Políticas públicas de cotas para ingresso no ensino superior

caso da UTFPR-câmpus de Francisco Beltrão

Palavras-chave: Acesso ao ensino superior, Políticas públicas, Ações afirmativas

Resumo

Neste artigo tratamos da implementação das políticas públicas de ações afirmativas de ingresso no ensino superior. Essas políticas são alvo de grandes discussões na sociedade acadêmica, bem como na sociedade em geral, especialmente a partir de anos de 2000 quando várias universidades públicas passaram a adotar políticas de cotas. Por sua vez, políticas como o REUNI e a aprovação e promulgação da Lei Federal Nº12.711/2012, constituíram-se como ações importantes para o acesso das classes populares as universidades públicas. Assim, analisamos como se deu a implementação das políticas públicas de ações afirmativas na Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR) – tendo como lócus para a realização do estudo o Câmpus de Francisco Beltrão, considerando especialmente o período de 2008 a 2016. Buscamos compreender como foi organizada essa implementação, quais as dificuldades enfrentadas e as soluções encontradas pelos agentes responsáveis pela efetivação da política na universidade. A pesquisa, de caráter qualitativo, baseou-se na análise de documentos e de entrevistas realizadas com 07 servidores da instituição. Ponderamos que embora sejam necessários ajustes na legislação, principalmente no que se refere ao investimento público em políticas públicas de assistência estudantil, recursos humanos e materiais, o acesso ao ensino superior de uma parcela da população que antes não chegava a este nível de ensino, tem sido garantido. Todavia, passos precisam ser dados em relação a permanência e sucesso desses sujeitos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Claudia Cristina Borba de Barros da Rosa, Universidade Estadual do Oeste do Paraná

Mestre em Educação pela Universidade Estadual do Oeste do Paraná- UNIOESTE (2019). Atualmente é pedagoga da Unidade Penal, na Penitenciária Estadual de Francisco Beltrão

Suely Aparecida Martins, Universidade Estadual do Oeste do Paraná

Doutorado em Sociologia Política pela Universidade Federal de Santa Catarina (2009). Atualmente é professora adjunta da Universidade Estadual do Oeste do Paraná. 

Referências

CARVALHO, Cristina Helena Almeida de. Política de expansão da educação superior nos governos democráticos brasileiros (1995-2013). In: SOUZA, José Vieira de, Org. Expansão e Avaliação da Educação Superior Brasileira: formatos, desafios, e novas configurações. 1ª ed. Belo Horizonte, MG: Fino Traço. 2015, p.73-93.

CZERNIASKI, Lizandra Felippi. Políticas públicas de democratização do ensino superior: um estudo sobre a ocupação das vagas nos cursos de graduação na Universidade Tecnológica Federal do Paraná – Câmpus de Francisco Beltrão. 2014. 113f. Dissertação (Mestrado em Políticas Públicas) – Universidade Estadual de Maringá. Departamento de Ciências Sociais. Maringá, 2014.

DAFLON, Verônica Toste. JÚNIOR, João Feres. CAMPOS, Luiz Augusto. Ações Afirmativas Raciais no Ensino Superior Público Brasileiro: Um Panorama Analítico. Cadernos de Pesquisa, v.43,nº148, jan./abr., 2013, p.302-327. Disponível em:

http://www.scielo.br/pdf/cp/v43n148/15.pdf Acesso em: 30 jul. 2018.

DURAT, Kleber Rodrigo. A contradição das classes sociais presente no ensino superior: considerações sobre a assistência estudantil. 2015. 126f. Dissertação (Mestrado em Serviço Social) – Universidade Estadual do Oeste do Paraná. Câmpus de Toledo. Centro de Ciências Sociais Aplicadas, 2015.

FILICE, Renísia Cristina Garcia. Raça e classe na gestão da educação básica brasileira: a cultura na implementação de políticas públicas. Campinas/SP: Autores Associados, 2011.

HERINGER, Rosana. O próximo passo: as políticas de permanência na universidade pública. IN: PAIVA, Angela Randolpho, (Org.). Ação Afirmativa em Questão: Brasil, Estados Unidos, África do Sul e França. 1ª ed., Rio de Janeiro: Pallas, 2013, p.74-99.

LEITE, José Carlos. (Org.). UTFPR: uma história de 100 anos. 2ª ed. Curitiba: Ed. UTFPR, 2010.

MACHADO, Elielma Ayres. Dentro da Lei: as políticas de ação afirmativa nas universidades. IN: PAIVA, Angela Randolpho, (org.). Ação Afirmativa em Questão: Brasil, Estados Unidos, África do Sul e França. 1ª ed., Rio de Janeiro: Pallas, 2013, p.18-39.

MANCEBO, Deise. Políticas de Educação Superior no Brasil. IN: JUNIOR, João dos Reis et al, organizadores. Educação Superior: internacionalização, mercantilização e repercussões em um campo de disputas. 1ª ed. Belo Horizonte, MG: Fino Traço, 2015, p.141-161.

MOEHLECKE, Sabrina. Ação Afirmativa: História e Debates no Brasil. Cadernos de Pesquisa, n.117, novembro, 2002, p.197-217. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/cp/n117/15559.pdf Acesso em: 18 abr. 2018.

ONU. Declaração e Programa de Ação adotados na III Conferência Mundial de Combate ao Racismo, Discriminação Racial, Discriminação Racial, Xenofobia e Intolerância Correlata. 2001. Disponível em: https://www.oas.org/dil/port/2001 Acesso em: 30 abr. 2018.

PIOVESAN, Flávia. Ações Afirmativas da Perspectiva dos Direitos Humanos. Cadernos de Pesquisa, v.33, nº124, jan./abr., 2005, p.43-55. Disponível em : http://www.scielo.br/pdf/cp/v35n124/a0435124.pdf Acesso: 20 abr. 2018.

SANTOS, Adilson Pereira dos. Itinerário das Ações Afirmativas no Ensino Superior Público Brasileiro: dos Ecos de Durban à Lei das Cotas. Revista de C. Humanas, Viçosa, v.12, nº2, jul./dez., 2012, p.289-317.

http://www.cch.ufv.br/revista/pdfs/vol12/artigo1vol12-2.pdf Acesso em: 15 mar. 2018.

UTFPR. Deliberação Nº 12/2007, de 14 de setembro de 2007. Delibera sobre vagas nos cursos regulares de educação profissional técnica de nível médio e graduações da UTFPR. 4f. 2007. Disponível em: http://www.utfpr.edu.br/estrutura-universitaria/couni/portarias/2007_deliberacoes/2007_del012_vagas Acesso em: 19 nov. 2018.

Publicado
2020-07-04
Como Citar
Rosa, C. C. B. de B. da, & Martins, S. A. (2020). Políticas públicas de cotas para ingresso no ensino superior . Revista Internacional De Educação Superior, 7, 021022. https://doi.org/10.20396/riesup.v7i0.8658414
Seção
Artigos