Formação na pós-graduação Stricto Sensu e o uso de tecnologias digitais

um campo literalmente restrito?

Autores

DOI:

https://doi.org/10.20396/riesup.v9i00.8667675

Palavras-chave:

Formação docente, Tecnologias digitais na educação, Pós-graduação, CAPES

Resumo

Introdução/Objetivo: Este trabalho tem como objetivo identificar as produções relacionadas a temática: “formação docente para o uso de tecnologias digitais na pós-graduação”, com vistas a compreender de que forma a relação aprendizagem e tecnologias tem sido tratada no ensino superior, especificamente na Pós-Graduação. Metodologia: Foi feita uma revisão bibliográfica na base de dados do Portal de Periódicos da Coordenação Nacional de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) no período de 2015 a 2018. Confirmam um grande salto quantitativo e qualitativo a considerar o aumento crescente não só do número de trabalhos, mas de possibilidades temáticas que envolvem pensar as relações entre tecnologia e educação. Resultados/Conclusão: Foram encontrados 42 trabalhos que tratam especificamente da discussão sobre TDIC nos cursos de mestrado e doutorado na área da Educação, apontando uma a incipiência de estudos com essa temática específica. Aprofundamos na análise de 10 trabalhos com aproximação direta com os nossos objetivos que confirmam a preponderante (e necessária) preocupação com a dimensão técnica (métodos, técnicas, estratégias, habilidades e competências), porém com poucas evidências de articulação com a dimensão conceitual e pedagógica, sem a qual torna-se impossível avançar na apropriação e difusão das potencialidades das TDIC e suas repercussões na aprendizagem.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Sayonara Ribeiro Marcelino Cruz, Universidade Federal de Minas Gerais

Doutora em Educação pela Universidade Federal de Minas  Gerais.

Eucidio Pimenta Arruda , Universidade Federal de Minas Gerais

Doutor em Educação pela Universidade Federal de Minas Gerais. Professor e pesquisador no Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal de Minas Gerais.

Referências

ALMEIDA, Elenara Chaves Edler de; GUIMARÃES, Jorge Almeida; ALVES, Isabel Teresa Gama. Dez anos do portal de periódicos da capes: histórico, evolução e utilização. Revista brasileira de Pós-graduação, Brasília, v. 7, n. 13, p. 218-246, nov. 2010. DOI: https://doi.org/10.21713/2358-2332.2010.v7.194

ALMEIDA, Maria Isabel, de. Formação do professor do ensino superior: desafios e políticas institucionais. São Paulo: Cortez, 2012. ISBN-10:8524919450

ALMEIDA, M Maria Isabel, de; PIMENTA, Selva Garrido. Pedagogia universitária: valorizando o ensino e a docência na Universidade de São Paulo. In: ALMEIDA, M. I. de; PIMENTA, S. G. (org.). Pedagogia universitária. São Paulo: EDUSP, 2009. p.7-31. DOI: 10.21814/rpe.6243. Disponível em: https://revistas.rcaap.pt/rpe/article/view/6243. Acesso em: 8 jan. 2022.

ANDRÉ, Marli. Desafios da pós-graduação e da pesquisa sobre formação de professores. Educação & Linguagem, São Paulo, v. 10, n. 15, p. 43-59, jan.-jun. 2007. ISSN 1415-9902 versão impresso. ISSN 2176-1043 versão online. DOI: https://doi.org/10.15603/2176-1043/el.v10n15p43-59

ARRUDA, Eucidio Pimenta; MILL, Daniel Ribeiro Silva. Tecnologias digitais, formação de professores e de pesquisadores na pós-graduação: relações entre as iniciativas brasileiras e internacionais. Educação (UFSM), v. 46, n. 1, p. 25-1-23, 2021. DOI: https://doi.org/10.5902/1984644441203

BARTOLOMÉ, Antônio.; CASTAÑEDA, Linda.; ADELL, Jordi. Personalização em tecnologia educacional: a ausência de pedagogias subjacentes. Revista Internacional de Tecnologia Educacional no Ensino Superior, Campinas, v. 15, n. 1, p. 14, 2018. ISSN 2446-9424. Disponível em: https://educationaltechnologyjournal.springeropen.com/articles/10.1186/s41239-018-0095-0. Acesso em: 21 de dezembro de 2020.

BRASIL. Lei n. 9.394/96 de 20 de dezembro de 1996. Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Diário Oficial da República Federativa do Brasil, Brasília, DF, n. 248, 1996. p. 27.833-27.841.

BRASIL. Ministério da Educação. Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - CAPES. Plano nacional de pós-graduação [PNPG] 2011-2020: documentos setoriais, v. 2. Brasília: CAPES, 2010.

BRASIL. Ministério da Educação. Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - CAPES. Plataforma Sucupira: versão 2.0 2016/2017. Disponível em: https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/. Acesso em: 11 abr. 2018.

CASTAÑEDA, Linda; SELWYN, Neil. More than tools? Making sense of the ongoing digitizations of higher education. International Journal of Educational Technology in Higher Education, v. 15, n. 22, p. 1-10, 2018. DOI: https://doi.org/10.1186/s41239-018-0109-y

COBO, Cristóbal. La Innovación pendiente: reflexiones (y provocaciones) sobre educación, tecnologia y conociemento: debate. In: Colección Fundación Ceibal. Montevideo, 2016. Disponível em: http://www.innovacionpendiente.com. Acesso em: 28 mar. 2019.

CUNHA, Maria Isabel da. Docência na educação superior: a professoralidade em construção. Educação, v. 41, n. 1, p. 6-11, 29 maio 2018. DOI: https://doi.org/10.15448/1981-2582.2018.1.29725

CRUZ, Sayonara Ribeiro Marcelino. Formação na Pós-Graduação Stricto Sensu e o Uso de Tecnologias Digitais.2021.210f. Tese (Doutorado em Educação).Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, MG.

DECUYPERE, Mathias.; SIMONS, Maarten. Relational thinking in education: topology, sociomaterial studies, and figures. Pedagogy, Culture & Society, v. 24, n. 3, p. 371–386, 2016. DOI: https://doi.org/10.1080/14681366.2016.1166150

ESZKA, Maria de Fátima. De homo Sapiens a Homo Zappiens: relações entre discentes e docentes diante das tecnologias digitais. 2015. 163 f. Tese (Doutorado em Educação) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos, São Leopoldo, RS.

FÁVERO, Altair Alberto; TAUCHEN, Gionara; DEVECHI, Catia Viero Piccolo. Percursos formativos e inserção profissional dos doutores em educação: trajetórias e destino dos egressos. Educação: Teoria e Prática. Rio Claro, v. 26, n.53, p. 574-594, 2016.8106 versão online. DOI: https://doi.org/10.18675/1981-8106.vol26.n53.p574-594

GATTI, Bernadete Angelina. Reflexão sobre os desafios da pós-graduação: novas perspectivas sociais, conhecimento e poder. Revista Brasileira de Educação, Rio de Janeiro, n. 18, p. 108-116, set./dez. 2001b. DOI: https://doi.org/10.1590/S1413-24782001000300010

HENDERSON, Michael; FINGER, Glenn.; SELWYN, Neil. What’s used and what’s useful? Exploring digital technology use(s) among taught postgraduate students. Active Learning in Higher Education, v. 17, n. 3, p. 235-247, 2016. DOI: https://doi.org/10.1177/1469787416654798

HSU, Yu-Chang.; HUNG, Jui-Long; CHING, Yu-Hui. Trends of educational technology research: more than a decade of international research in six SSCI-indexed refereed journals. Educational Technology Research and Development, v. 61, n. 4, p. 685-705, Aug. 2013. DOI: https://doi.org/10.1007/s11423-013-9290-9

INSTEFJORD, E.; MUNTHE, E. Preparing pre-service teachers to integrate technology: an analysis of the emphasis on digital competence in teacher education curricula. European Journal of Teacher Education, v. 39, n. 1, p. 77-93, 2016 DOI: https://doi.org/10.1080/02619768.2015.1100602

ISAIA, Sílvia Maria de Aguiar.; BOLZAN, Doris Pires Vargas. Construção da profissão docente/professoralidade em debate: desafios para a educação superior. In: CUNHA, M. I. da (org.). Reflexões e práticas em pedagogia universitária. Campinas: Papirus, 2007b. ISBN. 978-85-308-0830-3.

ISAIA, Sílvia Maria de Aguiar. Professor universitário no contexto de suas trajetórias como pessoa e profissional. In: MOROSINI, M. (org.). Professor do ensino superior: identidade, docência e formação. Brasília: Plano, 2001. ISBN85-85946-19-9

KOEHLER, M. J. et al. D The technological pedagogical knowledge framework. In: SPECTOR, J. M. et al (org.). Handbook of research on educational communications and technology. New York: Springer, 2014. p.101-111 DOI: https://doi.org/10.1007/978-1-4614-3185-5_9

LARA, Rafael da Cunha. Sob o signo de Jano: tensionamentos no trabalho docente com usos de tecnologias digitais na pós-graduação stricto sensu. 2016. Tese (Doutorado em Educação) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências de Educação, Florianópolis, 2016.

LAWLESS, K. A.; PELLEGRINO, J. W. Desenvolvimento profissional na integração da tecnologia no ensino e aprendizagem: conhecidos, desconhecidos e maneiras de buscar melhores perguntas e respostas. Review of Educational Research. Thousand Oaks, v. 77, n. 4, p.575-614, 2007. Disponível em: https://www. researchgate.net/publication/249797960_Professional_Development _in_ Integrating_Technology_Into_Teaching_and_Learning_Knowns_Unknowns_and_Ways_to_Pursue_Better_Questions_and_Answers. Acesso em: 8 mar. 2021 DOI: https://doi.org/10.3102/0034654307309921

LEITINHO, Meirecele Calíope.; DIAS Ana Maria Iorio. Formação pedagógica institucionalizada para o docente na/da educação superior: tempo de contradições. Poiésis, Tubarão, v. 9, n. 16, p. 418 - 437, jul/dez, 2015. Disponível em: https://core.ac.uk/download/pdf/300480225.pdf. Acesso em: 4 de abril de 2021.

MAOR, Dorit.; CURRIE, Janice. Kay. The use of technology in postgraduate supervision pedagogy in two Australian universities. International Journal of Educational Technology in Higher Education, v. 14, n. 1, p. 1-15, 2017. DOI: https://doi.org/10.1186/s41239-017-0046-1

MARÍN, Vitória I., DUART, Josep., GALVIS, Álvaro H., ZAWACKI-RICHTER, Olaf. Análise temática da revista internacional de educação Tecnologia no Ensino Superior (ETHE) entre 2004 e 2017. Jornal Internacional de Tecnologia Educacional em Ensino Superior, vol15(8), 2018. Disponível em: https://www.researchgate.net/publication/324605280_Thematic_analysis_of_the_international_journal_of_educational_Technology_in_Higher_Education_ETHE_between_2004_and_2017. Acesso em: 1 de agosto de 2021 DOI: https://doi.org/10.1186/s41239-018-0089-y

MISHRA, P.; KOEHLER, M. J. Technological pedagogical contente knowledge: a framenwork for intergrating technology a teacher knowledge. Teachers College Record, v.108, n. 6, p.1017-1054, June 2006. DOI: https://doi.org/10.1177/016146810610800610

MOROSINI, M. C. (ed.). Enciclopédia da Pedagogia Universitária, v. 2. Brasília: INEP/RIES, 2006.

RESZKA, M. F. De homo Sapiens a Homo Zappiens: relações entre discentes e docentes diante das tecnologias digitais. 2015. 163 f. Tese (Doutorado em Educação) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos, São Leopoldo, RS.

ROKENES, Fredrik Mørk .KRUMSVIK,Rune Johan. Prepared to teach ESL with ICT? A study of digital competence in Norwegian teacher education. Computers & Education, v. 97, p. 1-20, 2016. INSS 0360-1315. DOI: https://doi.org/10.1016/j.compedu.2016.02.014

SAVIANI, Demerval. A pós-graduação em educação no Brasil: trajetória, situação atual e perspectivas. Revista Diálogo Educacional, v. 1, n. 1, p.1-95, jan./jun. 2000. DOI: https://doi.org/10.7213/rde.v1i1.3211

TORRES, Alda Roberta. A pedagogia universitária e suas relações com as políticas institucionais para a formação de professores de educação superior. 2014. 294f. Tese (Doutorado em Educação). Faculdade de Educação, Universidade de São Paulo, São Paulo.

VELLOSO, Jacques. Mestres e doutores no país: destinos profissionais e políticas de pós-graduação. Cadernos de Pesquisa, São Paulo, v.34, n.123, p. 583-611, set./dez, 2004. ISSN 1980-5314. DOI: https://doi.org/10.1590/S0100-15742004000300005

Publicado

2022-09-20

Como Citar

CRUZ, S. R. M.; ARRUDA, E. . Formação na pós-graduação Stricto Sensu e o uso de tecnologias digitais: um campo literalmente restrito?. Revista Internacional de Educação Superior, Campinas, SP, v. 9, n. 00, p. e023032, 2022. DOI: 10.20396/riesup.v9i00.8667675. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/riesup/article/view/8667675. Acesso em: 29 jan. 2023.

Edição

Seção

Artigos