acervo/producao-academica/002977352.pdf. Acesso em: 20 fev. 2020.

Publicado

2020-02-27

Como Citar

GULKA, J. A.; LUCAS, E. R. de O. O papel educativo das bibliotecas universitárias: mapeamento de dificuldades e interesses de discentes da graduação e pós-graduação na realização de trabalhos acadêmicos. Revista Internacional de Educação Superior, Campinas, SP, v. 6, p. e020041, 2020. DOI: 10.20396/riesup.v6i0.8657831. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/riesup/article/view/8657831. Acesso em: 28 jan. 2023.

Edição

Seção

Artigos