Banner Portal
O apoio psicossocial e as vivências acadêmicas dos estudantes universitários
Imagem: Universidade de Nápoles Federico II, fundada em 1224. - Google / Licença Creative Commons.
PORTUGUÊS
ENGLISH (English)
ÁUDIO
VÍDEO

Palavras-chave

Políticas públicas
Rede de apoio
Estudante universitário
Assistência estudantil
Educação superior

Como Citar

MILAGRES, Viviane Martins Ferreira; REIS, Lilian Perdigão Caixêta; DOMINGUES, Sérgio. O apoio psicossocial e as vivências acadêmicas dos estudantes universitários. Revista Internacional de Educação Superior, Campinas, SP, v. 10, n. 00, p. e024002, 2022. DOI: 10.20396/riesup.v10i00.8666009. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/riesup/article/view/8666009. Acesso em: 12 jul. 2024.

Dados de financiamento

Resumo

Introdução: A população universitária tem, cada vez mais, buscado suportes para enfrentar as dificuldades psicossociais vivenciadas no Ensino Superior. As vivências acadêmicas; o adoecimento mental; as condições socioeconômicas e educacionais; e a presente pandemia da COVID-19 podem alterar as percepções de segurança, conforto e pertencimento do estudante à universidade. É importante que essas instituições possibilitem os discentes a vivenciarem essa fase de forma mais adaptativa, a fim de evitar o surgimento de distúrbios mentais e desigualdades socioeconômicas. Objetivo: Nesse estudo, foi analisado as contribuições da atenção psicossocial nas vivências acadêmicas dos universitários. Método: Trata-se de estudo qualitativo, no qual foi realizado um levantamento bibliográfico de pesquisas e legislações brasileiras que envolvem a assistência estudantil; o apoio psicossocial; e as vivências acadêmicas. Resultados: Os serviços institucionais de apoio podem promover o empoderamento do estudante frente as suas adversidades. Para isso, entende-se a necessidade de identificar dados como: o perfil do estudante de cada instituição, em todos os níveis de ensino; o perfil do estudante usuário da assistência estudantil; o perfil de saúde desses estudantes; quais modelos de atenção à saúde existem na assistência estudantil; ações e estratégias para enfrentamento dos conflitos interpessoais; o equilíbrio entre a vida acadêmica e a vida pessoal; e ações de intervenção nas vivências acadêmicas. A partir dessa identificação, a universidade deve elaborar um modelo de assistência psicossocial adequada para as necessidades para o corpo estudantil. Conclusão: A atenção psicossocial deve fortalecer o vínculo entre o aluno-instituição e promover vivências acadêmicas satisfatórias e a sua permanência na universidade.

https://doi.org/10.20396/riesup.v10i00.8666009
PORTUGUÊS
ENGLISH (English)
ÁUDIO
VÍDEO

Referências

ABRAMO, Helena Wendel. Condição juvenil no Brasil contemporâneo. In: ABRAMO, Helena Wendel; BRANCO, Pedro Paulo Martoni (Orgs.). Retratos da juventude brasileira: análises de uma pesquisa nacional. São Paulo: Instituto Cidadania; Fundação Perseu Abramo, 2005. DOI:10.1590/S0103-20702005000200020

ACCORSI, Michaela Ponzoni. Atenção psicossocial no ambiente universitário: um estudo sobre a realidade dos estudantes de graduação da Universidade Federal de Santa Catarina. Dissertação de Mestrado (Mestrado em Saúde Mental e Atenção Psicossocial), Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2015. Disponível em: https://repositorio.ufsc.br/handle/123456789/158800. Acesso em: 11 ju. 2021.

ALMEIDA, Leandro Silva et al. Acesso e sucesso no Ensino Superior em Portugal: questões de género, origem sócio-cultural e percurso académico dos alunos. Psicologia: Reflexão e Crítica, 19 (3), p. 507–514, 2006. Disponível: https://www.scielo.br/j/aval/a/8w9yQ7S7Jq4VT9dd8tPGVtG/?lang=pt&format=pdf. Acesso em: 11 jun. 2021.

ALMEIDA, Leandro Silva.; CASANOVA, Joana Ribeiro. A. Desenvolvimento psicossocial e sucesso acadêmico no Ensino Superior. In: VEIGA, Feliciano Henriques (Org.). Psicologia da Educação: Temas de Aprofundamento Científico para a Educação XXI. Lisboa: Climepsi Editores, pp.101-128, 2019. ISBN 978-972-796-374-4

ALMEIDA, Leandro Silva; FERREIRA, Joaquim Armando Gomes; SOARES, Ana Paula Campos. Questionário de Vivência Acadêmica: construção e validação da versão reduzida (QVA-r). Revista Portuguesa de Pedagogia, v. 3, p. 181–207, 1999. Disponível em: https://impactum-journals.uc.pt/rppedagogia/issue/archive. Acesso em: 11 jun. 2021.

ALMEIDA, Leandro Silva; SOARES, Ana Paula C.; FERREIRA, Joaquim Armando Gomes. Questionário de Vivências Acadêmicas (QVA-r): avaliação do ajustamento dos estudantes universitários. Avaliação Psicológica, 1(2), p. 81-93, 2002. Disponível em: http://pepsic.bvsalud.org/pdf/avp/v1n2/v1n2a02.pdf. Acesso em: 11 jun. 2021.

AMPARO, Deise Matos; GALVÃO, Afonso Celso Tanus; BRASIL, Katia Tauroquella. Adolescentes e jovens em situação de risco psicossocial: redes de apoio social e fatores pessoais de proteção. Estudos de Psicologia, Natal, 13(2), p. 165–174, 2008. Disponível em: https://www.scielo.br/j/epsic/a/gsdKxqMDzFXQDjr5TVSvqbp/?lang=pt. Acesso em: 11 jun. 2021.

BLEICHER, Taís; OLIVEIRA, Raquel Campos Nepomuceno De. Políticas de assistência estudantil em saúde nos institutos e universidades federais. Psicologia Escolar e Educacional, 20, n. 3, p. 543–549, 2016. Disponível em: https://www.scielo.br/j/pee/i/2016.v20n3/. Acesso em: 11 jun. 2021.

BRASIL. Constituição da república federativa do Brasil de 1988. Brasília: Distrito Federal, 1988. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/constituicao/constituicao.htm. Acesso em: 11 jun. 2021.

BRASIL. Lei Nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Dispõe sobre a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional, 1996. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l9394.htm. Acesso em: 11 jun. 2021.

BRASIL. Saúde da família: uma estratégia para a reorientação do modelo assistencial. Ministério da Saúde, Brasília, 1997. Disponível em: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/cd09_16.pdf. Acesso em: 11 jun. 2021.

BRASIL. Lei Nº 10.216, de 6 de abril de 2001. Dispõe sobre a Lei Paulo Delgado, na qual aborda os direitos das pessoas acometidas de transtorno mental, 2001. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/leis_2001/l10216.htm. Acesso em: 11 jun. 2021.

BRASIL. Lei nº 10.861, de 14 de abril de 2004. Institui o Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (SINAES), 2004. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2004-2006/2004/lei/l10.861.htm. Acesso em: 11 jun. 2021.

BRASIL. Reforma psiquiátrica e política de saúde mental no Brasil. Documento apresentado à Conferência Regional de Reforma dos Serviços de Saúde Mental: 15 anos depois de Caracas, OPAS, 2005. Disponível em: https://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/Relatorio15_anos_Caracas.pdf. Acesso em: 11 jun. 2021.

BRASIL. Decreto nº 5.773, de 09 de maio de 2006. Dispõe sobre o Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI), 2006. Disponível em: http://www2.mec.gov.br/sapiens/pdi.html. Acesso em: 11 jun. 2021.

BRASIL. Decreto nº 6.096, de 24 de abril de 2007. Institui o Programa de Apoio a Planos de Reestruturação e Expansão das Universidades Federais – REUNI, 2007. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2007-2010/2007/Decreto/D6096.htm. Acesso em: 11 jun. 2021.

BRASIL. Decreto nº 6.833, de 29 de abril de 2009. Institui o Subsistema Integrado de Atenção à Saúde do Servidor Público Federal - SIASS e o Comitê Gestor de Atenção à Saúde do Servidor, 2009. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2007-2010/2009/decreto/d6833.htm. Acesso em: 11 jun. 2021.

BRASIL. Decreto nº 7.234, de 19 de julho de 2010. Dispõe sobre o Plano Nacional de Assistência Estudantil (PNAES), 2010. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/pnaes. Acesso em: 11 jun. 2021.

BRASIL. Lei N° 12.711, de 29 de agosto de 2012. Dispõe sobre o ingresso nas universidades federais e nas instituições federais de ensino técnico de nível médio e dá outras providências, 2012. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2011-2014/2012/lei/l12711. Acesso em: 11 jun. 2021.

BRASIL. Lei n. 13.146, de 6 de jul. de 2015. Lei Brasileira de Inclusão da Pessoa com Deficiência, 2015. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2015- 2018/2015/Lei/L13146.htm. Acesso em: 11 jun. 2021.

CARDOSO, Hugo Ferrari; BORSA, Juliane Callegaro; SEGABINAZI, Joice Dickel. Indicadores de saúde mental em jovens: fatores de risco e de proteção. Est. Inter. Psicol, v. 9, n. 3, p. 3–25, 2018. Disponível em: http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S223664072018000400002&lng=pt&nrm=iso. Acesso em: 11 jun. 2021.

CARMO, Amanda Juliana. Evasão universitária: repercussões na trajetória e no projeto de vida dos jovens. Dissertação de Mestrado (Mestrado em Economia Doméstica). Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2018. Disponível em: https://www.locus.ufv.br/bitstream/123456789/22096/1/texto%20completo.pdf. Acesso em: 11 jun. 2021.

CERCHIARI, Ednéia Albino Nunes; CAETANO, Dorgival; FACCENDA, Odival. Utilização do serviço de saúde mental em uma universidade pública. Psicologia: Ciência e Profissão, v. 25, n. 2, p. 252–265, 2005. Disponível em: https://www.scielo.br/j/pcp/i/2005.v25n2/. Acesso em: 11 jun. 2021.

COSTA, Francisco José da; BISPO, Marcelo de Souza; PEREIRA, Rita de Cássia de Faria. Dropout and retention of undergraduate students in management: a study at a Brazilian Federal University. RAUSP Management Journal, v. 53, n.1, p. 74–85, 2018. Disponível em: https://linkinghub.elsevier.com/retrieve/pii/S2531048817300251. Acesso em: 11 jun. 2021.

DEL GIUDICE, Junia Zacour Azevedo. Programa de Assistência Estudantil da Universidade Federal de Viçosa/MG: Repercussões nos Indicadores Acadêmicos e na Vida Pessoal, Familiar e Social dos Beneficiários. Dissertação de Mestrado (Mestrado em Economia Doméstica). Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2013. Disponível em: https://www.locus.ufv.br/handle/123456789/3386. Acesso em: 11 jun. 2021.

DIAS, Carlos Eduardo Sampaio Burgos. Trabalho interdisciplinar e equipe multiprofissional em um serviço de apoio aos estudantes do ensino superior. Revista de Ciências da Educação, 47, p. 215–240, 2020. Disponível em: http://www.revista.unisal.br/ojs/index.php/educacao/article/view/906. Acesso em: 11 jun. 2021.

DIAS, Carlos Eduardo Sampaio Burgos; SAMPAIO, Helena. Serviços de apoio a estudantes em universidades federais no contexto da expansão do ensino superior no Brasil. In: DIAS, Carlos Eduardo Sampaio Burgos et al (Orgs.). Os serviços de apoio pedagógico aos discentes no ensino superior brasileiro, Campinas: Editora da UNICAMP, p. 2016–240, 2020. ISBN 978-65-87645-79-7.

FERRÃO, Maria Eugénia; ALMEIDA, Leandro Silva. Multilevel modeling of persistence in higher education. Ensaio: Avaliação e Políticas Públicas em Educação, v. 26, n. 100, p. 664–683, 2018. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-40362018000300664&lng=en&tlng=en. Acesso em: 11 jun. 2021.

FONAPRACE, Fórum Nacional de Pró Reitores de Assuntos Estudantis. V Pesquisa Nacional de Perfil Socioeconômico e Cultural dos(as) graduandos(as) das IFES, 2019. Disponível em: http://www.fonaprace.andifes.org.br/site/wp-content/uploads/2019/06/V-Pesquisa-do-Perfil-Socioecono%CC%82mico-dos-Estudantes-de-Graduac%CC%A7a%CC%83o-das-U.pdf. Acesso em: 11 jun. 2021.

INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS ANÍSIO TEIXEIRA (INEP). Lei Nº 13.005 de junho de 2014. Dispõe sobre o Plano Nacional de Educação em vigor durante dez anos (2014-2024), 2014. Disponível em: http://pne.mec.gov.br/. Acesso em: 11 jun. 2021.

INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS ANÍSIO TEIXEIRA (INEP). Censo da Educação Superior, Brasília, 2019. Disponível em: https://www.gov.br/inep/pt-br/areas-de-atuacao/pesquisas-estatisticas-e-indicadores/censo-da-educacao-superior. Acesso em: 11 jun. 2022.

IMPERATORI, Thaís Kristosch. A trajetória da assistência estudantil na educação superior brasileira. Serviço Social & Sociedade, v. 129, p. 285–303, 2017. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-66282017000200285&lng=pt&tlng=pt. Acesso em: 11 jun. 2021.

LEITÃO, Ligia Mexia et al. Apoio psicossocial a estudantes do ensino superior: Do modelo teórico aos níveis da intervenção. Psicologia, v. 14, n. 2, p. 123–147, 2000. Disponível em: http://www.scielo.mec.pt/pdf/psi/v14n2/v14n2a01. Acesso em: 11 jun. 2021.

NASCIMENTO, Ana Paula Leite; SOUZA, Fábio Kalil de; SIQUEIRA, Débora Lima. Assistência estudantil e processos de trabalho da equipe multidisciplinar do IFS - Campus Lagarto. Cadernos Cajuína, v. 6, n. 3, p. 111–127, 2021. Disponível em: https://cadernoscajuina.pro.br/revistas/index.php/cadcajuina/article/view/496/426. Acesso em: 11 jun. 2021.

POCHMANN, Marcio. Juventude em busca de novos caminhos no Brasil. In: NOVAES, Regina; VANNUCHI, Paulo (Orgs.). Juventude e sociedade: trabalho, educação, cultura e participação, São Paulo: Fundação Perseu Abramo, pp.217-241, 2004. ISBN 85-7643-006-1.

PENHA, Joaquim Rangel Lucio; OLIVEIRA, Cleide Correia; MENDES, Ana Virginia Silva. Saúde mental do estudante universitário: revisão integrativa. Journal Health NPEPS, v. 5, n. 1, p. 369–395, 2020. Disponível em: https://periodicos.unemat.br/index.php/jhnpeps/article/view/3549. Acesso em: 11 jun. 2021.

ROGERS, Adam et al. Trajectories of positive and negative affect across the transition to college: The role of daily interactions with parents and friends. Developmental Psychology, v. 54, n. 11, p. 2181–2192, 2018. Disponível em: http://doi.apa.org/getdoi.cfm?doi=10.1037/dev0000598. Acesso em: 11 jun. 2021.

SANTOS, Acácia Aparecida Angeli dos et al. Integração ao ensino superior e satisfação acadêmica em universitários. Psicologia: Ciência e Profissão, v. 33, n. 4, p. 780–793, 2013. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1414-98932013000400002&lng=pt&tlng=pt. Acesso em: 11 jun. 2021.

SANTOS, Acácia Aparecida Angeli dos; ZANON, Cristian; ILHA, Vanessa Domingues. Autoeficácia na formação superior: seu papel preditivo na satisfação com a experiência acadêmica. Estudos de Psicologia (Campinas), v. 36, 2019. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-166X2019000100201&tlng=pt. Acesso em: 11 jun. 2022.

SILVA, Sofia de Lurdes Rosas da; FERREIRA, Joaquim Armando Gomes. Família e ensino superior: que relação entre dois contextos de desenvolvimento? Exedra: Revista Científica, 1, p. 101–126, 2009. Disponível em: https://dialnet.unirioja.es/servlet/articulo?codigo=3398329. Acesso em: 11 jun. 2021.

SOUZA, Grasiela Gomide. Atenção psicológica em universidade: a experiência de estudantes como clientes. Dissertação de Mestrado (Mestrado em Psicologia). Pontifícia Universidade Católica de Campinas, Campinas, 2011. Disponível em: https://repositorio.sis.puc-campinas.edu.br/handle/123456789/15909. Acesso em 11 jun. 2021.

TINTO, Vicent. Dropout from higher education: a theoretical synthesis of recent research. Review of Educational Research, v. 45, n. 1, p. 89–125, 1975. Disponível em: https://journals.sagepub.com/doi/10.3102/00346543045001089. Acesso em: 11 jun. 2021.

Creative Commons License
Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution 4.0 International License.

Copyright (c) 2022 Revista Internacional de Educação Superior

Downloads

Não há dados estatísticos.